Pular para o conteúdo
publicidade
Manifestações durante as comemorações do Bicentenário da Independência do Brasil, em Brasília (07/09/2022) | Foto: Isac Nóbrega/PR
Edição 145

A imensidão dos sem-sigla

Em outros países, partidos vivem à procura de eleitores. No Brasil, milhões de eleitores procuram um partido

Augusto Nunes
-

Todos defendem abertamente a redução da carga tributária e do mastodonte administrativo, a privatização de empresas estatais, o estímulo à livre iniciativa, a aceleração de reformas estruturais, a preservação de valores e princípios morais, a prevalência da meritocracia, o fortalecimento do Estado de Direito, o respeito às liberdades democráticas e a obediência à Constituição. Todos votaram em Jair Bolsonaro (e contra o PT) nas eleições de 2018 e de outubro passado. Mas aprenderam a sobreviver por conta própria, e estão prontos para escapar com boa saúde do impacto causado pela morte física ou política do líder, ao contrário das correntes políticas batizadas com o acréscimo de um ismo ao nome do chefe supremo.

cargos comissionados
Luiz Inácio Lula da Silva | Foto: Agência Brasil

Nos anos 1950, por exemplo, amparados em notáveis performances eleitorais, devotos do getulismo, do janismo e do ademarismo acreditaram na imortalidade das três seitas. O suicídio de Getúlio Vargas, a renúncia de Jânio Quadros e a cassação do mandato do governador Adhemar de Barros reduziram as fantasias a farrapos. Nascido em 1980, o PT pareceu um partido em gestação até substituir o esboço de programa de governo por um projeto criminoso de poder e virar quadrilha. O Partido dos Trabalhadores não existe mais. Sobrou o lulismo. Como todo populista, o chefão sufocou ainda no útero possíveis sucessores. Vai arrastar para o túmulo a seita que tem num ladrão o seu único deus.

A fotografia de Jânio Quadros com os pés enviesados venceu o Prêmio Esso de Jornalismo de 1962 | Foto: Erno Schneider

Bolsonaro lidera sem concorrentes as multidões em busca de partido, e também não tem sucessores eleitoralmente musculosos. Mas a fusão de dogmas conservadores e ideias liberais que baliza a rota da direita moderna já é suficiente para garantir a chegada à maioridade independente. Como ocorre em outras nações, o Partido Republicano norte-americano brilhou mais intensamente quando conduzido por Ronald Reagan, mas manteve a boa saúde depois da perda do estadista que apressou a queda do Muro de Berlim. A direita brasileira conseguirá sobreviver a Bolsonaro. E num partido de verdade a emergência de jovens líderes é tão natural quanto a mudança das estações. “Partido político é um grupo organizado, legalmente formado, com base em formas voluntárias de participação orientada para ocupar o poder político”, informam os dicionários. Tentando ser menos bisonho, um texto divulgado pela Justiça Eleitoral ficou igualmente confuso e mais indigente: “Partido político pode ser definido como uma entidade formada pela livre associação de pessoas, com uma ideologia em comum, cujas finalidades são assegurar, no interesse do regime democrático, a autenticidade do sistema representativo e defender os direitos fundamentais”. O palavrório é de tal forma raso que, na imagem de Nelson Rodrigues, uma formiga conseguirá atravessá-lo com água pelas canelas.

Quem percorre a floresta de vogais e consoantes dedicado a análises e explicações sobre partidos políticos constata que o grande ausente é o povo. Nos tempos do Império, tanto nobres quanto plebeus nem piavam na escolha de ministros. A montagem do gabinete — ora formado por integrantes do Partido Conservador, ora composto de filiados ao Partido Liberal — era atribuição de Dom Pedro II. O imperador fez e desfez até errar a mão na derradeira escolha. Irritados com a escalação da equipe ministerial, os militares monarquistas Deodoro da Fonseca e Floriano Peixoto proclamaram a República, mandaram Pedro II para o exílio e assumiram o poder. Sem qualquer consulta ao recém-nascido Partido Republicano. E sem sequer explicar à gente comum o que estava acontecendo.

Michelle Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, durante desfile cívico-militar do 7 de Setembro, que neste ano comemorou o bicentenário da Independência do Brasil | Foto: Agência Brasil

“O povo assistiu àquilo bestializado, atônito, surpreso, sem conhecer o que significava”, registrou o jornalista Aristides Lobo. “Muitos acreditaram seriamente estar vendo uma parada militar.” Durante a República Velha, príncipes civis indicados pela elite do Partido Republicano Mineiro e do Partido Republicano Paulista se revezaram no governo federal. Em 1930, o Partido Republicano Rio-Grandense decidiu que chegara a sua vez e, derrotado na disputa eleitoral invariavelmente fraudada, chegou ao poder pelo atalho da revolução. Getúlio concedeu às mulheres o direito de votar, mas proibiu a existência de qualquer coisa que lembrasse partido, resolveu que eleição é perda de tempo e dispensou o eleitorado da trabalheira de escolher candidato.

Criados depois da queda do Estado Novo, o Partido Social Democrático, a União Democrática Nacional e o Partido Trabalhista Brasileiro foram dissolvidos aos 21 anos de vida, quando começavam a ganhar feições adultas e a ocupar espaços eleitorais claramente demarcados. Obrigados a reagrupar-se em dois sacos de gato — Arena e MDB —, políticos despejados da casa antiga perderam o rumo. E então ficou mais claro que nunca a onipresença de uma entidade nascida com os tenentes dos anos 20 e que influenciaria a política nacional até o fim do regime militar: o Partido Verde-Oliva, controlado por personagens fardados — ou de terno e gravata em cores sisudas, quando ocupavam cargos civis.

Generais como Góes Monteiro, por exemplo, mandaram muito, sem despir o uniforme. Outros, como os também generais Juarez Távora e Eurico Dutra e o Brigadeiro Eduardo Gomes, disputaram à paisana a Presidência da República. Entre uma passagem pelo governo e outra, comandaram tropas — excentricidade que gerou a figura do anfíbio, extinta, paradoxalmente, pelo último representante da espécie: o Marechal Castelo Branco.

O afastamento dos militares abriu caminho para um novo tipo de bipartidarismo. O PT com Lula contra o PSDB de Serra, depois Alckmin. O PT com Dilma contra o PSDB com Serra, depois Aécio. O PT com Lula na cadeia e Haddad no palanque contra o PSDB de Alckmin foi abortado em 2018, quando Bolsonaro chegou e a direita enfim mostrou seu rosto. Enquanto consolidava o domínio das ruas, tratou de ganhar a eleição. Então como agora, portentosas manifestações ao ar livre aconselharam os companheiros a ficar em casa ou consolar-se com discurseiras para plateias amestradas.

Partidos políticos | Foto: Reprodução

Em outubro, apesar do cerco movido pela babel que aglomerou cabos eleitorais togados, jornais agonizantes, lojinhas de porcentagem, carolas convertidos ao socialismo de picadeiro, espertalhões com doutorado em vigarices eletrônicas e outras obscenidades, o Grande Satã sitiado conseguiu  — nas contas do TSE — mais de 58 milhões de votos. É gente de sobra para o parto da primeira oposição de verdade concebida neste século.

O país tem 32 partidos, jura o TSE. Nenhum é real, corrigem os vacinados contra surtos de estrabismo. É preciso ensinar ao ex-presidiário — e a seu exército dividido entre os incapazes e os capazes de tudo — o que é uma genuína oposição. O partido da direita democrática tem povo, tem programa e nascerá de olho em duas urgências. Que as aves de rapina voem para longe. E que a liberdade abra as asas sobre nós.

Leia também “Lula na vanguarda do atraso”

79 comentários
  1. Felipe
    Felipe

    Fico muito feliz de ter chegado à minha maturidade e poder ler um texto de Augusto Nunes e igualmente assistir seus comentários sejam novos ou antigos. Mestre em todos os pontos de vista!!

  2. Jarlan Barroso Botelho
    Jarlan Barroso Botelho

    Mais um excelente artigo do mestre Augusto Nunes. De fato, nosso País carece de um partido que efetivamente represente os eleitores conservadores nos costumes e nos valores, e liberais na economia e com visão do Estado mínimo. Parece um absurdo, diante do superlativo número de siglas partidárias registradas e com alguma representação no Congresso nacional. Em tempo: Faltou na arte a sigla do PL.

  3. Diogo Rangel Dos Santos
    Diogo Rangel Dos Santos

    Que assim seja.

  4. Rodrigo Bretas Abreu
    Rodrigo Bretas Abreu

    Parabéns Augusto, muito bom artigo! Deus o abençoe!

  5. Luis Antônio Dias Vaz
    Luis Antônio Dias Vaz

    BELA E BREVE RETROSPECTIVA DA POLITICA BRASILEIRA. APESAR DO PAIS SEMPRE TENDER A ESQUERDA AO LONGO DA HISTORIA, NOSSO POVO SEMPRE LUTOU PELA LIBERDADE,QUE POR SINAL ESTÁ AMEAÇADA.

  6. Elvira Rodrigues dos Santos
    Elvira Rodrigues dos Santos

    Excelente artigo!! Parabéns!

  7. Izabella Faria de Carvalho
    Izabella Faria de Carvalho

    Ótimo artigo.
    Sou assinante, só esse fato indica que apoio a Revista. Entretanto gostaria que tivesse a opção de dar um like nas publicações. Seria uma forma de avaliar a repercussão das matérias.

  8. Gustavo Carlos de Oliveira Lisboa
    Gustavo Carlos de Oliveira Lisboa

    Adorei o texto!

  9. Maria Maxilene Santos Leonidio
    Maria Maxilene Santos Leonidio

    Simplesmente, a melhor história da política que já li, merece colocar nos livros didáticos para que os jovens conheçam a verdadeira história!!
    Parabéns!! Augusto Nunes. Você dá um show, seja ba escrita ou em seus comentários.
    Gratidão por compartilhar seu conhecimento com amor e dever cívico!
    Saiba que essa onda não irá parar!!!
    ????????????????????????

  10. Paulo Wendell Timbó Medeiros
    Paulo Wendell Timbó Medeiros

    Ótimo artigo.

  11. Ligia Maria De Bastiani
    Ligia Maria De Bastiani

    O último parágrafo representa a nossa esperança.

  12. Lino Carvalho
    Lino Carvalho

    Brilhante artigo.

    1. José Messias lutterbach pinto
      José Messias lutterbach pinto

      Como sempre brilhante,nos representa,quero deixar consignado que a esperança ainda existe,pela nossa liberdade.

