Fintech Magnetis usa algoritmos para criar planos de aposentadoria

Gestora ajuda quem quer montar investimentos a longo prazo
-Publicidade-
Luciano Tavares, fundador da Magnetis: "Algoritmos equivalem a navegar com um aplicativo como o Waze, que indica os caminhos mais livres, os desvios para evitar congestionamentos, acidentes, semáforos etc | Foto: Divulgação
Luciano Tavares, fundador da Magnetis: "Algoritmos equivalem a navegar com um aplicativo como o Waze, que indica os caminhos mais livres, os desvios para evitar congestionamentos, acidentes, semáforos etc | Foto: Divulgação

Lançada em 2015, a fintech Magnetis é uma empresa que ajuda pessoas que querem montar investimentos a longo prazo — como, por exemplo, se aposentar daqui 20 anos.

“Num banco tradicional, o cliente pergunta ao gerente o que fazer com o seu dinheiro. O gerente dá sugestões baseadas no seu conhecimento e na sua intuição”, observa Dagomir Marquezi, em matéria publicada na Edição 108 da Oeste.

“A Magnetis usa algoritmos, também conhecidos como robôs, ou modelos de otimização a longo prazo. Com três vantagens em relação ao modelo tradicional: 1) rapidez de decisão; 2) controle emocional; e 3) acompanhamento 24 horas por dia, sete dias por semana. Nenhum gerente do mundo consegue uma performance dessas, especialmente quando ficamos sabendo que existem 20 mil possibilidades de investimentos.

-Publicidade-

Luciano Tavares, fundador da empresa, declarou a Oeste que compara o investimento num banco tradicional a um motorista que opta por uma rota aleatória da sua cabeça, sem saber o que vai encontrar pela frente. Segundo ele, ‘os algoritmos equivalem a navegar com um aplicativo como o Waze, que indica os caminhos mais livres, os desvios para evitar congestionamentos, acidentes, semáforos etc.’.”

Fábrica de fintechs

Em maio de 2019, segundo a consultoria Distrito, o Brasil tinha 550 fintechs. Em 14 março de 2022, viraram 1.264. Ou seja, um crescimento de 229% em menos de dois anos. Uma fintech pode ser definida como um negócio que aperfeiçoa serviços financeiros por meio de soluções tecnológicas.

Conheça alguns exemplos:

QuintoAndar – Especializado em aluguel e compra de imóveis pelo aplicativo, com o mínimo de burocracia;

Bidu – Compara preços e condições de diferentes seguros (residenciais, de saúde etc.);

Creditas – Disponibiliza empréstimos facilitados aceitando meios alternativos como garantia;

Mobills – Permite que o cliente coordene suas diversas contas;

Mercado Bitcoin – Especializado em investimentos com criptomoedas;

Vakinha – Aproxima pessoas com os mesmos interesses para levantar o dinheiro necessário para as mais diferentes coisas.

Assinantes da Revista Oeste podem ler a reportagem “Bancos para tudo e todos”, sobre a ascensão das fintechs no Brasil, clicando aqui.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.