Twitter remove mais uma conta usada por Allan dos Santos

Fundador do site Terça Livre é considerado foragido no Brasil desde que teve a ordem de prisão expedida
-Publicidade-
Fundador do site Terça Livre, Allan dos Santos | Foto: Reprodução/Redes sociais
Fundador do site Terça Livre, Allan dos Santos | Foto: Reprodução/Redes sociais

O Twitter removeu nesta sexta-feira, 5, mais uma conta supostamente gerida pelo fundador do site Terça Livre, Allan dos Santos. O usuário “@allannoexilio” vinha sendo usado como “reserva” após o jornalista ser banido da plataforma por decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Ele é investigado em dois inquéritos no STF e teve pedido de prisão preventiva decretado por Moraes em outubro. Um deles apura ataques contra ministros da Corte e a disseminação de fake news. Outro investiga a existência de uma milícia digital que promoveria atos contra a democracia e reivindicações como intervenção militar.

-Publicidade-

Allan dos Santos é considerado foragido no Brasil desde que teve a ordem de prisão expedida. Na última quarta-feira, 3, seus advogados entraram com pedido de habeas corpus no STF contra a prisão preventiva.

Depois que o cerco judicial o fez ser banido das redes sociais e encerrar as atividades do site Terça Livre, ele vem usando o aplicativo de mensagens Telegram e um novo site à base de assinaturas para publicar seus artigos.

Procurado, o Twitter optou por não responder aos questionamentos sobre a conta removida. Segundo comentam apoiadores e ex-seguidores, que repercutem na plataforma a suspensão, o usuário tinha mais de 400 mil seguidores e foi criado em 2018.

Com informações do Estadão Conteúdo

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. “Aihnnn, Twitter é uma empresa privada, ela aceita quem ela quiser, segundo suas próprias regras…”, diriam alguns retardados, meras repetidoras da agenda que escutam.
    Para esses, vamos a um exercício mental:
    – tenho uma empresa;
    – existe uma regra que não se admitem funcionários gay, pois a empresa tem uma política de ingressar na fatia hétera do mercado;
    – um funcionário se declara gay, o que vai contra as regras previamente estabelecidas pela empresa; e
    – o funcionário é sumariamente demitido, sem os direitos trabalhistas de praxe.
    “Aihnnn, sua empresa é privada, ela aceita quem quiser, segundo suas próprias regras…”, afirmarão os retardados? Claro que não, né?
    Hipocrisia é desvio de caráter. E censura é crime. Seja em que ambiente se dê. O resto é hipocrisia.

  2. O Twiter é um tribunal internacional de verdade e probidade!!!! Não permite contas de Talebans e afins…Não permite contas de pedófilos e afins… Não permite ideias… Não permite mentes afiadas e questionadoras…
    Pode fechar também…

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.