  13. Uncle Sam
    Uncle Sam

    Belo texto.

  14. Joaquim Días do Nascimento Júnior
    Joaquim Días do Nascimento Júnior

    O Brasil hoje, em minha modesta opinião, sofre um surto de covardia liderado pelas Forças Armadas que suportaram muitos anos de desmandos do Judiciário e se curvaram às mais vis arbitrariedades dirigidas contras as garantias constitucionais. Para quem dizia atuar dentro das QUATRO LINHAS, parece que comeram “mosca” durante quatro anos de Bolsonaro. Se o famoso artigo 142 atribui as Forças Armadas o poder de arbitrar os excessos dos poderes, então perderam a grande oportunidade de mostrar ao GUARDIÃO DA CONSTITUIÇÃO como ela deve ser interpretada e respeitada. Ademais a tão falada direita precisa deixar de ser lesa e aprender a atuar com a esquerda que não perde tempo e é unida, ainda que no crime.

  15. Luciano DIAS
    Luciano DIAS

    O que obtive deste artigo foi mais uma vez a constatação de que a pobreza de um país é o seu povo. Partidos políticos sobrevivem graças à integridade e o respeito às normas por parte de seus integrantes. Ao longo dos meus 62 anos 40 dos quais vivendo na Suíça constatei já aos 15 anos que o país e inviável e 10 anos mais tarde o deixei. As consequências do ponto de vista intelectual foram positivamente avassaladoras. Hoje atendo meu consultório uma clientela onde 30% dos ibéricos que aqui (sobre-) vivem são analfabetos. Falando em herança maldita… A mãe gentil, depois de ter esbarrado no fortuito presidente honesto (e nada mais,) tratou de corrigir rapidamente este desvio de trajeto da sua original estrada cucaracha.
    Não me entendam mal: aqui na Suíça político é tão corrupto quanto em qualquer outro lugar do mundo. A alegada democracia mais antiga do mundo também tem seus defeitos. A diferença é que ao contrário do Brasil as instituições são mantidas com cuidado e respeito. Apesar de (a cada dia mais) estarem longe se ser boas são independentes e patrióticas.
    O Brasil não é somente um país condenado ao futuro mas também, a sofrer de crises convulsivas de remissão espontânea pelo resto de sua existência. Interessante observar.

  16. Carlos Pinto de Sampaio
    Carlos Pinto de Sampaio

    Parabéns pela clara e precisa matéria!

  17. JOSÉ RUBENS MEDEIROS
    JOSÉ RUBENS MEDEIROS

    Prezado Augusto Nunes,
    Sua destreza verbal ficou mais uma vez evidenciada neste excelente artigo.
    A verdade, que todos estamos fartos de saber, é que o Brasil – um país com potencial imensurável e com cidadãos e cidadãs em sua maioria criativos, empáticos e de boa índole – está agora, a partir de uma eleição SEM PÉ NEM CABEÇA, cinzentíssima, com anomalias palpitantes e sufragadas por DOIS tribunais que claramente se declararam partidários do “candidato” que desengonçadamente “subiu a rampa”, em processo de metamorfose voltada para a destruição de todas as conquistas do governo anterior, sob a liderança de Jair Bolsonaro e seus brilhantes ministros.
    Se as pessoas de bem, se políticos de bem no Congresso Nacional (supõe-se que lá existam), se instituições sadias, se a classe jurídica(?!), se o próprio Poder Judiciário (à exceção, claro, do tal STF e do tal TSE), se o Ministério Público, se a pútrida OAB, se o que nos resta de imprensa lúcida, se todos nós não nos empenharmos em DETER os delírios inconsequentes do tal “presidente” que “subiu a rampa” no último dia 01 de janeiro de 2023 (ele e todo o amontoado de pessoas que arregimentou), bem como também DETER e EXTIRPAR a ala escandalosamente “POLÍTICA” do Judiciário, o Brasil será paulatinamente transformado numa LATRINA AVERMELHADA, isto é, num deprimente, ridículo e caótico despejadouro de dejetos.

  18. Carlos Juarez De Britto Leite
    Carlos Juarez De Britto Leite

    10, com louvor!

  19. Marcos Japiassu
    Marcos Japiassu

    Augusto sensacional!

