Cuba pretende liberar a criação de pequenas e médias empresas privadas

A medida, no entanto, ainda não tem data definida para a implantação
-Publicidade-
O presidente cubano, Miguel Diaz-Canel
O presidente cubano, Miguel Diaz-Canel | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

Na quarta-feira 2, o Conselho de Ministros do governo de Cuba deu aval para liberar a criação de pequenas e médias empresas privadas no país. “Devemos acabar com os entraves burocráticos que impedem o desenvolvimento dos atores econômicos e, em particular, das empresas estatais”, disse Miguel Diaz-Canel, presidente da nação caribenha e secretário do Partido Comunista Cubano.

A medida, no entanto, ainda não tem data de implantação definida. O primeiro-ministro cubano Manuel Marrero Cruz, afirmou que o processo de liberação deve ser feito “sem pressa”. No país, 13% da população ativa trabalha no setor privado.

-Publicidade-

Leia também: “Socialismo agoniza, e Cuba põe em prática reforma econômica”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site