Pular para o conteúdo
publicidade
Foto: Serhii Ivashchuk/Shutterstock
Edição 151

Vidas suspensas

Em companhia do grupo de culpados, centenas de inocentes encarcerados esperam há 30 dias a incerta chegada da Justiça

Augusto Nunes
Cristyan Costa
-

Em 6 de janeiro, a mulher de 50 anos decidiu suspender por alguns dias a jornada de trabalho numa empresa que fabrica peças de automóveis em Presidente Prudente, interior de São Paulo, para juntar-se ao acampamento montado em Brasília por manifestantes inconformados com a volta de Lula ao poder. Acomodada sob uma barraca nas cercanias do Quartel-General do Exército na capital federal, ali permaneceu até a manhã do dia 9, quando foi desfechada a operação concebida pelo ministro Alexandre de Moraes e executada pela Polícia Federal. Embora soubesse que, na véspera, uma erupção de vandalismo havia resultado em ataques ao Palácio do Planalto, ao Congresso e à sede do Supremo Tribunal Federal, dormiu sem sobressaltos: ela nem saíra do acampamento quando o surto de violência atingiu o clímax na Praça dos Três Poderes. Mas não conseguiu achar alguém disposto a examinar o argumento. E foi para a cadeia em companhia de alguns culpados e centenas de inocentes que compunham a multidão de 1.398 brasileiros capturados pela ofensiva policial.

Durante duas semanas, a viajante perplexa dividiu com quatro parceiras de infortúnio uma cela da Colmeia, penitenciária feminina da capital federal. No 14º dia, foi contemplada com a liberdade provisória, que chegou escoltada por restrições que incluem o uso de tornozeleira eletrônica — limitação imposta por Moraes a 460 dos 482 homens e mulheres soltos até a tarde deste 9 de fevereiro. Pode-se dizer que teve sorte ao escapar do cotidiano sem horizontes que segue castigando 916 brasileiros. Mas a interiorana paulista anda muito diferente da mulher que existiu até o embarque rumo a um acampamento de Brasília.

Ônibus levando manifestantes detidos para o Ginásio da PF, em Brasília (9/1/2023) | Foto: Reprodução

Ela voltou para casa transformada numa prisioneira do medo. Para não se expor a vigilantes invisíveis, mantém distância das redes sociais. Desativou de vez o WhatsApp — e não pretende reconciliar-se com o que era até recentemente seu aplicativo predileto. “Minha madrasta está passando por um tratamento psiquiátrico que envolve remédios bem fortes”, contou o enteado. “Deixou de sair de casa, porque teme ouvir a tornozeleira apitando. Ela nem sequer sabe quantos metros pode distanciar-se de onde mora.” Sem prazo para o desfecho do drama ainda em curso, a incerteza provoca sucessivas crises de ansiedade.

Depoimentos colhidos por Oeste confirmam que quem tem a vida interrompida pelo brusco desaparecimento de horizontes raramente escapa de sequelas semelhantes. Dois clientes do advogado Samuel Magalhães, por exemplo, tentam absorver o episódio traumático e contornar as pedras colocadas no caminho por medidas restritivas. Ambos também vivem no interior de São Paulo. Um tem 39 anos e é técnico em informática. Outro completou 34 e cursa a faculdade de odontologia. “Eles usam tornozeleira eletrônica e não podem sair do Estado sem notificar o STF”, resumiu Magalhães. “Não é permitido chegar perto de outros manifestantes do 8 de janeiro e, a cada mês, eles devem comparecer à Vara de Execução Penal para atualizar dados. O endereço, por exemplo.” Como a mulher de Presidente Prudente, eles estavam no acampamento quando ocorreram as invasões e os quebra-quebras.

Depois do estágio no ginásio da Polícia Federal, foram depositados no presídio da Papuda. Ali, nos dez dias seguintes, a dupla aprendeu a dividir com 18 pessoas uma cela com espaço para oito e a suportar a água fria em banheiros congestionados, antes de conseguir a liberdade provisória. Os relatos dos que saíram escancaram a perversa rotina dos que continuam por lá. Na Papuda e na Colmeia, 611 homens e 305 mulheres sobrevivem longe do noticiário da imprensa, das atenções da Justiça e de advogados que calculam honorários em dólares por minuto. Eles têm de 18 a 75 anos de idade. Elas, de 20 anos a 70 anos. Os três Poderes parecem enxergar apenas um bando de golpistas de extrema direita financiado por bilionários que sonham com o sepultamento do Estado Democrático de Direito.

Nessa fantasia delirante, teria irrompido em 8 de janeiro a Intentona Bolsonarista, reprise degenerada da Intentona Comunista de 1935. Convencidos de que o povo brasileiro é um rebanho de amnésicos, os parteiros da farsa fingem esquecer que a tentativa de derrubar o governo de Getúlio Vargas foi arquitetada pelo Partido Comunista do Brasil (a mando do Partido Comunista da União Soviética), teve um chefe militar (Luiz Carlos Prestes), desdobrou-se em levantes que provocaram tiroteios e pelo menos 100 mortes em quartéis e envolveu insurretos fardados no Rio, em Pernambuco e no Rio Grande do Norte. Comparado ao que acabou de ocorrer em Brasília, o número de prisões decorrentes da Intentona Comunista parece ter sido determinado por monitores de escoteiros.

Antes do tsunami de capturas registrado neste janeiro, tinha-se como insuperável a marca estabelecida em 12 de outubro de 1968, quando a Polícia Militar paulista engaiolou os quase 800 participantes do 30º Congresso da União Nacional dos Estudantes. Já no segundo dia de discurseiras num sítio em Ibiúna, à época uma cidadezinha a 60 quilômetros de São Paulo, a tropa prendeu os convivas do piquenique revolucionário (clandestino, havia jurado José Dirceu, já colecionando trapalhadas como agitador de sala de aula). Com quase 1.400 detenções, o novo recorde brasileiro na modalidade encarceramento em massa reduziu a coisa de principiante a façanha consumada pelo regime militar semanas antes da decretação do Ato Institucional nº 5.

Estudantes presos no 30º Congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE), em Ibiúna (SP), em 1968 | Foto: Reprodução

As diferenças não param por aí. Nenhum dos congressistas de Ibiúna se espantou com a prisão. Eles sabiam que isso aconteceria caso fosse descoberto o local do encontro de centenas de combatentes decididos a derrubar o governo. No fim de outubro de 1968, quase todos haviam retornado aos Estados de origem. Só os principais líderes do movimento estudantil continuavam na cadeia — e ali permaneceriam até setembro de 1969, quando trocaram uma cela pelo exílio por exigência dos sequestradores do embaixador norte-americano Charles Elbrick. O Brasil dos presidentes-generais esvaziou sem demora presídios que o Brasil de 2023 mantém repletos de homens e mulheres desprovidos até do direito de saber que espécie de crime lhes confiscou a liberdade.

“É preciso haver uma individualização, porque uma pena coletiva não é admissível. O STF passou por cima de cláusula pétrea”

Quaisquer atos de vandalismo têm de ser punidos, reafirma o jurista Dircêo Torrecillas Ramos, mas não se pode misturar pessoas que se manifestaram de boa-fé no 8 de janeiro com criminosos que depredaram o patrimônio público. Feita a constatação, Torrecillas enumera irregularidades paridas ou endossadas pelo STF. “O Supremo não pode julgar essa quantidade de gente”, exemplifica. “Cabe-lhe analisar apenas os casos dos que praticaram atos de vandalismo nas dependências da Corte.” Diferentemente dos que foram capturados enquanto destruíam o Congresso e o Palácio do Planalto, os manifestantes que estavam nos acampamentos não poderiam ter sido detidos. “Não houve flagrante de crimes”, resume o jurista.

Em paragens subordinadas ao Direito e à Justiça, a Polícia Federal deve solicitar a autorização do Ministério Público Federal para a abertura de inquérito. O sinal verde libera os agentes para os trabalhos de investigação. Concluídas as apurações e identificados os criminosos, um relatório é encaminhado ao MPF, que decide se deve ou não encaminhar a denúncia a um juiz. “Só depois disso podem ocorrer prisões”, ensina Torrecillas. Os alunos do professor Alexandre de Moraes aprenderam que é esse o caminho traçado pela Constituição. Mas o ministro Alexandre de Moraes, de novo, optou pela via rápida: incluiu todos os manifestantes num dos inquéritos que conduz — um enquadra “atos antidemocráticos”, outro se dedica à extinção de fake news — e decidiu que o STF cuidará de todos os casos.

“Com apenas 11 ministros julgando, a indefinição sobre o futuro dos presos vai se alongar por tempo indeterminado”, lamenta Torrecillas. Ele também lastima a violação de pelo menos 15 incisos do artigo 5° da Constituição, que trata dos direitos individuais. Um deles determina que ninguém será submetido à tortura, nem a tratamento desumano ou degradante. “Verificamos que até mesmo no ginásio onde os manifestantes foram inicialmente alocados ocorreram cenas degradantes”, constata Torrecillas. “Faltaram alimentação, profissionais da saúde, espaço suficiente e material de higiene. E as cadeias estavam superlotadas.”

De acordo com a lei, quem não tenha qualquer participação em ato ilícito não pode responder por crimes praticados por outros. “O que vimos foi uma coletivização dos atos”, diz Torrecillas. “É preciso haver uma individualização, porque uma pena coletiva não é admissível. O STF passou por cima de cláusula pétrea.” O desembargador Ivan Sartori, ex-presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, concorda com a punição dos envolvidos em vandalismo. “Mas são pessoas que não têm foro privilegiado”, recorda. “Portanto, não cabe à Suprema Corte julgá-las.”

“Tivemos uma banalização das prisões”, afirma o jurista Ives Gandra Martins. “Antes, uma prisão provisória era rápida e os alvos dos processos tinham acesso imediato ao conteúdo do processo”. Ele nem perde tempo com versões segundo as quais o que houve em 8 de janeiro foi uma tentativa de golpe de Estado. “Uma população desarmada não tem capacidade para isso”, ensina. “Só com tanques, aviões e navios isso é possível.” Essas verdades elementares têm esbarrado no autoritarismo de ministros e juízes, na memória seletiva da imprensa, na cumplicidade oportunista de parte do Ministério Público, no silêncio cúmplice da OAB, nas fantasias do governo e seus devotos — e no medo paralisante que vai contagiando as vítimas da arrogância inconstitucional.

No começo dos anos 1970, com a Constituição aposentada pelo AI-5, a notícia da prisão de alguém era prontamente divulgada por familiares e amigos. Quanto mais gente soubesse do paradeiro de um alvo, menor seria a desinibição dos carcereiros. Agora, procurados por repórteres de Oeste, muitos parentes de homens e mulheres esquecidos no cárcere em Brasília acharam mais sensato esconder o próprio nome, omitir a identidade do prisioneiro e fazer de conta que nada de anormal está acontecendo. Medo rima com ditadura. No Estado de Direito, não pode haver um único ser humano que, sem ter cometido crime algum, enxergue em qualquer autoridade do Poder Judiciário um perigo a ser neutralizado pela fuga, pela mudez ou pela rendição incondicional. Numa democracia de verdade, não é assim que funciona.

Manifestantes detidos pela Polícia Federal depois dos protestos na capital federal, amontoados em ginásio de Brasília, apelidado na internet de ‘Lulag’ | Foto: Reprodução

Leia também “Culpado é mais lucrativo” 

114 comentários
  1. Wilson Pereira
    Wilson Pereira

    Esse País Têm Um Judiciário Podre, Primeiro Eles Prender, Depois Com Muitas Lutas das Famílias, Que Descobri Que A Tal Pessoa é Inocente.

  2. JOÃO HENRIQUE FOGANHOLI
    JOÃO HENRIQUE FOGANHOLI

    Lamentável!
    Que país é esse ?

  3. Marilene Brandalise
    Marilene Brandalise

    Realmente um horror! Já podemos afirmar, sem medo, que a Justiça morreu e que temos um regime totalitário em ação?

  4. Cícero Gabriel Cardoso Soares
    Cícero Gabriel Cardoso Soares

    Somente o Senado poderia parar essas arbitrariedades.

  5. CARMEN REGINA NOGUEIRA DE CARVALHO
    CARMEN REGINA NOGUEIRA DE CARVALHO

    Gostei muito do artigo.. Meus respeitos e cumprimentos aos autores Augusto Nunes e Cristyan Costa

  6. Eronilde Santos
    Eronilde Santos

    Que privilégio ler matérias desse nível, escritas com honestidade, imparcialidade, por jornalistas fantásticos como Augusto Nunes. Parabéns

  7. VINÍCIUS DE OLIVEIRA
    VINÍCIUS DE OLIVEIRA

    O STF já declarou que os presídios brasileiro vivem um “estado de coisas inconstitucional”. Hoje o próprio STF é um “estado de coisas inconstitucional”.

  8. Fábio Gavião Avelino de Méllo
    Fábio Gavião Avelino de Méllo

    É com muita alegria e grande esperança que vejo que existem pessoas dizendo a verdade que está escondida por traz das muitas narrativas mentirosas contadas pela grande imprensa e repetidas e propagadas inúmeras vezes, com insistência, para a população.
    Infelizmente uma grande parte de nossa população não entende e segue a linha de raciocínio elaborada pelos grandes veículos de comunicação sem críticas.
    Esses veículos de imprensa conseguem manipular os pensamentos de parte da população e o fazem sem o menor constrangimento, sempre em benefício próprio ou de uma ideia preconcebida.
    Deus dê força aos que dizem a verdade para continuarem assim e ilumine e amoleça o coração daqueles que mentem para que revejam as suas posições para o bem do Brasil.
    Que Jesus nos ajude nesse momento difícil pelo qual estamos passando.

  9. Joel Luiz Oliveira Rios
    Joel Luiz Oliveira Rios

    As vítimas dessa farsa arranjada pelos comunistas de plantão e que nos deixa pasmo à todos que temos um mínimo de responsabilidade e compromisso com a nação brasileira, somos todos que almejamos uma pátria livre, abençoada e próspera, motivo de orgulho de um povo que embora passivo, é um povo simples, honesto e trabalhador como a grande maioria de nós brasileiros. Pena que o Pilatos do senado, o senhor Rodrigo Pache suas competênciasco tem outros objetivos na vida que não é o de ter dignidade no cargo que exerce sem nenhum caráter em fazer cumprir suas competências, tem lavado as mãos sempre na sujeira da cumplicidade de igual descaso de outra instituição a qual hoje descaradamente submete todos às suas próprias leis. Até quando prevalecerá esta patifaria não sabemos, mas vale lembrar que não há bem que sempre dure, nem mal que nunca se acabe. Deus é o soberano sobre tudo e todos, e jamais sairá do controle da nação brasileira. Um dia a casa cai sobre os que a edificaram sobre fracos fundamentos.

  10. Marcos Roberto dos Santos Vidal
    Marcos Roberto dos Santos Vidal

    Terrível. Triste, desolado.

  11. Nilto Bogo
    Nilto Bogo

    ABSURDAS ESSAS PRISÕES.
    Há que o Congresso investigue através de CPI . Só assim a verdade pode vir a público.
    Esperar pela Justiça é condenar antecipadamente.
    Restam poucas vozes, como bravamente faz a Revista Oeste, a denunciar este horror.

    1. Marina Viana Fernandes
      Marina Viana Fernandes

      Outra Decisão. Arbitrária Do. STF. Essas. Pessoas. São. Patriotas que. Estavam. Em. Manifestação. A favor da liberdade. E por ironia/descompasso da justica (STF) Precisam. De. Liberdade .

    2. Wilson Pereira
      Wilson Pereira

      Isso Nunca Vai Acontece o Congresso Tem Rabo Preso com o STF

  12. COLETTO ASSESSORIA EM SEGURANÇA DO TRABALHO LTDA
    COLETTO ASSESSORIA EM SEGURANÇA DO TRABALHO LTDA

    Que absurdo !!!!
    Estamos em um pais onde o PODER que deveria preservar a CONSTITUIÇÃO, esta criando uma nova CONSTUIÇÃO E NÃO TEM PODER PARA ISTO.
    ESTA SITUAÇÃO VEM DESDE O IMPEACHMENT DA DILMA ONDE HOUVE DESCUMPRIMENTO DA CONSTITUIÇÃO.
    ATÉ QUANDO ??????

  13. Chris Salimena
    Chris Salimena

    O STF é composto por 11, fica a pergunta onde estão os outros que aceitam os desmandos de A.M. Permite que a nossa CF seja rasgada diariamente. Pq a omissão de Kassio Nunes Marques e André Mendonça? Já se deixaram contagiar pelas barbárias cometidas pela corte?

  14. IZILDO CASTILHO JR
    IZILDO CASTILHO JR

    Excelente matéria!
    Não desistiremos do nosso país.

  15. Rosangela Ribeiro da Cunha
    Rosangela Ribeiro da Cunha

    Excelente reportagem.
    Que vergonha para os algozes!
    Que tristeza . Isso nos parte o coração .
    Força patriotas .
    Todos vencerão .
    Vocês serão recompensados .
    Deus não dá a ninguém a cruz que a pessoa não consiga carregar.
    Os ventos mudarão de direção porque não há mal que dure para sempre.
    Essa luta não é em vão.
    É luta para um bem maior e Deus vai honrar a fé de todos .
    Algo de bom acontecerá .
    Eu creio. Eu confio.
    A força não é nossa mas é a força de Deus em nós .
    E quem como ELE?
    Ninguém …

  16. Raimundo Rabelo Lucas
    Raimundo Rabelo Lucas

    Meu Deus do céu, em pleno século XXI estamos convivendo com a barbárie. Um indivíduo que deveria seguir a Constituição e as Leis passa a agir de forma autoritária e monstruosa. Pessoas, na sua maioria, de bem e acima dos quarenta anos,que estavam lutando pela democracia e pela liberdade, são presas de forma desumana em um campo de concentração e sem o processo legal. Essas pessoas, volto a dizer de bem, estavam a mais de mês em frente aos quartéis militares. Pelo que se sabe bandidos não procuram esses locais para se manifestarem. É uma pena que as Forças Armadas, em nenhum momento, cheguem em defesa dessas pessoas.O estranho disso tudo é que a esquerda e o PT que fizeram tanto barulho quanto ao ocorrido não se manifestem a favor da CPMI.

  17. Bárbara Lacerda Nunes Da Silva
    Bárbara Lacerda Nunes Da Silva

    Nossa, que situação alarmante, Meu Deus.🤦‍♀️
    Reportagem de capa primorosa. Que incentive a luta pelos direitos humanos e democráticos, que não pode parar.🙏

  18. Ronaldo Rodrigues Rosa
    Ronaldo Rodrigues Rosa

    Brilhante! É verdade, em uma democracia de verdade nenhum cidadão sente medo da autoridade.

  19. João Neri Batista de Melo
    João Neri Batista de Melo

    Augusto Nunes é simplesmente fantástico. Dá gosto ler seus artigos pela facilidade na compreensão e esclarecimentos.

    Parabéns também ao Fiúza, Ana Paula e todos os colunistas. Pessoas de alto conhecimento e que dizem as verdades doa a quem doer.

    Estou encantado com a Revista Oeste.

  20. Marcelo Mattar Diniz
    Marcelo Mattar Diniz

    Sou membro do MP há 28 anos, sempre na área criminal e sempre tive orgulho de fazer parte de seus quadros. Nunca antes tive vergonha. Até agora.