  20. Marie Elisabeth Kraus Debus Seabra de Noronha
    Marie Elisabeth Kraus Debus Seabra de Noronha

    Estou perdida , me sinto omissa, quero participar, buscar soluções que ajudem este País a reencontrar seu rumo ao sucesso . Temos todos os elementos necessários, imensa extensão territorial, terras férteis ,sub-solo riquíssimo em minerais, a maior floresta do Mundo , cabeças privilegiadas , capacitadas , diria até super dotadas para dirigir esta Nação tão especial. Tivemos até 3 dias atrás um PRESIDENTE capaz de exercer
    o Poder com integridade, honestidade e capacidade ! O que estamos fazendo?
    Como entregar este país a Lobos famintos , cheios de ódio com objetivo único de Destruir! De se apropriar de volumes incomensuráveis de bens que pertencem ao povo trabalhador, honesto e na
    Maioria dos casos sub-remunerado .Sei o que deveria ser prioritário: a Educação com Saúde através de uma alimentação saudável e de qualidade : A educação básica ensinada através de conteúdos como a ética , o valor da cidadania como pilar, o esforço e o estudo como prioridade para superar as dificuldades! Mas estou perdida em meio a este turbilhão de inconsequências, irresponsabilidades e mais do que isso a Corrupção frenética em todos os Poderes legalmente instituídos. Obrigada a vocês da ex Jovem Pan , único canal da
    Mídia confiável. Agora temos a OESTE como fonte de informação e de respeito que me trará as notícias com a Verdade, me permitindo concordar ou mesmo discordar. Obrigada a vocês que afastados coercitivamente de suas funções tem a Coragem de continuar a Luta pela Verdade . Obrigada Presidente Bolsonaro que durante quatro anos foi um lutador imbatível, enfrentando tudo e a todos , com com altivez e respeitando as famosas quatro linhas da Contituiçao.
    Nós perdemos ! Muito ,muito!E sei que a tristeza e o quase desespero está habitando o coração de milhões de cidadãos como eu ,tendo a certeza que o arrependimento pelo voto inconsequente e errôneo deve estar presente hoje em outros muitos . Mas vamos continuar lutando , ainda não sabemos como! Mas o Bem com certeza conseguirá vencer o Mal e precisamos Lutar e perseverar sem nos deixar abater
    Marie Elisabeth Noronha e Paulo Seabra de
    Noronha Brasília dia 4 de Janeiro de 2023

  21. Selma Habib Teixeira
    Selma Habib Teixeira

    Acabei de assinar a Revista OESTE na certeza que receberei notícias verídicas pois confio bastante nos jornalistas que aqui escrevem ! O momento é de incerteza, desesperança, revolta, incredulidade…..parece mais um pesadelo o que estamos vivenciando….Espero encontrar em vocês informações confiáveis e que me ajudem a enfrentar e entender esse instante tão dramático que o nosso País está atravessando.

  22. Dlyann Swarovsky Figueira
    Dlyann Swarovsky Figueira

    Augusto Nunes : perfeito em suas análises. Parabéns.

  23. Christian Matuszevski Pereira
    Christian Matuszevski Pereira

    Minha esperança está na grande quantidade de Brasileiros que foram as urnas e não aceitam mais um estado parasita.

  24. Valéria Cristina Giolo
    Valéria Cristina Giolo

    Excelente artigo. O PT teve décadas para chegar onde chegou. Trabalhou incansavelmente na organização de uma estrutura criminosa que se infiltrou em inúmeras camadas da sociedade. Conseguiu distorcer fatos históricos, desmoralizou as forças armadas, perverteu a educação infiltrando e formando professores de esquerda, transformou suas mentiras em verdades, destruir o sentimento de patriotismo nos brasileiros, até nossa bandeira tentam mudar.
    Essa esquerda que não é esquerda, mas sim, um grupo de criminosos perigosos com as piores intenções, precisam ser parados.
    O Bolsonaro em 4 anos conseguiu resgatar o respeito e o amor à pátria, brasileiros estão a mais de 60 dias nas ruas, algo nunca visto em nossa nação. Mas essa direita que nasce ao longo desses 4 anos, precisa ser estruturada, organizada e ter uma liderança visionária, carismática, inspiradora e inteligente, alinhada as necessidades de uma sociedade transcultural.
    Não temos décadas para fazer isso como o PT teve, mas temos a velocidade das redes sociais e um povo que mais uma vez, como em 64, se levanta e fala não ao comunismo.
    Esse desgoverno de esquerda em pouquíssimo tempo mostrará sua incompetência com o colapso econômico, e todos aqueles que votaram em Lula, pela depreciação da imagem do Bolsonaro, minuciosamente executada pela imprensa corrompida, buscarão refúgio , então essa direita precisará estar pronta para recebê-los.

    1. Alexandre Moraes farah Santos
      Alexandre Moraes farah Santos

      Prezada Valéria

      Seu comentário é preciso e robusto na argumentação e na conclusão.
      Que apareçam aqueles que podem auxiliar ao nosso país , a mudar seu destino , que os filhos da providência , possam cuidar , auxiliar e direcionar nosso povo e nossa nação .

      Alexandre

  25. Manfred Trennepohl
    Manfred Trennepohl

    Parabéns, Augusto Nunes. Novamente nos brindando com um artigo esclarecedor. Temos um povo conservador, com ideais liberais na economia, sedento de organização. A matéria prima para um novo partido, que atenda aos anseios desse povo, está aí. Falta uma liderança física nesse momento tão difícil de nossa história. Torço para que Jair Messias Bolsonaro, ou alguém apoiado por ele, se anime e se exponha para a construção desse caminho. Nesse momento, temos que ficar atentos aos nossos parlamentares eleitos para a próxima legislatura, cobrar deles atitudes verdadeiramente firmes, começando a pressão sobre eles na escolha dos novos dirigentes das duas casas. É fundamental expulsar os atuais comandantes das duas casas. Não podemos mais aceitar as famosas desculpas da tal “GOVERNABILIDADE, PELO BEM DO BRASIL” e outras narrativas para apoiar projetos e planos, sejam do atual governo ou parlamentares da base de sustentação deste. É fundamental que os nossos representantes no congresso nacional formem uma base de oposição forte. Só assim conseguiremos fazer frente a quadrilha que tomou de assalto o governo e de uma suprema corte com elementos que apoiam seu líder, o maior ladrão de dinheiro dos pagadores de impostos que a história já viu.

  26. Alexia Ferreira Durso
    Alexia Ferreira Durso

    Partido – aquilo que se quebrou, dividido, fragmentado.
    Torço para que emerjam cidadãos que deixem de olhar para o próprio umbigo e direcionem seu olhar para o outro, para o povo, que se exponham com compaixão à dor e à necessidade de todos.
    E, quem sabe, se juntem num Inteiro Político onde o objetivo, independente de opiniões e ideia divergentes, seja a construção de uma nação justa e próspera.

  27. Ed Camargo
    Ed Camargo

    Esta correto o Augusto Nunes a direita brasileira ficou sem liderança, a imensidão dos sem-sigla possue em comum o amor pela liberdade e padecem ao ver seu pais sendo liderado pelo crime organizado disfarçado de partido político.

  28. Carlos
    Carlos

    Brilhante artigo, mais uma vez, Augusto. Pena não podermos, de fato, dar um viva à liberdade de imprensa, que há tempo já se foi.

    1. Marcos Liebentritt de Almeida Braga
      Marcos Liebentritt de Almeida Braga

      Excelente artigo. Alto nível. Parabéns Augusto Nunes.

  29. José Borges da Silva
    José Borges da Silva

    Augusto Nunes e seus brilhantes artigos. Um dos últimos bastião do verdadeiro jornalismo.

  30. Paulo De Tarso Ubinha
    Paulo De Tarso Ubinha

    Excelente resenha da quase-vida de paridos políticos, regularmente abortados e da necessidade de se constituir um partido de direita, a quem não falta larga base de sustentação popular mas não existe liderança para catapultá-lo. O único que se mostrou capaz disso será arduamente perseguido e talvez não se recupere e não tem sucessor para indicar. Que a consciência desse fato sirva para o surgimento desse lider.
    Existe um povo em busca de um personagem

  31. Aderbal A C Bernardes
    Aderbal A C Bernardes

    Infelizmente o Brasil deu vários passos para trás desde que foi descoberto oficialmente em 1500. Estou descrente do país e do mundo. O ser humano faliu….

  32. María Aparecida Pinto Figueira
    María Aparecida Pinto Figueira

    O PARTIDO DA DIREITA DEMOCRATICA TEM POVO, TEM PLANO MAS E AGORA QUE VAI NASCER? NAO ENTENDI. O QUE EU VI FOI UMA MULTIDAO DE HEROICOS PATRIOTAS CLAMANDO, E ATE IMPLORANDO, QUE UM BOLSONARO FRACO SEJA O LIDER. BOLSONARO NEM LIGOU PARA ISSO, DISSE QUE NAO FOI ELE QUE CONVOCOU ESSA MULTIDAO E, DEPOIS DA JANTA, PEGOU O AVIAO PRESIDENCIAL E SE MANDOU PARA OS USA,
    A DIREITA DEVE SER O PL SO QUE COSTA NETTO DEVE CAIR FORA PORQUE COMO LIDER E MAIS OUTRO FRACO.
    PARA SER REALISTA,,QUEM DEVE SER O PRESIDENTE DESSE PARTIDO E O NIKOLAS FERREIRA E, AI, TEM UM TRABALHO GIGANTESCO PARA CRIAR CELULAS PARTIDARIAS EM MAIS DE CINCO MIL MUNICIPIOS SE QUISER GANHAR AS ELEICOES DEPOIS DE OITO ANOS.
    E, A PRIMEIRA BATALHA, VAI SER CONSEGUIR ELIMINAR AS URNAS ELETRONICAS OU, AO MENOS, ADICIONAR UM PAPEL IMPRESSO, CASO CONTRARIO O PT SEGUIRA GANHANDO AS ELEICOES PARA SEMPRE.

  33. Mozart
    Mozart

    Muito especial e correlato com os dias de hoje, esta visão de Augusto Nunes! A direita consolidada nos quatro anos do governo Bolsonaro, precisa, sim, ser integrada á um partido de direita!! Partido esse que NÂO pode jamais ser permeado por integrantes indecisos e susceptíveis à interesses pessoais. Está na hora de juntar aqueles que realmente pensam e acreditam nas ideias conservadoras e liberais!

    1. Derlei Braga do Carmo
      Derlei Braga do Carmo

      E será que a direita conseguirá ter voz, conseguirá ter um partido sendo que já vivemos a ditadura do judiciário com censura, prisões ilegais, processos ilegais ??
      E sabemos de qual lado o judiciário está.

    2. Valesca Frois Nassif
      Valesca Frois Nassif

      Parabéns como sempre , mestre, pelo excelente artigo. Porém, creio que jamais avançaremos com esse judiciário militante, corrompido e partidário que se apossou do poder de maneira totalitária e apoiado em uma mídia podre. Não vejo como poderemos evoluir com esses dois fatores atuando contra . Infelizmente perdemos e nada pudemos fazer contra o cruel massacre e sabotagem de um presidente que podia não ser perfeito como nenhum foi, mas que foi legitimamente eleito e que tinha representatividade e popularidade.
      A situação foi de escárnio total e , a julgar por mim e os mais próximos, estamos todos perplexos e inconformados , para usar um vocabulário mais adequado e menos agressivo. Que Deus nos ajude!

  34. Carlos Eduardo F. Rezende
    Carlos Eduardo F. Rezende

    Parabens Augusto, otimo artigo.

  35. Luiz Antônio de Andrade Reis
    Luiz Antônio de Andrade Reis

    O
    Mestre Augusto Nunes deu a melhor definição do PT: um exército de incapazes e de capazes de tudo. ????

  36. Daniel BG
    Daniel BG

    Belíssimo texto, Augusto. Organizar-nos politicamente é do que precisamos agora.

    1. Zaza
      Zaza

      Tão achando ruim? Espere até o larápio trocar todo o comando militar e colocar comunistas de carteirinha… achando que forças Armadas são uns frouxos? Calma, logo serão vira latas ferozes e vorazes, contra tudo que não é da esquerda… Aí sim, judiciario vigarista, executivo comuna, militares comunas… o diretor da PF já começou puxando a fila.
      Em breve, não terrmos mais PF covrde e exército frouxo… porém, o inimigo será vc. Fujam dessa bomba relogio brasil enquanto é tempo

  37. Maria Lucia Benevides de Schueler
    Maria Lucia Benevides de Schueler

    Ótimo texto. Digno do mestre Augusto Nunes. Tenho 75 anos. Espero ver este partido da direita oficializado e dizendo a que veio. Isto antes de morrer.

  38. Lauriston James Hodgkiss
    Lauriston James Hodgkiss

    Sr. Augusto. Pelo que sei, desde os tempos do nosso Império até os dias de hoje, o Parlamento (Congresso Nacional) sempre se pautou preciosamente pela defesa dos interesses particulares dos políticos antes discada Nação. Temos hoje, além da volta do “Bourbon avermelhado”, rouco e barbudo (aquele que não aprendeu nada e não esqueceu nada), a figura exdrúxula do Tribunal canhestro que acusa, prende, julga e arrebenta em canetadas únicas, acolitados por uma grande mídia marrom. Assim, a constituição de partido político, sério e da direita no Brasil, tem contra si esses obstáculos todos. Seria, indaga-se, o momento de Jair Bolsonaro e seus assessores instalarem em Miami, “um governo brasileiro no exílio”?

  39. SILAS WALTER CARDOSO MUZEL
    SILAS WALTER CARDOSO MUZEL

    Parabéns Augusto Nunes
    Jornalistas como você, nos dão um pouco de esperança de que Vale a Pena ser Brasilieiro…Lutar… acreditar… pensar num futuro melhor para a geração futura…
    Vamos lutar por uma reforma política, a unica saída que vejo para nós… do jeito que esta vai ser impossível…
    Oremos!!!
    “Que as aves de rapina voem para longe. E que a liberdade abra as asas sobre nós”.

  40. Fernando Godoi
    Fernando Godoi

    Já passou da hora de o Brasil ter o seu partido realmente de direita!

    1. José Sergio do Amaral Mello Filho
      José Sergio do Amaral Mello Filho

      Fernando, creio ser o NOVO esse partido.

      1. Daniel BG
        Daniel BG

        Bem notado. O Novo já se auto definiu de direita moderada. Até agora nenhum de direita plena.

      2. Alcindo De Azevedo Barbosa Junior
        Alcindo De Azevedo Barbosa Junior

        O laranja do Novo é vermelho desbotado. Simples assim. De direita, não tem nada. Existem exceções, como o Van Hatten. Mas são exceções. O sonho do Novo foi assassinado pelo Amoedo.

  41. Rogerio De Souza
    Rogerio De Souza

    Excelente , temos que manter nossa FÉ, pq tempos perigosos estão pela frente, e acredito que muitos estão atentos, se tentarem algo estarei com a maioria para ir à rua contra o Ladrão.

  42. Olinto Santos Cardoso
    Olinto Santos Cardoso

    Aplausos. O pano de cena fechou no teatro da vida mas, o ato continua sendo encenado no Brasil de verdade. Obrigado bravo jornalista.

  43. Onedson Carvalho da Silva
    Onedson Carvalho da Silva

    Parabéns Augusto Nunes, peço a Deus que lhe conceda muita paz para que você possa continuar fazendo esse jornalismo brilhante, inteligente, que busca nos orientar. Teremos dias difíceis, nossa liberdade está ameaçada, as instituições se apodreceram, a democracia está por um fio, a Justiça se acovardou, difícil viver em um país onde não podemos confiar na Justiça. Não temos a quem recorrer, OAB uma vergonha! Congresso Nacional uma Vergonha! Ministério Público uma vergonha! Tribunais de contas para nada servem, uma vergonha! Autoridades medíocres! Ver Ministros como os indicados por Lula nos envergonham! Só Deus, para nos salvar. Tínhamos um homem que dizia a verdade chamado Jair, agora estamos à deriva. Vamos, ler, estudar, nos apegar a Deus só assim, daremos a volta por cima. Brasil acima de tudo e Deus acima de todos. ! Vamos aguardar a picanha barata e a cerveja prometida pelo PT, VERGONHA NACIONAL acreditar numa falácia tão medíocre.

    1. Alzira Conceição Pacheco de Lima
      Alzira Conceição Pacheco de Lima

      O pior, Onedson, é que eles nem acreditam na falácia. Criamos gerações de preguiçosos mentais, que, sendo incapazes de conectar dois neurônios, repetem como papagaios o que a imprensa e os espertalhões lhes transmitem como verdades. Não considero sensato esperar que Deus salve a nação, pois Deus, não sendo brasileiro como muitos creem, mas universal, tem mais o que fazer.

