Amazon negocia compra da MGM por US$ 9 bilhões

A intenção é expandir a presença da companhia no streaming
-Publicidade-
As tratativas ainda são iniciais
As tratativas ainda são iniciais | Fotomontagem/Internet

Depois de os estúdios Warner anunciarem fusão com o canal Discovery, chegou a vez de o gigante do e-commerce Amazon estudar a compra do titã do cinema Metro-Goldwyn-Mayer (MGM) por US$ 9 bilhões (R$ 47,4 bilhões, na cotação atual). É o que informou nesta quarta-feira, 19, o site The Information. Em janeiro do ano passado, a MGM já havia sinalizado a intenção de vender seu conteúdo — com mais de 4 mil títulos e 17 mil episódios — a algum serviço de streaming ou Hollywood. A Apple e a Comcast tentaram avançar nas tratativas, porém não seguiram adiante em razão do tamanho da quantia pedida.

A Amazon mostrou interesse, com a finalidade de expandir seu cardápio de streaming do Prime Video. Para se ter uma ideia, o estúdio MGM apresenta em seu catálogo as franquias Rocky e Creed e produções como Nasce uma Estrela, RoboCop e O Silêncio dos Inocentes. Conforme o The Information, as negociações ainda são iniciais, entretanto têm tudo para dar certo. Mike Hopkins, vice-presidente sênior da Amazon Studios e Prime Video, está negociando há meses diretamente com o presidente do conselho da MGM, Kevin Ulrich.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro