Vereador petista afirma que facada de Bolsonaro foi ‘teatro’

Alberto João Heck citou Adélio Bispo
-Publicidade-
Tentativa de homicídio ocorreu em 6 de setembro de 2018, em Juiz de Fora (MG)
Tentativa de homicídio ocorreu em 6 de setembro de 2018, em Juiz de Fora (MG) | Foto: Reprodução/YouTube

O vereador de Santa Cruz do Sul (RS) Alberto João Heck (PT) disse que foi encenação a tentativa de assassinato que quase matou o então candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro. “Esse governo se especializou em criar notícias falsas. Começou com o teatro da facada no mito. Porque se não fosse um teatro, mal ensaiado por sinal, nós só teríamos que dizer: ‘Adélio, seu imbecil por ter errado’. Nós poderíamos estar livres desse mal”, afirmou o parlamentar, em vídeo publicado nas redes sociais de Carlos Bolsonaro. Assista ao vídeo:

Leia também: “Paulo Betti chama Adélio de ‘desgraçado’ por não ter esfaqueado Bolsonaro ‘corretamente’”

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro