Pular para o conteúdo
publicidade
Dagomir Marquezi, Branca Nunes e Paula Leal conversam com o Dr. Zeballos no OesteCast | Foto: Marcio Komura/Revista Oeste
Edição 134

“Existe um projeto de geração constante de pânico”

No OesteCast, o imunologista Roberto Zeballos deu detalhes sobre sua atuação na linha de frente do combate à pandemia de coronavírus e revelou a importância do otimismo na cura do paciente

Redação Oeste
-

O imunologista Roberto Zeballos foi o convidado desta semana do OesteCast, o podcast da Revista Oeste. Alvo de intenso ataque durante a pandemia de coronavírus, ele foi chamado de irresponsável, charlatão e negacionista, entre outros adjetivos, por ser um defensor do uso de corticoides no tratamento da covid-19. “Existe um projeto de geração constante de pânico”, afirma, ao lembrar como agiu boa parte dos governantes durante o surto da doença. Entre outros assuntos, Zeballos explicou o que é a medicina do futuro e qual a importância do otimismo na cura do paciente, contou como faz para meditar diariamente e revelou que só foi estudar medicina depois que o pai o proibiu de seguir a carreira de cantor.

YouTube video

Apresentado pelo jornalista Dagomir Marquezi, o OesteCast com Zeballos contou com a participação de Branca Nunes (diretora de redação de Oeste) e Paula Leal (editora do site de Oeste), apresentadoras do programa As Liberais. Nosso podcast vai ao ar toda quarta-feira, às 20h30. Aproveitem este espaço para sugerir nomes de entrevistados que vocês gostariam de ver por aqui.

0 comentários
Nenhum comentário para este artigo, seja o primeiro.
Anterior:
‘O estado de espírito modula o sistema imunológico’
Próximo:
Carta ao Leitor — Edição 225
Newsletter

Seja o primeiro a saber sobre notícias, acontecimentos e eventos semanais no seu e-mail.