    1. Juçara L.Reis
      Juçara L.Reis

      Radiografia triste do estagio tragico que o Alexandre de Moraes esta promovendo no Brasil. QUEM VAI PARAR ESSE PSICOPATA? Com tantos juristas renomados, autoridades e o Povo Revoltado nao TEM NADA QUE POSSAMOS FAZER PARA DETER ESSE MALUCO?

    2. Chris Salimena
      Chris Salimena

      Realmente vergonhoso! Mais ainda a omissão da OAB!

  21. Daniel BG
    Daniel BG

    Tratar a mãe do Alexandre de Moraes dessa forma e assim ele vai mostrar que é humano. Por enquanto é um monstro.

  22. Bianca Arcangeli
    Bianca Arcangeli

    A pergunta que me vem o que nós podemos fazer ? Nós pessoas comuns trabalhadores. Empresários advogados funcionários? Tentamos e deu nisso ? Que desespero….

  23. Júlio Cesar Peixoto Pimenta
    Júlio Cesar Peixoto Pimenta

    E o papelão do exército? Fizeram o que a SS e a Gestapo faziam com os judeus. Usaram método da perfídia.

    1. Chris Salimena
      Chris Salimena

      Era a única instituição que tinha o respeito do povo. Depois de entregar essas pessoas a PF (que não merece nenhum respeito) tornou-se tão desprezível quanto aos demais. Sempre ouvi dizer que “não se faz mas militares como antigamente”, e tenho que concordar. Hoje só temos melâncias, a FA desonrou o juramento, pátria e povo! Quem com porcos se mistura, farelo come! Já respingou para alguns. Tornaram-se a VERGONHA NACIONAL!!!

  24. Eliezer Gomes Camargo
    Eliezer Gomes Camargo

    Futuramente, serao 305 Mulheres e 611 Homens, de valor e de uma experiencia inimaginavel, que podera ser convertida em mobilizadores, influenciadores, testemunhas de que isso nunca mais deve ocorrer em nosso Pais, neste momento, oremos para que sejam fortes, perseverantes, resilientes, e que nao sejam esquecidos pelos Patriotas do nosso Pais. Gostaria de ver uma mobilizacao mais intensa pelos direitos e liberdade incondicional de todos. Quem sera a primeira autoridade, figura publica a se manifestar ?

  25. José Pedro Scatena
    José Pedro Scatena

    Não se trata absolutamente de um ato jurídico falho e de desrespeito à Constituição. O encarceramento de centenas de pessoas é uma ação publicitária que tem por objetivo amedrontar futuros manifestantes contrários a “tudo isso que está aí”, como diziam aqueles manifestantes de outrora e que hoje estão no poder. A máquina do “AgitProp” sabe tudo sobre o controle de massas, com mais de um século de experiência acumulada desde Lenin. Cabe a indagação que ainda não tem resposta: quem convocou e pagou o deslocamento de milhares de pessoas de todo Brasil para Brasília e sustentou essa gente toda numa demonstração de capacidade logística invejável? Cherchez l’argent!
    Um planejamento de tirar o chapéu, executado com mestria e envolvendo todos os níveis do estamento político/militar/judiciário (o Poder estabelecido), com participação de apparatchiks infiltrados entre os inocentes úteis vestidos com a camiseta da seleção.
    E está tudo dando certo. As manifestações acabaram e camisetas da seleção encalhadas estão sendo vendidas a preço de banana, mas ninguem quer. Red is the New Black.

  26. Paula Francinete Pessoa
    Paula Francinete Pessoa

    É um período negro da nossa história jamais visto no país. É lamentável e revoltante constatar a omissão da OAB, órgão responsável pela defesa dos direitos dos cidadãos e, mais grave, aonde se escondeu o representante dos direitos humanos que assiste silencioso a forma degradante como são tratadas essas pessoas. O STF está envergonhando o povo brasileiro.

    1. Chris Salimena
      Chris Salimena

      Nunca houve “Direito dos Cidadões”, e sim “Direito dos Manos”. Além dos culpados/omissos na matéria FA, OAB, PF vendida, MP, etc não vamos esquecer que os maiores culpados é o Congresso Nacional, principalmente os senadores. Por terem literalmente “rabo preso” nunca tomaram atitude contra Alexandre de Moraes. Essa já chegou a um nível de insanidade que deveria ser afastado.

  27. MB
    MB

    Que vergonha de ser brasileiro. Muita vergonha e raiva. Os telejornais não noticiam o que está sendo perpetrado pelo STF. Revoltante! O que essa gente continua fazendo? Até onde querem ir? Não sentem vergonha do que estão fazendo contra outros brasileiros? Civis protestando em vigília ordeira e terminam punidos com requintes de violência física e psicológica. Vergonhoso!

    1. MB
      MB

      Não há, como apelidam, ‘vandalismo’ que justifique o descrito na excelente reportagem. São Ministros sádicos, covardes e psicopatas.

    2. George Luiz Felippe Barreiros
      George Luiz Felippe Barreiros

      É só o começo! Durante os próximos meses veremos cenas piores, envolvendo também os parlamentares da oposição! Aguardem!

  28. Jair Cosmo Dos Santos Silveira
    Jair Cosmo Dos Santos Silveira

    Não estou conseguindo acessar a revista com estabilidade, toda hora sai do ar as matérias que eu abro.

    1. Assinaturas Oeste
      Assinaturas Oeste

      Jair, boa tarde

      Entraremos em contato hoje para te ajudar com o acesso.

      Atenciosamente,

      Revista Oeste

      1. Rodrigo Antonio Barbosa Lobo
        Rodrigo Antonio Barbosa Lobo

        É vergonhosa a atuação da PF, FA, MPF, OAB e associações de juízes. Em breve esses mais de 1 mil presos políticos terão direito a indenizações e quem sabe pensões vitalícias, e quem vai pagar, como sempre, é o afegão brasileiro médio. Já os ministros do STF, Flávio Dino irão rir das suas travessuras.

  29. Kátia Maria Lima
    Kátia Maria Lima

    Lembro qd um homem dizia:” Se a esquerda voltar ao poder, sentirás saudade da liberdade e com ela, a ordem, o progresso, o respeito e a virtude.” Pois lhes digo: o medo não pode sobrepujar a sua dignidade e a vontade d estudar o ponto a q chegamos. Recuar para contrapor a barbárie é abraçar o anti Cristo e dar a liberdade, a algema q hj chamam d tornozeleira eletrônica. Vamos seguir com a garra d um povo brigador por seus irmãos, filhos e ter consciência do mal q nos rodeia. A liberdade é mais q uma opção.

  30. Kátia Maria Lima
    Kátia Maria Lima

    No Estado de Direito, não pode haver um único ser humano que, sem ter cometido crime algum, enxergue em qualquer autoridade do Poder Judiciário um perigo a ser neutralizado pela fuga, pela mudez ou pela rendição incondicional. Numa democracia de verdade, não é assim que funciona.
    Perfeito!

  31. Luiz Felipe Lehman
    Luiz Felipe Lehman

    Não dá para entender como Alexandre de Morais continua como ditador do Brasil sem reação nenhuma das outras autoridades. Alexandre de Morais gostou do poder e vai continuar praticando arbitrariedades e se lixando para a Constituição

  32. Messias Rodrigues Pereira
    Messias Rodrigues Pereira

    Os que estão presos não tem parente, o torgado tem filhos, esposa, mãe, pai. Com ferro fere com ferro sera ferido, ele é dificil eles são mais facil.

  33. Manoela Machado
    Manoela Machado

    sempre brilhante Augusto e e quanta tristeza esta acontecendo na vida dessas pessoas…
    belo artigo parabens aos dois autores

  34. Marcio Antonio Curi
    Marcio Antonio Curi

    Vários absurdos ilegais e anticonstitucionais foram cometidos nos últimos 4 anos do governo federal e continuam agora com maior intensidade.. Os togados nomeados não se conformam em ser servidores públicos e não estão satisfeitos com as estúpidas manobras jurídicas, que poderão levar o país a conflitos inimagináveis. O mal está enraizado nas mentiras e falsidades do governo atual, que não tem o minimo conhecimento de gestão, honesta e democrática, e são adeptos da seita que está sendo plantada na maioria dos países: viver às custas de recursos alheios e se auto denominarem de socialistas. Os brasileiros honestos e trabalhadores vão ter que optar por reagir ou viver como cordeirinhos à mercê de desmandos irracionais e ditatoriais.

    1. Luiz C Queiroz
      Luiz C Queiroz

      Perfeito!

  35. José Sergio do Amaral Mello Filho
    José Sergio do Amaral Mello Filho

    Parabéns aos autores do texto. Embora alguns dos missivistas dos comentários tenham demonstrado um certo receio, creio que o momento é de resistência ao que estamos vendo. Felizmente temos a Revista Oeste e alguns outros orgãos que não nos faz esquecer que resisitir é o único caminho.

  36. FATIMA
    FATIMA

    Um mês depois da barbárie alexandrina/lulista, sigo perplexa.
    Penso todos os dias, quem, e quando, vai conseguir por fim aos danos irreversíveis à população encarcerada sem ter cometido crime algum.😢

  37. Erasmo Silvestre da Silva
    Erasmo Silvestre da Silva

    Augusto, tá de parabéns a revista oeste, enfrentaremos essa política surreal até a morte

  38. Ricardo Godoy
    Ricardo Godoy

    Sinto vergonha de tudo isto,e mais envergonhado do amontoados de Melancias que se diziam protetores do povo.Que a justica divina bata realmente nestes inescrupulosos que deixaram o Brasil a deriva.Quando eles se olharem no espelho,sintam na almo a destruicao que fizeram a varias familias inocentes.Onde estiverem escondidos,que a divindade os achem e lhes deem um final de lembrancas bem forte.

  39. Maria do Rosario de Castro Solla
    Maria do Rosario de Castro Solla

    Dizem que a semeadura eh livre mas a colheita eh obrigatoria, entao a colheita de certas pessoas sera bem proveitosa, para quem sera que vao vender tantas urtigas

  40. ALCINDO MILHORANÇA JUNIOR
    ALCINDO MILHORANÇA JUNIOR

    O Brasil acabou…Não existe governo, a corrupção tomou conta… Não existe Forças Armadas, a covardia tomou conta… Não existe justiça, são todos ditadores…E daqui a pouco não existirá mais o povo…O medo tomou conta…

  41. R.F. Nobre
    R.F. Nobre

    Sugiro alterar nos Dicionários de Português, informando o atual siginificado da palavra democracia, usado pela esquerda.

  42. Maria Regina Costa Cruz Fonseca
    Maria Regina Costa Cruz Fonseca

    O que vivemos no Brasil de hoje é um arremedo de democracia.

  43. Juarez_xyz
    Juarez_xyz

    Infelizmente, essa mancha em nossa democracia jamais será apagada. Nossa inJustiça cometendo crimes no atacado. Quem os fará parar?

  44. Rita Oliveira Almeida
    Rita Oliveira Almeida

    É tudo tão surreal. Vi Nicarágua, da Brasil Paralelo, Brasil indo pelo mesmo caminho.

  45. Eliane Nascimento Gonçalves
    Eliane Nascimento Gonçalves

    Parabéns!

  46. Juan Pablo Fabro da Cruz
    Juan Pablo Fabro da Cruz

    Não vamos esquecer!

  47. Cezar Medina
    Cezar Medina

    Brilhante reportagem, perfeita clara e muito bem escrita. Parabéns.
    Depois de muitos anos voltei a assinar uma revista a última tinha sido a Veja dos bons tempos.
    A verdadeira informação voltou a ser escrita.

  48. Alberto
    Alberto

    O Brasil que presta exige saber qual foi a atitude do Carniça Maldito e do pederasta Dino com a infiltrada Priscilla, maior responsável por tudo o que aconteceu no 8 de janeiro ( claro, a mando do Carniça e do Dino?

  49. Rafael Brasil Pereira Filho
    Rafael Brasil Pereira Filho

    A população deveria se manifestar contra essa terrível arbitrariedade. Se prendessem 100 marginais num morro carioca os supostos defensores dos direitos humanos fariam um barulho ensurdecedor. Agora o silêncio, porque são de direita.

  50. Paulo Sérgio Ribeiro Varejão
    Paulo Sérgio Ribeiro Varejão

    Absurda, irrazoável e psicopática a decisão judicial de manter presas quase 1000 pessoas, por conta das infiltrações de esquerdistas que depredaram os prédios em Brasília. Quem ordenou as prisões coletivas SABE que a grande maioria é inocente, mas quer castigar e reprimir o direito dessas pessoas, para impor o medo.

  51. Vera Lucia Marinho Cardoso
    Vera Lucia Marinho Cardoso

    Vergonha do brasil e das instituições falidas. O que nos reserva o futuro?

  52. Humberto José Machado Buarque
    Humberto José Machado Buarque

    Esse foi o maior absurdo já cometido pela justiça brasileira, se é que se pode chamar isso de justiça, o ditador Alexandre de Moraes já passou de todos os limites aceitáveis, ele se considera um justiceiro covarde e frouxo, o dia dele, se Deus quiser, vai chegar e, ele vai pagar muito caro por todas arbitrariedades que cometeu e vem cometendo contra o povo de bem deste país, o reinado desse canalha vai ter um fim trágico, é só esperar.

  53. JAMIL HALLE NAJM
    JAMIL HALLE NAJM

    Simples, estamos em plena ditadura.

  54. Alessandro Nogueira Silva
    Alessandro Nogueira Silva

    Apenas torço para que passe rápido – em 4 anos – esta fase de puro obscurantismo no qual se meteu o brazil, a “press”tituta incluída, uma fase na qual o país se viu dividir em duas torcidas igualmente fanáticas e acéfalas em torno de duas figuras boçais, dois sujeitos repugnantes, dois pusilânimes sem a menor noção de decoro. Que em 2026 as seitas petralha e bozista se imolem tal qual os seguidores de Jim Jones e nos deixem em paz.

  55. José Carlos Lacerda de Souza
    José Carlos Lacerda de Souza

    Belissimo, esclarecedor e triste artigo Nos esclarece como tentam nos ameaçarmos intimidarmos, sem respeitar a nossa constituição. A mensagem final é imposição do medo, o silêncio e a imobilização total. Me parece que esse filme atual, teve suas raizes numa Alemanha nazista…. Pergunta-se como reagir ou como deveremos nos moldar a essa nova realidade . Revista Oeste , nos oriente uma solução , nós brasileiros estamos órfaos.

  56. David Peixoto Sampaio
    David Peixoto Sampaio

    Temos a sensação de que o ministro Alexandre de Moraes e quem o acompanha vive uma espécie de OBSESSÃO AUTO DESTRUTIVA, infelizmente não percebe que isso está fazendo mal para a população inteira do Brasil.

  57. Daniela de Azambuja Machado
    Daniela de Azambuja Machado

    Ás vezes tenho a sensação de estar vivendo em um mundo no qual eu ainda não tinha percebido que existia , talvez tenha vivido até então em uma “bolha”… e agora fora dela percebo que estamos totalmente à deriva , é inacreditável o que estamos vivendo , fico pensando como será contada esta história no futuro. Vivemos em um país “livre” onde a nossa liberdade foi roubada , confiscada ,abocanhada ….

  58. Flávio Figueiredo de Andrade
    Flávio Figueiredo de Andrade

    ATÉ TENHO ARREPIOS EM SABER QUE A NOSSA JUSTIÇA ESTÁ AGINDO DESTA MANEIRA.
    PARECE UM FILME DE TERROR ONDE INOCENTES SÃO SUBMETIDOS A ESSA TORTURA PSICOLÓGICA SÓ POR DISCORDAR DO GOVERNO ELEITO E SÃO ACUSADOS DE SEREM TERRORISTAS.
    É UM FILME DE TERROR QUE AMEAÇA A NÓS TODOS

  59. Osmar Martins Silvestre
    Osmar Martins Silvestre

    Caro Augusto Nunes, como excepcional jornalista que é, lembrou-se de ouvir as vítimas da Nova Democracia e relatar o que se passa com elas, como pessoas honestas que são. É inacreditável que aquele povo brasileiro das músicas consagradas, como a Aquarela do Brasil, por exemplo, já não existe mais, há décadas. Aquele povo alegre, hoje é triste, aquele povo que fazia amizades com facilidade, hoje denuncia, se alegra com a má sorte de outros, mais do que seu próprio sucesso, que nunca existe. A crise moral que se abateu sobre o nosso povo, não acabará mais. O Brasil da Nova Democracia é outro. Aquele Brasil Brasileiro, não renascerá das cinzas. Parabéns e obrigado, caro Augusto. Talvez alguém com autoridade leia seu comentário e se conscientize do mal que fez.

  60. Dalva da Silva Prado
    Dalva da Silva Prado

    Disse Niemayer: “projetar Brasília para os políticos q vocês colocaram lá, foi como criar um lindo vaso de flores prá vocês usarem como pinico. Hoje eu vejo, tristemente, que Brasília nunca deveria ter sido projetada em forma de avião, mas sim de Camburão”.

  61. Renato Borges Fagundes
    Renato Borges Fagundes

    O que podemos esperar de uma sociedade sem lei? Pergunto onde estão os juristas que não se manifestam contra estes desmandos?

  62. Antonio Carlos Neves
    Antonio Carlos Neves

    Augusto, que tal assumir a TV cultura para voltar a fazer um jornalismo verdadeiro e um Roda Viva informativo e lucido?. Afinal agora temos Tarcísio de Freitas no governo de São Paulo. Fala com ele, porque assim teremos a revista oeste, tv cultura, gazeta do povo para fazer um jornalismo decente.

  63. Maria do Carmo P
    Maria do Carmo P

    VERGONHA !

  64. Pedro Muniz Balby
    Pedro Muniz Balby

    A capa dessa semana da Oeste me deu mais um bom motivo para assinar a revista.
    Voces são o único órgão de imprensa a tratar da barbárie a que são submetidos nossos bravos patriotas inocentes.

  65. João Batista Ferreia Junior
    João Batista Ferreia Junior

    Há muito para ser explicado nessa história que se mostra uma grande farsa. Vários órgãos do governo foram avisados da possibilidade de haver atos violentos com dois dias de antecedência e o que fizeram? Enfraqueceram a segurança no lugar de reforçá-la. Pessoas preparadas e com conhecimento das instalações dos prédios foram os principais praticantes de vandalismos e não se tem notícia que estejam presas. Encarceramento em massa de pessoas sabidamente inocentes com que propósito? O principal interassado em uma CPI foge dela que nem o diabo da cruz com argumentos patéticos. Possibilidade de que pessoas já estivessem dentro dos prédios invadidos antes dos atos começarem. De fato muito para ser esclarecido.

    1. Joel Luiz Oliveira Rios
      Joel Luiz Oliveira Rios

      O congresso Nacional não pode em hipótese nenhuma deixar de realizar a CPI dos atos de 08 de janeiro de 2023, sob pena de se tornar cúmplice dos que participaram das destruições, como também das possíveis falhas daqueles que como autoridades responsáveis pelos prédios públicos ausentaram-se deste dever de ofício, causando grande prejuízo ao patrimônio público, sobretudo com as consequências das prisões e responsabilizacões por prática de crimes por pessoas idosas que protestavam pacífica e democraticamente nas portas de quartéis na praticando em absoluto, nada que se caracterizasse como crime dentro do que estabelece nossa constituição, seguindo opiniões de renomados juristas brasileiros a exemplo do professor Ives Gandra. Infelizmente serão páginas negras na história do povo brasileiro, desconsiderado pelas instituições justiça, políticos e forças armadas, caríssimas para a sociedade a fim de defendê-la via CF, mas ao contrário, nos humilha, prende, debocha de tudo e de todos. Brasileiros e autoridades que pertencem à estas instituições da República, o que diremos aos nossos filhos e netos no futuro por tamanha falta de patriotismo e inominável covardia em não defender a CF, rasgando-a por interesses escusos, causando traumas e decepções nunca antes visto neste país. Os covardes de agora certamente mentiroso pra seus descendentes, mas os historiadores revelarão a verdade. Os que têm caráter, vergonha, amor e compromisso com a Pátria, lamentam e choram tamanha frouxidão, prefeririam não terem nascido a serem covardes e lesa Pátria. Mas aqui se planta, aqui se colhe, sendo que a colheita é obrigatória.

