China quer colocar nave de 1 km de comprimento em órbita

O plano, parte do ambicioso programa espacial chinês, ainda está longe de ser concretizado
-Publicidade-
Foguetes chineses "Longa Marcha" (Foto: divulgação CMSA)
Foguetes chineses "Longa Marcha" (Foto: divulgação CMSA)

A China pretende lançar uma nave com mais de 1 quilômetro de comprimento para permanecer em órbita. Ela seria dez vezes maior que a atual ISS, a Estação Espacial Internacional, que caminha para a aposentadoria.

A ideia da NNSF (a “Nasa” chinesa) é construir veículos espaciais a partir dessa nave. Segundo o jornal The Times, o plano dá ideia da ambição espacial chinesa. Eles já colocaram veículos na superfície de Marte e no lado oculto da Lua. E anunciaram que pretendem colocar uma estação que colete energia solar no espaço e a transmita para a Terra por meio de micro-ondas.

 Leia também: “Galáxias em alta definição”

-Publicidade-

O cientista Pang Zhihao reconhece que, se a ISS demorou 12 anos para ser completada, a nave chinesa com 1 quilômetro vai demorar muito mais para ficar pronta. Além disso, teria de construir foguetes ainda mais poderosos que os atuais para transportar os componentes para o espaço.

Leia também: “Viagem ao espaço: voos custarão US$ 450 mil”

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro