Fernando Henrique Cardoso, Renan Calheiros e Gilmar Mendes
Fernando Henrique Cardoso, Renan Calheiros e Gilmar Mendes | Edição de arte / Revista Oeste

Lula e as más companhias

Por pior que você seja, sempre há espaço para piorar quando certas pessoas passam a ser a sua turma

Procura-se desesperadamente na mídia, nas classes intelectuais e no Brasil civilizado, equilibrado e distante dos extremos, o candidato milagroso que vai ocupar a cadeira do “centro democrático” nas eleições para a Presidência da República em 2022; esse santo terá de arrumar uns 70 milhões de votos, ou coisa parecida, e salvar o Brasil de mais quatro anos com Jair Bolsonaro. Enquanto isso, continua intacto, e cada vez mais intacto, o problema real dessa história toda: o único candidato que pode vencer Bolsonaro é Lula. É melhor, portanto, já ir se acostumando. Como disse certa vez o ex-governador Leonel Brizola, vai ser preciso engolir de novo o “sapo barbudo”, com Lava Jato e tudo. O ex-presidente Fernando Henrique, por exemplo, já prometeu que vai engolir.

Quem mais, além dele? É o que será descoberto no decorrer da narrativa, mas desde já está claro que Lula, uma vez enterradas as ilusões do Brasil “democrático” e do seu candidato de “centro”, vai fazer um arrastão nesse pesqueiro todo. É a velha história, diria Lula: “Ruim comigo, pior com ele”. E é justamente aí, nessa rede em que vem de tudo, que Lula terá de prestar atenção durante a sua campanha — aliás, já está prestando. Lula, que raramente se esquece de dar prioridade a seus próprios interesses — e se comporta por fora como o homem que realmente é por dentro —, está pouco ligando para as virtudes de quem vier para o seu lado. Fernando Henrique é bom ou ruim? Para ele, tanto faz. Mas Lula se importa, sim, com os prejuízos que seus admiradores possam lhe causar. Por pior que você seja, sempre há espaço para piorar quando certas pessoas passam a ser a sua turma.

Lula quer voto, não quer amigos — e por isso não vai ficar exibindo em público gente empenhada em salvar o Brasil, a democracia e a felicidade geral da nação, mas que não é capaz de ajudar naqueles 70 milhões citados acima. Ao contrário: sem falar nada, e principalmente sem fazer nada pela frente, ele vai tratar, isso sim, de se livrar da aglomeração já formada ou a se formar em torno dele. É melhor não ser visto em certas companhias, não é mesmo? Renan Calheiros, por exemplo: como Lula, ou mesmo um gênio da política, poderia ganhar alguma coisa sendo visto ao lado de Renan Calheiros? Ele é hoje o autonomeado líder da oposição no Brasil; é o lulista-chefe para 2022, aparece mais do que qualquer político do PT e se tornou herói da mídia. Mas Lula, se pudesse, faria de conta que nunca viu Renan em toda a sua vida.

E o ministro Gilmar Mendes, então? Gilmar é o próprio pesadelo para um candidato à Presidência da República, ou a qualquer outro cargo público ou privado. Já imaginaram ele e Lula, juntos, no mesmo palanque? Ou num comercial para o horário obrigatório na televisão? É claro que Lula não vai deixar, e ninguém vai nem tentar um negócio desses, mas também é indispensável que Gilmar fique quieto — ele, o colega Fachin, o companheiro Toffoli e mais um monte de gente. O ministro é outro nome que encanta os jornalistas; será que vai ficar dando declaração? Lula precisou de Fachin, de Gilmar e do resto do STF para se livrar da justiça penal brasileira e da sua condenação, em terceira e última instância, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Mas agora, com toda a certeza, não precisa de mais nenhum deles — sobretudo em sua campanha. O melhor que qualquer ministro pode fazer por ele é se fingir de morto. Ou, como poderia dizer o ex-presidente: “Me esqueçam”.

O que poderia ser pior do que uma Dilma Rousseff?

Lula não disse nem um “muito obrigado” a Fernando Henrique, e não vai dizer; não retirou uma palavra da abjeta acusação que o seu quintal fez, anos atrás, a dona Ruth Cardoso, falsificando “documentos” contra ela, nem voltou atrás na invenção de que recebeu uma “herança maldita” do antecessor. Também fica de boca fechadíssima diante dos imensos presentes que recebeu do STF; finge que nem conhece os ministros. Da mesma forma, vai tentar chegar até o dia da eleição sem assinar nota promissória para ninguém. Lula sabe que são os Renans & Cia. que precisam dele, não o contrário. Sabe que Bolsonaro é um problema para eles, os Renans, que têm horror diante da perspectiva de ficar mais cinco anos e meio fora do governo e do universo bolsonarista — não é problema nenhum para ele próprio, Lula, que pouco se importa com quem está na Presidência da República, ou com os altos destinos da democracia no Brasil. Quer ser o presidente, só isso; se não for ele, está pouco se lixando se for Bolsonaro, o Zé ou o Mané.

Enquanto os cientistas políticos ficam tentando achar, nas mesas-redondas exibidas na televisão depois do horário nobre, o candidato ideal para derrotar Bolsonaro, o candidato da vida real está pensando em como ganhar a eleição. Lula, como em geral acontece, já está lá na frente em matéria de identificar o que é melhor para si próprio. Parece ser o único político brasileiro, até o momento, que contou quantos votos Bolsonaro teve em 2018 e quantos pode ter agora — e sabe que precisa ir atrás desses votos para ganhar a eleição. Lula não quer brigar com os eleitores do presidente. Ele sabe que não é demonstrando ódio de Bolsonaro que alguém vai conquistar os eleitores de Bolsonaro. Se pudesse, falaria o mínimo possível do adversário — como, aliás, tem feito. A imprensa, a elite e as classes intelectuais, sem contar os candidatos a candidato centrista, já falam mal o suficiente; por que ele, Lula, iria se meter num serviço que outros estão fazendo?

Lula, naturalmente, pode mudar de rumo — se sentir, com ou sem razão, que vai ter mais lucro mudando de rumo. Pode, daqui a pouco ou durante a campanha, escalar Bolsonaro como o satanás número 1 do seu palanque e do seu programa de TV. Também é certo, de um jeito ou de outro, que pode errar. Lula já cometeu erros políticos de arrasar quarteirão. O que poderia ser pior do que uma Dilma Rousseff, o maior atraso de vida que alguém conseguiria arrumar para si próprio e para o Brasil? Se já errou numa coisa desse tamanho, pode, é claro, errar de novo. De qualquer maneira, tomando-se o panorama visto de hoje, oposição é Lula — e, querendo ou não, quem exige um país sem Bolsonaro em 1º de janeiro de 2023 vai ter de se contentar com ele. O resto é miragem.

Leia também “O golpe do candidato moderado”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

45 comentários Ver comentários

  1. A soltura do Lula foi a “bala de prata”. Por isso
    TEM que haver voto auditado !!!

  2. A imprensa velha contra o Brasil! A Globo também nunca assisti mais seu jornalismo.

  3. A população mais esclarecida (maioria) saberá escolher o “menos pior”, evidentemente, nosso atual presidente.

  4. Gente, lendo o texto acima eu me lembrei do filme Alien: o oitavo passageiro. A cena em que o abdome daquela tripulante vai estufando, estufando e de lá sai uma criatura que foge a esconder-se pela espaçonave e, depois, passa a atacar nas sombras. Que arrepio!

  5. …usando as palavras do próprio Lula… “temos um STF TOTALMENTE ACOVARDADO e pelo menos uma MINISTRA DE GRELO DURO “…. acertou em cheio ! Um STF tão acovardado que “COME NA MÃO DO ZÉ “….!!! ato final da ópera: Lulla LIVRE !

  6. Caríssimo Guzzo, entendi perfeitamente seu artigo. Dirige-se aqueles que, na busca do tal “candidato de centro”e no repúdio ao Bolsonaro, se esquecem que não há candidato de centro nem de nenhum outro quadrante que possa fazer frente ao Bolsonaro nas próximas eleições. Portanto, rejeitar Bolsonaro significa, realisticamente, aceitar que o Lula volta. Brilhante, e infelizmente verdadeiro. Como sempre, grata pela lucidez.

  7. Trabalho com transportes e viajo o Brasil inteiro, digo: Lula só ganha essa eleição na fraude. Mas nisso, eles são craques!!

  8. A Bíblia traz escrito: “AS MÁS COMPANHIAS CORROMPEM OS BONS COSTUME”!
    O homem traduziu:”Diga-me com quem andas e direi quem tú és”!
    Bolsonaro tem como núcleo confiável o Gen. Heleno, os Ministros Tarcísio e Paulo Guedes por exemplo.
    Lula, tem nos comparsas de fé e coragem Zé Dirceu, Genuíno e Dilma seu esteio.
    Mas as esquerdas não se esquivam de anunciar parceria……, fhc, dória, calheiros, gilmar mendes, facchin, weber, freixo, requião, aziz, tarso genro, e outros tantos menos íntimos mas igualmente embuídos no anti-conservadorismo testarão suas capacidades de influencer…..
    Acho que muito ainda vai acontecer, mas a patrulha esquerdista estará unida e disposta a fazer todo trabalho sujo necessário, o supremo está aí pra isso mesmo!

  9. Querer Lula novamente como presidente do Brasil é desejar o caos, o retorno da roubalheira e o fim da nossa frágil democracia.

  10. Esquerdismo é uma patologia ! ( Não ideologia politica)
    Esquerda defende e proteje canalhas, ladrões e falsos. Eles assumem bandiddos favoritos.
    Até hoje estes sujeitos ainda elogiam FIDEL, MAO E MARX , STALIN .

  11. Parabens a Ney Pereira. Também acho que Guzzo deu uma derrapada. Só faltou mesmo elogiar o Nove Dedos. Que a Oeste lhe dê um “puxão de orelhas”.

  12. Gosto muito dos textos do Guzzo, as vezes me desperta lembranças do velho amigo Enio Mainardi ( que diferente do que o pulha do filho diz, morreu de cancer…).
    A lembrança ocorre pela retidão e opiniao clara, sem estar sobre qualquer muro, tem posiçao e a defende do destreza ( de muitas não compartilho, mas essa é a beleza da democracia..)
    No mais nos resta aguardar, no quadro que segue mantenho meu voto…e ele segue o do relator…

  13. Tá vendo aí acima Guzzo, a confusão que aprontou? Mas, gosto da diversidade das opiniões dos leitores, algumas me fazem entender a cabeça de escritores e roteiristas de filme de ficção. Parabéns pelo artigo!

  14. IMAGINE O ELEITOR DO PT, PSOL, REDE ,PV, PC DO B,PDT. E OUTROS PUXADINHOS OU SÃO DESINFORMADOS OU MAMARA ESTÃO MAMANDO EM ALGUM PARTE DO SERVIÇO PÚBLICO OU SÃO MAU CARACTE OU MASOQUISTA.POIS SE ESSA TURMA UM DIA CONSEGUIR DOMINAR O BRASIL AOS MOLDES DE CUBA , NICARAGUA OU VENEZUELA VOCÊS OU SERÃO MORTOS, POIS ELES CRIA UMA OUTRA ELITE DOMINANTE PARA DAR SUPORTE AO PROPRIO GOVERNO, OU IRÃO PARA PRISÃO POIS VÃO RECLAMAR E ELES NÃO ACEITAR ACEITARÃO, OU IRÃO PARA EUROPA OU ESTADOS UNIDOS.ENTÃO EU NÃO POR QUE NOS TEMOS EXEMPLOS DO NOSSO LADO ARGENTINA, VENEZUELA, ETC.. E O QUE FAZ PENSAR QUE SERÁ DIFERENTE NO BRASIL OU SEJA VOCÊS ESTÃO CONFIANTE EM UMA MENTIRA, QUE É O QUE A ESQUERDA FAZ E O FAZ MUITO BEM.PREFIRO O BOLSONARO QUE FALA O QUE QUER E QUE POS MINISTROS BONS EM CADA PASTA. AGORA IMAGINA O TANTO DE MAFIAS QUE OS MINISTROS DE BOLSONARO NÃO ESTÃO ENFRENTANDO.A ESQUERDA MAMANDO E ROUBANDO O NOSSO PAIS PARA DAR DINHEIRO AOS OUTROS E SENDO QUE AQUI NESCESSITAMOS. LULA PODERIA TER INVESTIDO EM DUPLICAÇÃO DE ESTRADAS, RODOVIAS, FERROVIAS, PORTOS AEROPORTOS.MAS FOI CONSTRUIR ESTADIOS TIRANDO DINHEIRO DA SAÚDE , DA EDUCAÇÃO E QUASE DESTRUIU A NOSSA SEGURANÇA OU VOCÊS NÃO LEMBRA QUE A BANDIDAGEM ESTAVA TOCANDO TERROR. QUANDO BOLSONARO ENTROU DIMINUIU MUITO A VIOLÊNCIA E SÓ NÃO DIMINUIU MAS POR CAUSA DO STF E ALGUNS DEPUTADOS QUE APOIA A BANDIDAGEM. ENTÃO PREFIRO O BOLSONARO DO QUE O MOLUSCO. A PTRALHADA PIRA COM SUCESSO DO CAPITÃO .

  15. Gostaria de dizer que não é nada disso, mas acho que é isso aí. Eu tenho defendido muito o voto auditável, na crença de que o bom-senso prevalece e, sendo honesta a apuração, não haverá chance do mega-corrupto voltar ao poder. Mas há uma pedra no meio desse caminho, e ela se chama STF, o mais poderoso aparelho lulista existente. Lembrem que nos EUA, a possibilidade de auditoria não salvou Trump da derrota pois as auditorias foram, em muitos casos, impedidas ou prejudicadas pela própria justiça. Barroso já deu esse recado. Tudo bem que lá isso é descentralizado pelos Estados, mas aqui não será muito diferente disso. Foram muitas décadas aparelhando instituições. Lula, hoje, raramente é visto ou citado na mídia, mas se transformou em uma “força histórica” irresistível. Só será impedido se alguém (conseguir) virar a mesa. Não vejo ninguém (civil ou militar) com capacidade para empreender isso, principalmente diante da pressão externa (leia-se China, América socialista e União Europeia socialista), que já derrubou importantes ministros do governo conservador. Só quem poderia intervir num cenário desses é o povo, o “poder originário”, mas até isso, aqui, é apenas uma ficção pra deixar a Constituição “bonitinha”. “… Todo o poder emana do povo…”, só que não. Todo o poder emana da urna eletrônica infraudável do Barroso, e ponto final..

  16. O povo jamais esquecerá que o Demiurgo não passa de um bandido que passou por uma engendrada lavagem de reputação.
    O resto é miragem.

  17. Talvez o ex-presidiário esteja contando com eventuais fraudes no processo eleitoral para sua eleição. Ele finge que não conhece ministros e certos políticos e a imprensa, certos intelectuais e parte da elite fingem que esses ministros e políticos estão preocupados com o País, com a democracia, “que está em risco” e em “salvar vidas”. Mas, na verdade, estão todos preocupados com seus próprios interesses.

  18. Gente… Então a culpa é do Bolsonaro… Fala sério!!!

  19. Esse verme não passa de um cadaver insepulto, e quem vai sepulta-lo de ponta cabeça vai ser Bolsonaro!

  20. Se não tivéssemos 11 excrementos atrapalhando o país, o chefinho de 9 Dedos deles ainda estaria em cana!

  21. Então, Guzzo. Talvez o que Bolsonaro disse ontem, apesar de tosco, poderá se realizar. Bolsonaro prefere e “se” as FFAAs aderirem,o “tapetão” do próprio Bolsonaro do que o “tapetao do Lula/STF”. Resta saber de qual lado a maioria dos congressistas ficariam. E não precisaria de quórum qualificado. É necessário só 50% da eficácia da vacina para não sermos a próxima Venezuela tamanho família. Uma Coronavac básica.

  22. VIVEMOS O GRANDE ENGODO DA HUMANIDADE.

    ESTÁ EM MARCHA A MAIOR DE TODAS AS FARSAS DO HISTÓRIA HUMANA.

    ENQUANTO O DISTINTO PÚBLICO É DISTRAÍDO E INDUZIDO POR TODA A IMPRENSA MUNDIAL (INCLUSIVE ESTA, QUE SE PENSA UMA EXCEÇÃO) A MAIORIA POR VIGARICE E POUCAS POR IGNORÂNCIA CULTURAL E INGENUIDADE POLÍTICA, OS “ILUSIONISTAS” DA ESCÓRIA GLOBALISTA MEGALOMANÍACA, EXECUTA SEU GRANDE PLANO DE DOMINAÇÃO MUNDIAL QUE VISA TRANSFORMAR O PLANETA NO MAIOR RESORT PRIVATIVO DO SISTEMA SOLAR, PARA DELEITE APENAS DA CATERVA DELES. INCLUSIVE, COM UM “AJUSTE POPULACIONAL”, “SUPRESSÃO”, “EXPURGO”, ou “GENOCÍDIO” PLANEJADO, JÁ EM CURSO.

  23. Bolsonaro será reeleito no primeiro turno. Dane-se esse demônio Lula.

    1. Espero que a direita vença para que o Brasil consiga sair dos vinte anos de atraso, legado do Lula e os seus PTralhas. Para a próxima eleição a continuidade do Bolsonaro é a melhor opção.

  24. Sim,vai dar Lula e Bolsonaro.Espero para o bem do Brasil que nosso atual presidente vença no primeiro turno,seria gol de placa.

