Da Amazon ao Google: big techs perderam US$ 1,4 trilhão em apenas um mês

O valor equivale a cerca de 80% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em 2021
-Publicidade-
Foto: Divulgação/Flickr
Foto: Divulgação/Flickr

As ações das chamadas big techsAlphabet (dona do Google), Amazon, Apple, Meta (dona do Facebook, Instagram e Whatsapp) e Microsoft —, além da Netflix, perderam quase US$ 1,4 trilhão em valor de mercado apenas em abril, um dos piores meses para as gigantes norte-americanas desde o início da pandemia. Para se ter noção, o valor equivale a cerca de 80% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em 2021.

E o que aconteceu no mercado das big techs?

O setor de tecnologia tem perdido valor em bolsas ao redor do mundo, desde o fim de 2021, por conta da perspectiva de alta de juros nos Estados Unidos e em outros países, como forma de conter a inflação global. As empresas são afetadas pela perspectiva de redução no fluxo de caixa futuro.

-Publicidade-

Outro fator é a repercussão dos resultados das empresas no primeiro trimestre do ano. A Amazon, por exemplo, reportou um prejuízo de US$ 3,8 bilhões de janeiro a março de 2022.

Das seis empresas citadas acima, a Apple foi a que menos sentiu. O lucro da gigante do iPhone foi de US$ 25 bilhões no primeiro trimestre de 2022, alta de 9% na comparação anual. Foi o melhor resultado da história da empresa em um trimestre.

Alexandre Constantini, estrategista da Catarina Capital, comentou com exclusividade à Oeste sobre a queda das gigantes de tecnologias e responde por que o investidor não deve se apavorar. Assista:

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.