  66. Teresa Guzzo
    Teresa Guzzo

    Gente,isso é um campo de concentração em Brasília em pleno século vinte e um . Histórias de vida que foram interrompidas apenas por expressarem seus desejos e opiniões. Agora façam um L bem grande.Acho que todos os leitores da Revista Oeste sabem bem o significado de um campo de concentração e o que lá acontece.Excelente artigo.

    1. Pedro Muniz Balby
      Pedro Muniz Balby

      A capa dessa semana da Oeste me deu mais um bom motivo para assinar a revista.
      Voces são o único órgão de imprensa a tratar da barbárie a que são submetidos nossos bravos patriotas inocentes.

  67. Daniel BG
    Daniel BG

    Senador Rodrigo Pacheco, você dorme bem? Caso afirmativo, trata-se de um perigoso bandido psicopata.

  68. Rubens Mário Mazzini Rodrigues
    Rubens Mário Mazzini Rodrigues

    Essa situação é tão absurda revoltante que é difícil encontrar palavras para expressar a indignação diante disso.

  69. Galeno José de Moraes
    Galeno José de Moraes

    Alguém aí leu mein kampf, minha luta de Adolf Hitler? Salvo um possível engano, foi assim que começou os tempos muito sombrios do século XX na Europa.

  70. Luiz Antônio Alves
    Luiz Antônio Alves

    O Alex sabe tudo o que é publicado e postado aqui. Como o Lula, já é um ditador enão um iniciante. Data venia, até eu conheço uma pessoa idosa que está presa lá e até pediu para alguns mascarados não quebrarem nada. Ele foi lá só para protestar. A irmã dele nem foi na praça, ficou no acampamento preparando lanches… e ficou presa por atos de vandalismo… Um dia os déspotas se enforcarão na própria forca.

  71. Carlos Rogério Barleze
    Carlos Rogério Barleze

    Nunca, nos meus 79 anos de vida, incluídos aí, 4 em Brasilia( 61/64) vi tanto ativismo político de uma Suprema Corte, que , através de seu encarcerador geral da República, Alexandre de Moraes – virou acusador e julgador de pessoas sem foro privilegiado.A história julgará seus atos e dos demais.

  72. Eduardo Alves Belisário
    Eduardo Alves Belisário

    Inacreditável 🤐

  73. Alice Gouvêa Alves da Silva
    Alice Gouvêa Alves da Silva

    Convido vocês a assistirem um pequeno documentário feito no Camboja, feito por um brasileiro. O que um masoquista ditador chamado Pol Potty, fez e até hoje, pouca gente sabe o que acontecia naquele lugar.

  74. Alice Gouvêa Alves da Silva
    Alice Gouvêa Alves da Silva

    Muito triste e lastimável. Essas pessoas estarão marcadas para sempre. Mas meu consolo é que, o ditador dessa imoralidade jamais será esquecido pela nação brasileira e nós não podemos deixar de falar para nossa futura geração que vivemos uma ditadura camuflada e um ser desumano que destruiu vidas inocentes.

  75. Victor
    Victor

    República Federativa do Nordeste do Brasil, cuja capital é Salvador, presidida pelo senhor inácio, precisa dar explicações a respeito. Só ganhou por lá.

  76. LUIZ GONZAGA
    LUIZ GONZAGA

    A CF começou a ser violada em 2016 quando Lewandowisk, junto com um congresso acovardado, preservou os direitos políticos da ‘presidenta’. De lá para cá os ataques foram se intensificando e os iluministros foram ficando mais ousados.
    Os abandonados de 08/01 são invisíveis principalmente para aquela sopa de letrinhas que estava sempre em evidência defendendo figuras que não podem ser mencionadas.
    Só pra lembrar: OAB, ABI, CNJ, DPU, CNBB, ABERT e UNHRC, onde estão?

    1. Mara Nadia Jorge Mattos
      Mara Nadia Jorge Mattos

      Inacreditável vivemos regime ditatorial. Moraes e
      esse governo nefasto só praticam o mal p a sociedade. Corja de bandidos. OAB, MPF tds calados, um STF de togados sujos q afrontam o povo brasileiro. NOJO

  77. José Luiz Moraes Passos
    José Luiz Moraes Passos

    República brasileira do Crime Organizado. Novo nome do ex Brasil.

  78. Decorozo Ortiz De Lima
    Decorozo Ortiz De Lima

    Faço a mim, sus sábias palavras …

    1. Decorozo Ortiz De Lima
      Decorozo Ortiz De Lima

      … suas …

  79. Antonio Carlos Neves
    Antonio Carlos Neves

    O que Michel Temer tem a dizer? E o tal FHC aquele envaidecido “estadista”? E o extremamente religioso, liberal, conservador e “democrata” Alckimin, como se sente? E aquela cambada dos direitos humanos da OAB, esqueceram a CF?. Estariam calados se a instituição mais respeitado até recentemente pelos brasileiros, fizessem o mesmo?

    1. Antonio Carlos Neves
      Antonio Carlos Neves

      O que Michel Temer tem a dizer? E o tal FHC aquele envaidecido “estadista”? E o extremamente religioso, liberal, conservador e “democrata” Alckimin, como se sente? E aquela cambada dos direitos humanos da OAB, esqueceram a CF?. Estariam calados se a instituição mais respeitado até recentemente pelos brasileiros, fizessem o mesmo?

  80. José Rubens Medeiros
    José Rubens Medeiros

    Um dos grandes ou grandíssimos problemas geradores e fomentadores da corrupção em geral e especificamente dos políticos no Brasil são os ELEITORES.

    O Código Eleitoral deveria urgentemente ser alterado para proibir de votar aqueles eleitores que fossem usuários de drogas ilícitas como cocaína, crack, maconha, simplesmente porque eles não reúnem lucidez ou capacidade mental ou mente sadia para optar por esse ou por aquele candidato, para discernir entre o incorreto e o justo. Por outro lado, também os eleitores que tivessem antecedentes criminais, ou seja, condenação por ilícito penal em segunda instância, seriam proibidos de exercer o direito de voto.

    Com essas providências oficializadas e adotadas através de lei, haveria uma verdadeira revolução neste país, no melhor dos sentidos.

    1. Osmar Martins Silvestre
      Osmar Martins Silvestre

      O que acontece quando as decisões são tomadas por pessoas que não foram eleitas? Onde fica a culpa dos eleitores?

      1. José Rubens Medeiros
        José Rubens Medeiros

        Também aí a culpa é exatamente dos ELEITORES, na medida em que os ELEITOS pelo voto (Deputados e Senadores) é que deveriam fiscalizar e CONTER as aloprações daqueles (aos quais você se referiu) que não foram eleitos, usam uma esquisitíssima capa preta nas costas e se entregam aos mais impensáveis delírios e perversidades jurídicas como todas essas às quais temos assistido desde longa data.

  81. Francys Brandenberger
    Francys Brandenberger

    Uma vergonha o destrato da justiça com os cidadãos e a soberba dos que se sentem acima da lei. O devido processo legal deve seguir os ritos e culpar quem realmente cometeu vandalismo.

  82. Joelson Bagnara
    Joelson Bagnara

    Infelizmente não estamos em um estado democrático de direito, mas numa ditadura da toga.

  83. maisvalia
    maisvalia

    Impeachment do ditador imoraes já e fora Luladrão

  84. Flávio dos Santos Cardoso
    Flávio dos Santos Cardoso

    Isso é tortura! Isso é muito grave!

  85. Luzia Helena Lacerda Nunes Da Silva
    Luzia Helena Lacerda Nunes Da Silva

    Reportagem magnífica.
    Que jornalistas independentes batam na mesma tecla, toquem o mesmo disco arranhado, repitam o mesmo mantra todo santo dia: “Há pessoas presas ilegalmente em Brasília” – e falem 20 nomes dos 916 por dia até falar o nome de todos. Depois, repetem novamente, até serem libertados. E os parentes devem ir com cartazes que mostrem foto e nome do preso para a frente da rádio, ou praça, ou igreja de sua cidade. Há que se dar visibilidade aos injustiçados presos. Ou serão deixados ao deus dará???

  86. Antonio Marcos Galimberti
    Antonio Marcos Galimberti

    Nessa “altura do campeonato” a polícia já conhece TODOS que estão ali, já sabem que tem antecedentes criminais ou não, liberar aqueles que nada têm com os atos de vandalismo, e abrir processos criminais para os que realmente cometeram o quebra quebra e liberar também. Não faz sentido isso !!!

  87. Maria Izabel
    Maria Izabel

    Sinto vergonha do Brasil ao ler esse artigo. Nasci na ditadura e pelo jeito vou morrer em outra ditadura. Ja desisti do Brasil faz tempo, mas no fundo ainda esperava que o nosso futuro chegasse. Nao me considero bolsonarista, nem lulista e nenhum desses istas. Ver o silencio da OAB talvez seja mais grave que a truculencia do STF. Os advogados aceitarem que a OAB fique em silencio diz tudo sobre o Brasil. Politicos covardes, advogados covardes, jornalistas covardes. Que golpe esses manifestantes deram!! Me parece que o outro lado deu seu golpe.

  88. Patricia Ventura
    Patricia Ventura

    Cadê os Direitos Humanos? ah sim, eles só atendem esquedistas…

  89. ROBERTO MIGUEL
    ROBERTO MIGUEL

    maravilhoso artigo, somente nas piores ditaduras como cuba e coreia do norte existe esse tipo de prisão. o nosso STF nos igualou a essas ditaduras. constituição para que?, se o que vale é a vontade de um sinistro.

  90. DONIZETE LOURENCO
    DONIZETE LOURENCO

    A uns 20 anos atrás ouvi de um médico em Curitiba que instituições e poderes no Brasil tinham dono. Na época não entendi o que ele queria dizer mas hoje está claro. O Brasil pertence ao Luladrão que deseja a todo custo que o BC atenda sua neurose obsessiva em baixar a taxa SELIC que é instrumento de controle monetário consagrado mundialmente. O Senado pertence ao Pacheco para atender a demanda dos seus comensais. Na Câmara com a reeleição de Arthur Lira o país perdeu mais uma oportunidade de renovação, por falta de candidatos com musculatura para concorrer ao pleito. No STF um silêncio sepulcral de 10 (sinistros) integrantes e o país tentando conviver com a ditadura jurídica de um homem só. Com estes acontecimentos pulverizados a estados e municípios temos o caos jurídico e institucional que levaremos muito tempo para desatar os seus nós.

  91. ANTONIO MARCOS MARTINS DE ANDRADE
    ANTONIO MARCOS MARTINS DE ANDRADE

    Isso é o maior absurdo que eu já vi nessa democracia de araque. Essas pessoas merecem uma indenização gigantesca do estado. Não fizeram nada. Um absurdo que acaba com qualquer vontade de se manifestar nesse estado patético que virou o Brasil. Todos são culpados. Imprensa, Estado, Polícia, Nós……vergonha do Brasil

  92. Roseli Monteiro Alvarado
    Roseli Monteiro Alvarado

    Sinto um vazio e uma falta de energia vendo tudo isso acontecendo.
    Me nego a acreditar!!

  93. Alexandre Tavares Cerqueira
    Alexandre Tavares Cerqueira

    O poder judiciário brasileiro é um vexame !

  94. Juvenal Campos De Azevedo Canto
    Juvenal Campos De Azevedo Canto

    PARABÉNS PELO ARTIGO
    NÃO EXISTE MAIS JUSTIÇA NO BRASIL E SIM UM BECO. A AUTORIDADE APANHA UM INDIVIDUO NA RUA, BATE, ACUSA, JULGA E MATA NO BECO. A PROPOSITO VALE APENAS ASSISTIR UM FILME EPÍLOGO DE UMA SENTENÇA, EM INGLES THE TATTERED DRESS COM JEFF CHANDLER 1957, ONDE O ACUSADO QUE É ADVOGADO MOSTRA A DIFERENÇA ENTRE A JUSTIÇA E O BECO.RETRATO FIEL DOS DIAS DE HOJE. EM 1968, AS AUDITORIAS MILITARES DISPONIBILIZAVAM OS AUTOS PARA OS ADVOGADOS DEFENDEREM OS ACUSADOS QUE PARTICIPARAM DAQUELE ENCONTRO NA UNE.BASTA CONSULTAR O ARQUIVO DO STM.

Anterior:
Augusto Batalha, locutor: ‘Minha mulher deu chineladas no monstro do parque’
Próximo:
Carta ao Leitor — Edição 217
Newsletter

Seja o primeiro a saber sobre notícias, acontecimentos e eventos semanais no seu e-mail.