Brasileira cria rede para imprimir aparelhos hospitalares em 3D

Inspirada no exemplo de dois cientistas italianos, a engenheira biomédica Thabata Ganga, de 26 anos, se uniu a designers, engenheiros e outros pesquisadores para criar uma rede com o objetivo de criar peças em impressoras 3D para equipamentos hospitalares.
-Publicidade-
A engenheira Thabata Ganga
Foto: Facebook
A engenheira Thabata Ganga Foto: Facebook

Engenheira de 26 anos se inspirou em exemplo vindo da Itália; grupo já conta com mais de 500 profissionais de todo o Brasil

-Publicidade-

Inspirada no exemplo de dois cientistas italianos, a engenheira biomédica Thabata Ganga, de 26 anos, se uniu a designers, engenheiros e outros pesquisadores para formar uma rede com o objetivo de criar peças em impressoras 3D para equipamentos hospitalares.

De acordo com o G1, a iniciativa de Thabata já conta com a participação de 500 profissionais de todo o Brasil. Com o auxílio do laboratório de impressão 3D de sua antiga faculdade, a Unifesp, a jovem engenheira espera que isso contribua para que não faltem peças para os pacientes da covid-19, como aconteceu na Itália, onde faltaram respiradores.

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site