    1. Sra. Tereza, só vence com o VOTO IMPRESSO, que lamento não estar sendo informado pelos idôneos meios de comunicação como a revista oeste, gazeta do povo, jovem pan, sua necessária aprovação até set/21 para evitar a FRAUDE já preparada para 2022. Veja que o ex prisioneiro e ainda condenado LULA, segundo o decadente ESTADÃO de 25/06, (publica em primeira página), pesquisa que LULA tem 49% e Bolsonaro 23%. Não tem vergonha de publicar em letras garrafais assim como de publicar(fakes) editoriais e artigos de celebridades(fakes) que o VOTO IMPRESSO é levado para casa pelo eleitor para comprovar aos caciques políticos que votaram em fulano ou beltrano, conforme art. pg..A2 de 23/04 do Estadão do ex presidente do STF dr. Carlos Velloso. Do Estadão tudo é possível nessa escalada do ódio a Bolsonaro, agora de um ex notável do STF suponho que é clara demonstração que não leu a LEI e portanto divulga informações INADEQUADAS!!!!!

      1. Sim concordo Antônio com voto impresso.Agora essas pesquisas de opinião me dão arrepios, são pesadelos, não consigo confiar.Espero que Bolsonaro possa terminar seus oito anos de mandato, deixando um país melhor.Se me perguntassem hoje o que gostaria de ganhar na vida,diria Bolsonaro vencendo no primeiro turno.Ou até no segundo turno,mas livre de Lula para sempre.

  25. Parabéns, Mestre Guzzo, por mais um texto brilhante, em que traduz o que efetivamente vai ocorrer na próxima eleição presidencial.
    Quem não quer Bolsonaro, terá de votar no Luladrão, e quem quiser que o País continue sem corrupção, terá de votar no Capitão , reelegendo-o.
    É votar em um ladrão ou no tiozão do churrasco que é honesto e está fazendo um bom governo, com falhas, mas sem corrupção e o tal fascismo que muitos pregavam que iria acontecer.

  26. FHC jogou sua biografia na lata de lixo da historia. PSDB = PT

  27. Lamentável saber que só temos estas alternativas. O que Lula fez de mal a este país ninguém conseguirá fazer. Ainda assim, corremos o risco de tê-lo, de novo. Bolsonaro nunca será pior que Lula. Aliás, ninguém supera o maior ladrão do ocidente.

  28. Guzzo, o título é muito bom, “Lula e as más companhias”, já que Lula conhecíamos, mas FHC imaginávamos um estadista, diplomata e sério. Como ex tucano admirava FHC, mas depois de ler seus “diários da presidência”, que entendia apropriados e sinceros para encerrar sua carreira, sai ressuscitado para se juntar a Lula, Boulos e até Jean Willys para derrubar Bolsonaro. Já te escrevi sobre suas confessadas interferências na PF e na imprensa e ninguém comentou ao Moro quando disse que Bolsonaro “queria” interferir na PF e portanto era impossível continuar no governo.
    Guzzo, tenho insistentemente pedido que os meios de comunicação idônea, divulguem o que é o VOTO IMPRESSO, e sua necessária aprovação até set/21 para ser implantado nas acirradas eleições de 2022. Quem vencer com o voto impresso, leva, e evitará graves conflitos sociais de direitistas, centristas ou esquerdistas. Em live na Jovem Pan, Bolsonaro já disse, que se LULA ganhar com o VOTO IMPRESSO, paciência, vai indicar mais 2 ministros no STF.

    1. Caro Antonio Carlos, não dá para levar a sério – no mundo adulto – essa sua confissão de “ex tucano”…give-me a brake (como dizem os americanos.
      FHC um estadista ? quando? por que ideias? por que atitudes ? Deus do céu. A coisa hoje está séria por aqui.
      O que esse artigo do Guzzo está despertando ! É óbvio o estrago que LULA sempre provoca em qualquer ambiente, em qualquer circunstância, entre pessoas de qualquer nível – tipo um “peido” num elevador cheio e em movimento num prédio de mil pavimentos.
      Os armários estão se escancarando e dele saindo figuras de pesadelo.
      Já deu.
      Fui.

      1. Calma Ney, com 75 anos vivi o “mundo adulto” com 2 partidos Arena do Sarney e Paulo Maluf e MDB de Ulisses Guimarães e Tancredo Neves (não era meu parente) que juntava todo esse lixo desdobrado em mais de 20 partidos, e entendi interessante a separação do MDB do Quercia e a criação do PSDB de Montoro e Covas. Agora eu te pergunto, quem você levava a sério no mundo adulto em seu possível passado antigo?
        Vale dizer que convivi pacificamente os anos do regime militar e confesso que sentia muito mais segurança e respeito à Lei e a Ordem que na nossa atual democracia.

