Vereadora presa toma posse no Ceará

Acusada de assassinato, Edivanda de Azevedo se elegeu pelo PT
-Publicidade-
A vereadora Edivanda de Azevedo (PT-CE)
A vereadora Edivanda de Azevedo (PT-CE) | Foto: Divulgação/TSE

Presa sob a acusação de participar de uma chacina, a vereadora eleita Edivanda de Azevedo (PT) tomou posse no cargo do legislativo da cidade de Ibaretama (CE). A cerimônia virtual ocorreu na quarta-feira 21. Durante a solenidade, ela estava em uma sala dentro do presídio feminino Auri Moura Costa, em Aquiraz, Região Metropolitana da capital do Estado, Fortaleza. A petista é suspeita de ser cúmplice em sete execuções feitas no dia 26 de novembro de 2020, incluindo a de uma criança que tinha apenas sete anos de idade. As vítimas foram assassinadas dentro de casa. Entre os autores detidos, estão dois irmãos da vereadora.

Leia também: “Candidato do PT a vereador revela o princípio do partido: roubar pouco”

O ato aconteceu graças ao mandado de segurança concedido pelo juiz Welithon Alves de Mesquita, da 1ª Vara Cível da Comarca de Quixadá. O magistrado, no entanto, destacou que “a posse não implica e nem se confunde com o exercício do cargo de vereador para o qual a impetrante está impossibilitada em razão da prisão provisória”. Edivanda não participará das sessões da Câmara e nem receberá salários enquanto estiver presa.

-Publicidade-

https://mobile.twitter.com/salimmattarbr/status/1418975071738204171

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

9 comentários

  1. Não vejo nada de mais em se tratando de Brasil, temos iluministros que foram de advogados de terrorista italiano há advogado do MST, temos outro que advogava no mesmo escritório que defendia integrantes do PCC paulista, tivemos um ex presidente que perdeu um dedo apenas para aposentar e não trabalhar mais, esse último foi e é o mais nocivo a nação brasileira e mesmo assim ainda arregimenta um bocado de jumentos que o defendem!

  2. Essa aberração permitida pelo nosso depravado sistema político é de causar atordoamento e incredulidade em qualquer país do mundo.
    Com exceção das 513 EXCIAS coniventes que nada fazem para acabar com essa vergonha.

    1. Ficou cm preguiça e ñ leu toda reportagem né? “Edivanda não participará das sessões da Câmara e nem receberá salários enquanto estiver presa”.

  3. Esse tipo de decisão, que considero um despropósito, mais do que isso uma vergonha, nos leva a crer que o General De Gaulle tinha absoluta razão quando afirmou que o Brasil não é um País sério.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro