Musk pretende demitir 15% dos empregados do Twitter

Bilionário quer mudanças para alavancar a empresa
-Publicidade-
Elon Musk quer mudar o Twitter
Elon Musk quer mudar o Twitter | Foto: Reprodução/Flickr

Elon Musk pretende demitir mil funcionários do Twitter assim que concluir a compra da rede social. Esse contingente corresponde a cerca de 15% do número de empregados atual da empresa: 7,5 mil.

Apesar dos cortes iniciais, a quantidade de funcionários da empresa deve chegar a 11 mil nos próximos três anos, de acordo com o jornal britânico Daly Mail. Os números aparecem em um relatório apresentado a investidores. A contratação de novos talentos seria focada em engenharia.

-Publicidade-

Segundo a publicação do Reino Unido, Musk também já propôs cortes no alto escalão. A ideia seria eliminar o salário dos membros do conselho. Além disso, outra proposta seria a de transferir a sede da companhia de São Francisco, na Califórnia, para outro Estado. Essas medidas trariam US$ 3 milhões em economia.

As mudanças fazem parte do plano do bilionário para reestruturar a empresa. A visão do empresário inclui novas fontes de receita. Musk quer reduzir a dependência do caixa por anúncios de 90% para 45%, com o lançamento de produtos como as assinaturas. Ele planeja que a empresa fature quase US$ 27 milhões por ano até 2028, mais de cinco vezes acima do faturamento do ano passado: US$ 5 milhões.

Quando o conselho aceitou a proposta de aquisição, Musk deixou claro que queria mudanças. “Quero tornar o Twitter melhor do que nunca, aprimorando o produto com novos recursos, abrindo os códigos para aumentar a confiança, derrotando os robôs de spam e autenticando todos os humanos”, publicou o bilionário em 25 de abril, dia do anúncio do negócio. “O Twitter tem um tremendo potencial — estou ansioso para trabalhar com a empresa e a comunidade de usuários para desbloqueá-lo.”

Leia mais: “O voo da liberdade”, reportagem de Cristyan Costa e Dagomir Marquezi publicada na Edição 110 da Revista Oeste

 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. Entrei recentemente no twitter, porém já fechei a conta, já me cancelei. Ficava solicitando seguir as mesmas pessoas que eu já tinha colocado.
    Só apareceu uma vez meu total de seguidores.
    Cheio de esquerdopatas.
    Tem que trocar 10000% desses mortadelas.

  2. O Musk poderia tomar as ações de:

    1 – Remover algoritmo que indica para um novo usuário apenas personalidades da esquerda.
    2 – Remover completamente shadowban da plataforma.
    3 – Fazer com que as reportagens principais que aparecem no Twitter parte em que o mostra o que está acontecendo no mundo seja equilibrada: 50% de veículos com viés de direita, 50% com viés de esquerda. Hoje são 100% de matérias apenas de veículos de esquerda.
    4 – Conceder verificação de perfil de uma forma que não seja restrito à discricionariedade da funcionária de cabelo roxo.
    5 – Começar a pensar em uma plataforma de vídeos que concorra com o YouTube.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.