“Vai se concretizar” disse Mandetta sobre saída até sexta-feira

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou nesta quinta-feira que deverá deixar o cargo até sexta-feira, 17. A declaração foi dada pela internet durante a participação no Fórum Inovação Saúde.
-Publicidade-
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

“Temos uma perspectiva de troca no ministério. Deve ser hoje, o mais tardar amanhã”, disse ele

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
-Publicidade-

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou nesta quinta-feira que deverá deixar o cargo até sexta-feira, 17.

A declaração foi dada pela internet durante a participação no Fórum Inovação Saúde.

“Temos uma perspectiva de troca no ministério. Deve ser hoje, o mais tardar amanhã. Vai se concretizar”, afirmou ele.

Mandetta disse que não vai fazer “nenhum movimento brusco” e que ajudará em um processo de transição para a próxima equipe.

Ele sinaliza que deixa o ministério em um momento em que deve ser registrados um alto número de casos. “Maio vai ser duro”, disse ele.

O ministro da Saúde garantiu que os próximos ocupantes do cargo deverão ser “cobrados num nível mais elevado”.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

13 comentários

  1. Depois que que li que ele sempre foi um encostado e deu um problema em Campo Grande . E tá conduzido de forma errada o ministério da saúde Acho que já deveria ter saído

  2. Precisa Trocar logo, Mandetta falou muito sobre isolamento e fez pouco de fato, continuamos sem EPIs, sem respiradores e leitos suficientes. Passado 1 mês do início da Crise, a impressão é que pouco evoluímos, e para piorar, resolveu ganhar capital político com a situação, se colocando contra Bolsonaro que defende o uso da Cloroquina em fases iniciais da doença, Mandetta atendeu assim a interesses de forma fisiológica da Globo / Antagonista / Veja / Folha / Estadão / PT / Psol / Dem etc que buscam a destruição da economia, para não termos uma reeleição de Bolsonaro .

    1. Globo em especial que provavelmente não conseguirá renovar sua concessão em 2022, Bolsonaro já declarou que Empresas com dívidas com o Governo não renovariam suas respectivas Concessões, e a Globo deve mais que Bilhão !!! Então a ideia é colocar outro Presidente que vai renovar sem causar ” problemas” . E como garantir que Bolsonaro não vai se reeleger? Garantindo a ruína do estado com essa quarentena. Simples Assim !!!

  3. MINISTRO MANDETTA GENOCIDA PARA OS JORNALISTAS:
    – O PICO VAI SER EM MARÇO!!!
    CHEGOU MARÇO.
    JORNLISTA PERGUNTA:
    – O PICO MANDETTA?
    – O PICO? UMMM… VAI SER EM ABRIL.
    CHEGOU ABRIL.
    JORNALISTA PERGUNTA DE NOVO SOBRE O PICO:
    – E O PICO MANDETTA?
    – O PICO? UMMM… O PICO VAI SER EM MAIO OU JUNHO. TEREMOS MESES DUROS.
    AGUARDEMOS O PICO CHEGAR.
    NÃO NÃO, VAI SER EM

  4. A falta de critério com medidas para conter o “vírus”, generalizou as vítimas. Agora, temos óbitos pela doença e, sem ser insensível, incontáveis famílias e empresas destruídas…um país sendo levado a falência, com alegações de que a União tem que socorrer a população. Tudo pelo oportunismo e exploração política. Bolsonaro é “culpado” por desmantelar um sistema corrupto, e por isso todos lhe atacam.
    E por isso, seja qual for o cenário, o resultado é Bolsonaro!

  5. Lamentável que um Ministro sem nenhum comprometimento com o Presidente que o colocou no Ministério, continue na pasta da Saúde trabalhando contra o Governo.

  6. Bolsonaro devia ter trocado Mandetta lá atrás quando já pesava sobre ele incômodas suspeitas de irregularidades. Agora está pagando o preço da teimosia, o pior é que de forma compartilhada com todos os brasileiros. Mais uma cagada política de Bolsonaro, o fomentador de crises.

  7. Nesta nota daí de cima, Mandetta continua com a fofocada. Em vez da pandemia, trata da sua saída do ministério. O amigo vai sair junto com ele, eles estão cansados dessa situação, o povo não sabe se ouve o ministro ou o presidente, a cloroquina não é mágica….
    A Globo adora essa fofocada. Tanto, que virou a polícia do coronavírus. Suas matérias mostram aglomerações, lojas abertas e pessoas sem máscaras. Depois volta para o estúdio e a apresentadora nos ameaça com previsões catastróficas. Os jornais são exatamente os mesmos. O “fato” acontece e ele é mostrado à noite, de manhã, ao meio-dia e à tarde.
    Socorro!!!

  8. Depois deste episódio, nós podemos deixar o assunto Eleição contaminar as páginas dos jornais. Enquanto não houver segurança para a população, não pode haver eleição. E, antes de 2022, não haverá segurança.

  9. O ortopedistazinho político, que há anos não exerce a profissão, já deveria ter saído há tempos. Só não pediu demissão em obediência às ordens do Nhonho/Botafogo.
    Depois de quase três meses de isolamento horizontal não apresentou um gráfico sequer mostrando os resultados. Oremos para que o próximo ministro não seja filiado a nenhum partido político.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site