A privada-laboratório

"Smart toilet" pode se transformar num grande instrumento de prevenção e tratamento de saúde
-Publicidade-
 Foto: lyperzyt from Pixabay
Foto: lyperzyt from Pixabay

O British Journal of General Practice publicou um estudo de pesquisadores da Universidade Stanford para um produto apelidado de “smart toilet”.

“Começa a construção do maior telescópio do mundo” 

A ideia é projetar uma privada com um chip que analise o formato das fezes e monitore a urina do usuário. Após cada uso, os dejetos seriam automaticamente analisados e registrados num “diário”, transformando-se num grande instrumento de prevenção e tratamento de saúde. Condições virais (como a covid-19), presença de sangue nas fezes e sinais de câncer seriam detectados muito precocemente.

-Publicidade-

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site