A realidade virtual na luta contra a depressão

Tecnologia ajuda em tratamentos da doença, avisa Dagomir Marquezi
-Publicidade-
Acredite, a inteligência artificial pode ajudar em questões psicológicas
Acredite, a inteligência artificial pode ajudar em questões psicológicas | Foto: Canva

No combate à depressão, saem os remédios de tarja preta. E entram os algoritmos e outros recursos tecnológicos. Roteiro de filme de ficção científica? Nada disso. Essa mudança em tratamentos dessa e outras doenças psiquiátricas começa a se tornar realidade. É o que avisa Dagomir Marquezi, colunista da Revista Oeste, em artigo publicado nesta semana.

Leia mais: “Microsoft inaugura ‘escritório do futuro’ em Israel”

“No mundo high-tech, realidade virtual é a tecnologia pela qual o usuário coloca óculos 3D, fones de ouvido e é transportado mentalmente por um programa ou game para um mundo paralelo. Parece ser o máximo da alienação. Muito pelo contrário: a realidade virtual (high-techRV) está ajudando muitas pessoas com problemas psiquiátricos a se adaptarem ao mundo da realidade ‘real'”, escreve o colunista, com base em conteúdo publicado recentemente na revista BBC Focus — Science & Technology.

-Publicidade-

Além de dar detalhes de como a realidade virtual pode ajudar pessoas que sofrem de depressão, por exemplo, Marquezi conversou com Emma Jayne Kilford, Ph.D. em Psicologia. Integrante da University College London, ela fala um pouco sobre o programa que dispõe a colocar os mais avançados recursos tecnológicos a serviço desse tipo de tratamento. Detalhes da explicação da doutora e informações completas sobre esse trabalho estão disponíveis no artigo “A cura na realidade virtual”.

A cura na realidade virtual

_________________________

Revista Oeste

Além do texto de Dagomir Marquezi, a atual edição da Revista Oeste conta com outros conteúdos relacionados à área médica. A publicação digital apresenta reportagem especial de Paula Leal sobre os dilemas da vacina contra a covid-19 e análise de Guilherme Fiuza sobre coisas estranhas na medicina. Há, ainda, materiais assinados por Ana Paula Henkel, Rodrigo Constantino, Cristyan Costa, Edilson Salgueiro Júnior, Branca Nunes, Andrew Doyle e Ella Whelan.

Startup de jornalismo on-line, a Revista Oeste é 100% financiada por sua comunidade de assinantes. Para se tornar parte do grupo que investe numa publicação digital que se propõe a defender o liberalismo e ir “direto ao ponto” do que importa, basta clicar aqui, escolher o plano e seguir os passos indicados.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site