TRE desaprova prestação de contas de Rosangela Moro

Tribunal alega que a deputada eleita não esclareceu gastos eleitorais irregulares com recursos do Fundo Partidário
-Publicidade-
Rosangela Moro recebeu 217 mil votos
Rosangela Moro recebeu 217 mil votos | Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) recomendou, na quinta-feira 8, a rejeição das contas da deputada federal eleita Rosangela Moro (União-SP). Ela recebeu 217 mil votos nas eleições deste ano.

Segundo o relatório do TRE-SP, a campanha de Rosangela não esclareceu gastos eleitorais irregulares com recursos do Fundo Partidário que somam R$ 854 mil. O tribunal alega também que a deputada eleita não declarou gastos irregulares pagos com recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha que alcançam R$ 1,08 milhão. A campanha ainda terá de devolver R$ 17 mil em impulsionamento de conteúdo.

-Publicidade-

A prestação de contas é uma das etapas mais importantes do processo eleitoral. Cabe à Justiça Eleitoral averiguar como foram empregados os recursos destinados à realização das eleições por candidatos e partidos.

A rejeição de contas não impede a diplomação dos eleitos. Mas a não apresentação ou a desaprovação das contas pode resultar em suspensão dos repasses do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, também conhecido como Fundo Eleitoral. Também pode acarretar a restrição à quitação eleitoral de candidatos, caso eles não apresentem as contas de campanha.

O Ministério Público Eleitoral pode propor ação de investigação judicial para apurar uso indevido, desvio ou abuso do poder econômico ou do poder de autoridade. O órgão também pode averiguar possível utilização indevida de meios de comunicação social.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

13 comentários Ver comentários

  1. Não foi ela que assinou a “carta pela democracia” que o PT tbm assinou juntamente com vários artistas lacradores, jornalistas lacradores, juristas lacradores e até ex ministros do STF?

    Faz o L agora! Kkkkk

  2. Evidente que é perseguição!!! Um monte de eleitos que mal prestaram contas e gente que apresentou nota fiscal de endereço em Fortaleza que à época, nada funcionava ali há mais de dois anos… E onde foi para o dinheiro desta “empresa” fantasma? O mandato desta pessoa foi caçado? Não! Faz-me rir… Tudo é possível inclusive colocar Sérgio Moro na cadeia. A bandidagem está atrás do sherif… Brasil, país que somente explodindo, mesmo assim, sobreviveriam igualmente as baratas….

  3. Ninguém irá se opor se tirarem ela e o marido da câmara e do senado.

    Estão livres para perseguir os honestos a vontade.

    Quem pode fazer algo está quietinho….

  4. Por que a investigação do mesmo TRE não se debruçou sobre as urnas ALTAMENTE SUSPEITAS usadas nas eleições deste ano?
    Já que querem aparecer tão bem na fita e provarem que são rígidos na exatidão das contas, faz bem informar a esse tribunal que a fraude correu solta nas eleições com inúmeros casos constatados irregularmente, inclusive com milhares de urnas sem um único voto ao Bolsonaro, quando bolsonaristas confirmaram seus votos, além da investigação dos técnicos de TI do ITA que desaprovaram a confiança do Alexandre e da Globolixo quanto às urnas altamente confiáveis por eles. NÃO O SÃO!

    Enquanto o TRE rejeita as contas da deputada, o candidato favorito do Alexandre passou com vista grossa a todo o rolo apresentado. Até a conta do próprio Moro foi rejeitada. Quer dizer, dois pesos e duas medidas.

  5. Verdadeira Caça às bruxas… imagine se o Nine assumir, então. Destilarà todo o veneno mortal de sua cauda escorpiniana. Vai massacrar sem dô nem piedade todos os que revelaram suas roubalheiras. Muito triste por estar presenciando estes tempos sombrios de inversão de valores.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.