    1. Não é possível que alguém com um mínimo de 2 neurônios possa votar num sujeito como lula. Ou é fanatismo ou desonestidade.

  29. Eu quero que alguém em sã consciência me diga agora se existe no Brasil uma pessoa, que fez ou fará o que Presidente Jair Bolsonaro com sua equipe de Ministros
    tem feito pelo Brasil nestes dois anos e meio?

    1. “BELA” MANEIRA – BEM SUBREPTÍCIA – DE TRABALHAR PARA A ESQUERDA !
      NOSSO INTELIGENTE GUZZO PARECE MENOSPREZAR OU SUBESTIMAR SEUS LEITORES.
      REALMENTE É PRECISO TER-SE PRESENTE – EM CADA ESQUINA, EM CADA BECO, EM CADA TEXTO, MESMO OS APARENTEMENTE LÚCIDOS E MORMENTE OS LAVRADOS POR SUPOSTOS AMANTES DAS LIBERDADES – A MÁXIMA, ETERNAMENTE INCONTESTÁVEL – DE QUE A ETERNA VIGILÂNCIA É, SEM SOMBRA DE DÚVIDAS, O PREÇO DA MANUTENÇÃO DA LIBERDADE.
      MAS, COMO PERFEIÇÃO NÃO EXISTE E ESQUERDISMO É REALMENTE UMA PATOLOGIA (nada tem de ideologia politica), SEMPRE SURGEM OS “TROPEÇOS”, OS ATOS FALHOS (como o do Saltitante Senador Randolfe, ocorrido ontem, na CPI do covidão: “estamos aqui para apoiar os depoentes” se referindo a um depoente da confraria dele).
      Aqui, observam-se alguns importantes tropeços – todos sutis, inteligentes, subliminares e profícuos, no melhor estio Paul Joseph Goebbels. Por fraqueza de estômago, cito apenas dois:
      a) O primeiro parágrafo inteiro (embora inteligente, pouco sutil mas, bem subliminar para a maioria dos leitores) e,
      b) BEM MAIS CRIATIVO, SUTIL E INTELIGENTE: “É a velha história, diria Lula: “Ruim comigo, pior com ele”.
      Correndo o risco de parecer arrogante, ouso dizer que esta frase de Guzzo me soou como a marca de Baton na cueca vestida do avesso pelo marido infiel apanhado em flagrante.
      Haja paciência e tolerância para conviver nesse mundo!
      A sordidez e a covardia intelectual andam cada vez mais explícitas. Quem precisa de cinema pornô hoje em dia ?
      O único escape que resta – por enquanto – são os livros físicos, porque nem acredito mais nos e.books, haja vista a origem cibernética da edição deles.
      Vou ficar por aqui, por absoluta “falta de saco”.
      Uma última coisa que me ocorre anotar é a lembrança do desencanto que tive, há alguns anos, com outros “intelectuais” (que se rebaixaram aos meus olhos à condição de intelectualoides). Por exemplo, Diogo Mainardi – que me acostumei a apreciar – talvez movido muito mais pela admiração e aproximação, ainda que superficial, que tive com o pai dele, Ênio Mainardi, este sim o “homem de ouro” (deixei de considerar o suspeitíssimo gosto do Diogo pela Turma da London School of Economias, onde ele estudou a contra gosto do Ênio, por ser uma chocadeira de marxistas frustrados, cagões, que se auto apelidaram de “gradualistas” para esconder a covardia e se puseram à disposição do uso ilimitado pela escória GLOBALISTA, desde os tempos da liderança dos Rothschild.

      1. Sensacional! Obrigado Ney Pereira, já ha tempos venho acompanhando seus precisos comentários, ao ler a crônica do Guzzo tive a sensação de mais uma derrapada, infelizmente não é que eu esperava ler, não entendi o que ele quiz dizer, achei que os neurônios dele foram dar um passeio, é inconcebível achar possível que alguém que votou no Bolsonaro vote para a continuidade da má utilização do dinheiro público num ladrão, corrupto, um ser humano do mais baixo nível possível.

      2. excelente texto em contrapartida a esse texto estranho do Guzzo

      3. Verdade, Sr. Ney. O Guzzo cada vez mais se revelando… Como disse: “Tremenda sordidez e covardia”

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.