  44. Moacir Pirondi
    Moacir Pirondi

    Como sempre, seus textos nos ajudam a seguir em frente. Obrigado mestre.

  45. Marcos J M Cruz
    Marcos J M Cruz

    É serão tempos dificéis , o brasil é incrivel consegue eleger um ladrão quadrilheiro, e tudo bem é o carnaval debochado em evidência!
    Ai bem que tem pessoas como vocês, Augusto Nunes e demais que fazem vida se tornar menos decepcionante.

  46. Zulimar Marrara
    Zulimar Marrara

    Partido de direita? Bolsonaro tentou criar um e foi sabotado, solapado, esmagado. Lembram?

    1. José Sergio do Amaral Mello Filho
      José Sergio do Amaral Mello Filho

      Zulimar, há o NOVO.

  47. José Francisco de Lima
    José Francisco de Lima

    Augusto Nunes. Você me representa e me faz acreditar que ainda vale apena ser um patriota mesmo com a ausência do presidente Bolsonaro. A luta continua.

  48. Luiz Antônio Alves
    Luiz Antônio Alves

    Vamos ter uma visão melhor depois do carnaval. Existem outras hipóteses. Uma delas é de que vem por aí uma ditadura disfarçada e com simbolismo socializante. Quem trairá quem em primeiro lugar? O STF trairá o Lula? Lula trairá o STF? O STF dominará o Cogresso? O Congresso trairá Lula? Lula e STF deixarão o Congresso a seus pés? A imprensa conseguirá por quanto tempo turbinar o novo governo? A imprensa trairá o Lula e o STF? Quem será comprado? Escrevi um poema anos atrás onde finalizava: Abaixo a ditadura do destino antes de discutirmos o preço da falicidade…

  49. Sergio Gonçalves Braga
    Sergio Gonçalves Braga

    Preciso mudar pra não me envenenar emocionalmente!! Afinal, não tenho pra onde correr.. Sou brasileiro!!
    Só o Arrependimento e o Perdão poderão unificar e libertar o povo da ganância e da corrupção instituída. Bandidos “estupradores” da democracia tomaram o poder e precisamos recuperara-la. Uma trégua se faz necessária! Ideologias como Direita e esquerda e a liberdade formam o tripé da democracia.. Ciro até poderia estar na presidência… seria menos mal, mas uma quadrilha dessa estirpe é inaceitável.. O arrependimento precede o perdão. Tragam os arrependidos para perto. Perece utópico sim, mas se queremos o Brasil de volta sem derramamento de sangue, entendo ser essa a última opção.. Eles querem que nos matemos..Vc meu amigo idiota não convicto, arrependa-se enquanto é tempo… Precisamos de vc!!! Vamos empunhar uma só bandeira… A da liberdade e da democracia!!!
    SergioB.

  50. Marcelo Gurgel
    Marcelo Gurgel

    Que Deus te ouça.

  51. Dalmacio Irapuan dos Santos
    Dalmacio Irapuan dos Santos

    Sempre lúcido e afiado, o Grande Augusto!

  52. Oldair Dorigon Bianco
    Oldair Dorigon Bianco

    Bingo! Falou tudo Augusto, só merece os meus elogios.

  53. Mariusa C R C
    Mariusa C R C

    Muito bom o resgate; infelizmente em dias atuais restou a brava gente brasileira. Demais, correram.

  54. Paulo Henrique Orlato Rossetti
    Paulo Henrique Orlato Rossetti

    Augusto Nunes, parabéns! Os conteúdos de todos os jornalistas da OESTE são brilhantes. E se tem algum leitor ou futuro assinante que não entendeu ainda a gravidade dos fatos, recomendo a pequena lista de matérias abaixo:

    Edição 04 – Arthur Lira, o Sombra
    Edição 08 – Servidores, a casta privilegiada não atingida pela crise
    Edição 20 – A farra do foro privilegiado
    Edição 27 – O fim do gargalo da infraestrutura
    Edição 28 – A constituição do atraso
    Edição 30 – O populismo pobre da Argentina
    Edição 34 – Vereadópolis
    Edição 35 – Dinastias políticas
    Edição 37 – a formação de deforma
    Edição 38 – por que a câmara é tão ruim?
    Edição 47 – o que falta para o SUS funcionar direito?
    Edição 49 – A EBC e sua milionária “TV traço”
    Edição 54 – O tombo da velha mídia
    Edição 64 – Os verdadeiros números da economia brasileira
    Edição 65 – Você paga tudo isso
    Edição 71 – A verdade ressuscitada
    Edição 85 – O mundo precisa conhecer o Brasil
    Edição 99 – Os sabotadores do agronegócio
    Edição 111 – soluções ao Norte
    Edição 119 – O Brasil despiorou
    Edição 125 – O direito às armas
    Edição 126 – O custo da ineficiência
    Edição 141 – Herança bendita
    Edição 145 – Negacionismo lulista

    1. Janaina T G Alencar
      Janaina T G Alencar

      Bom dia Paulo!

      Muito obrigada por compartilhar, tamanha lista!!!

      Nunca fui muito adepta a política, meu pouco conhecimento obtive com meu pai, PM reformado. Diante da situação que o Brasil se encontra, como disse Bolsonaro na sua última Live: Os brasileiros foram acordados, despertou o interesse pela política¨ estou nesse meio.

