Paulo Ganime: “fundos partidário e eleitoral não servem para financiar a democracia”

O deputado Paulo Ganime (Novo-RJ) disse nesta terça-feira, 14, que, ao contrário do que alguns defendem, os fundos partidário e eleitoral “não servem para financiar a democracia”.

A declaração foi dada em reação a reportagem de Oeste que revelou o salário de condenados por corrupção, como o ex-presidente Lula.

Leia mais Debandada na equipe econômica não muda postura do Novo: ‘Só diminui a crença’

loader