      Busco conteúdos confiáveis para entender melhor o que acontece com a politica do país.

      Com certeza irei ler todo esse conteúdo que disponibilizou.

      Ótimo 2023.

      1. Paulo Henrique Orlato Rossetti
        Paulo Henrique Orlato Rossetti

        Janaina,
        muito obrigado
        o mérito é do time campeão da OESTE que nos brinda com este conteúdo rico toda semana!
        Excelente 2023 para você também!

  55. Patricia Ventura
    Patricia Ventura

    O grande risco é, independentemente de partidos de direita ou na linha conservadora, tenhamos sempre eleições roubadas… O PT se travestiu de partido e assumiu que é uma quadrilha. Então, caso não haja alguma revolução, a ideia de tomar o poder e se perpetuar não tá longe não. Resta ao povo ( e olhe lá) batalhar para que não aconteça. Com Forças Armadas omissas, vai sobrar para a gente mesmo…

  56. Patricia Ventura
    Patricia Ventura

    Será que os políticos já se tocaram que não temos partidos de direita ?

    1. José Sergio do Amaral Mello Filho
      José Sergio do Amaral Mello Filho

      Creio, Patrícia que há o NOVO.

  57. maisvalia
    maisvalia

    Fora Luladrão

    1. JULIANA V ANTUNES
      JULIANA V ANTUNES

      Augusto Nunes, verdadeiro mestre, incansável na sua luta contra o ladrão que tomou o poder. Que a liberdade realmente abra suas asas sobre nós.

  58. José Tadeu Gomes Alves
    José Tadeu Gomes Alves

    Caro Augusto Nunes, me curvo a você mestre dos mestres.
    Não tenho estrada suficiente,apesar da idade, de dar uma opinião que mereça um like sequer.
    Votei no Bolsonaro, sou filho de pracinha já falecido (duas revoluções e tomada do Monte Castelo), portanto direita.
    Mas acho que nosso capitão enfrentou forças contrarias com as quais não conseguiu lidar.
    Deu declarações infelizes e esse conjunto o tirou do segundo mandato.
    Agora ele terá 4 anos para refletir e voltar muito mais forte.
    Que Deus nos proteja desse câncer que vai aussurpar a presidência!
    Pátria, deus e Família!

    1. Osmar Martins Silvestre
      Osmar Martins Silvestre

      Caro senhor José, compartilho consigo os seus sentimentos de patriota e de conservador. Só não consigo ter o mesmo otimismo seu em relação ao Bolsonaro. A esquerda não o perdoará, provavelmente será preso ou terá que ficar no exílio, não terá mais oportunidade política. Só espero que o pensamento conservador e patriótico não se extinga, e que aparece um nome para representá-lo.

  59. Arao Pomeraniec
    Arao Pomeraniec

    Como sempre seus comentários são muito claros e objetivos. Concordo com a necessidade de um partido que represente a direita democrática brasileira. Mas não temos iniciativas neste sentido. Caberia aos políticos eleitos pelo voto da direita organizar isto. Mas preferem ficar abrigados em siglas em que possam administrar seus interesses de momento fugindo do papel para o qual foram eleitos. Ficou tudo personalizado na figura do Bolsonaro com os os riscos que isto trouxe e se confirmaram nas eleições. O legado é imenso e foi e está sendo desperdiçado por incapacidade. Foi muita areia pro caminhão do Bolsonaro. Fez muito além das suas limitações pessoais. Somos gratos por isto mas temos que seguir em frente, mais experientes e menos ingênuos. Feliz Ano Novo!

  60. Luzia Helena Lacerda Nunes Da Silva
    Luzia Helena Lacerda Nunes Da Silva

    O partido da direita democrática aguarda ser formalizado, aguarda O líder que possa fazê-lo, aguarda o dia em que as asas da liberdade estarão efetivamente abertas sobre nós.
    Hoje, depois do pronunciamento pífio do senhor Jair Bolsonaro, me sinto órfã, triste e sem esperança.

    1. Sérgio de Jesus Vieira
      Sérgio de Jesus Vieira

      Augusto Nunes ,o nosso respeito e admiração sempre….
      como estamos indefesos ,com a volta de um chefe de “orcrim” no poder e trazendo consigo um ministro de economia que não entende nada de economia,um ministro da justiça que não entende de justiça com ética e respeito a constituição,sem perder tempo com os demais tão suspeitos e incompetentes como os citados até aqui.
      Que país é este ?
      Que país será este ?
      Com tantas barbárie executada por uma esquerda corrupta em sua maioria , incapaz de pensar na pátria ,mas sim em seus interesses pessoais.
      Temos um STF militante que usa sua força acima da constituição federal.
      Com um “Pai esterco ” como presidente do senado o que será desta nação ?
      A narrativa acima é pura ficção, qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.

    2. Arao Pomeraniec
      Arao Pomeraniec

      Leia o artigo da Ana Paula Henkel, você irá se sentir menos órfão, menos triste e mais esperançosa.

  61. Jucelino Bomfim Nogueira
    Jucelino Bomfim Nogueira

    Mais um texto memorável de um dos maiores jornalistas brasileiros. Salve Nunes!

Anterior:
‘Você possui três casas: o planeta, seu lar e seu corpo’
Próximo:
Carta ao Leitor — Edição 204
Newsletter

Seja o primeiro a saber sobre notícias, acontecimentos e eventos semanais no seu e-mail.