Hackers disparam e-mails por um sistema do FBI

As mensagens foram enviadas no sábado
-Publicidade-
Foto: Christoph Scholz/ Flickr
Foto: Christoph Scholz/ Flickr

No sábado 13, hackers invadiram um servidor do FBI e enviaram e-mails para milhares de pessoas e empresas com um falso aviso de ataque cibernético. O órgão norte-americano declarou estar “ciente do incidente envolvendo e-mails falsos de uma conta de e-mail @ic.fbi.gov” e afirmou que “o hardware impactado foi retirado rapidamente do ar depois da descoberta do problema”.

A organização europeia Spamhaus, especializada no assunto, relatou que os e-mails eram de duas séries a partir de um endereço oficial utilizado por agências governamentais. “Urgente, seus sistemas estão em risco”, estava escrito em algumas mensagens enviadas em nome do grupo responsável por detectar ciberataques do Departamento de Segurança Nacional. Elas advertiam ainda que os destinatários estavam sob o ataque “sofisticado” de um grupo conhecido por praticar extorsões.

-Publicidade-
Os e-mails estavam “causando muita perturbação porque os cabeçalhos são reais, eles realmente estão vindo da infraestrutura do FBI”, postou a Spamhaus em sua página no Twitter.

Na opinião de Austin Berglas, um ex-agente especial assistente encarregado da filial cibernética do escritório do FBI em Nova Iorque, o incidente pode ter sido uma demonstração.

“Poderia ter sido só um grupo ou indivíduos procurando obter alguma credencial de rua para participar de fóruns subterrâneos”, explicou. “Eu pensaria que seria algum tipo de grupo criminoso ou algum tipo de grupo ‘hacktivista'”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

6 comentários Ver comentários

  1. Os servidores do FBI, entre tantos outros do governo do Tio Sam e de outros países mundo afora não estão a salvo da atuação de hackers. De Bancos, inclusive os Centrais de países poderosos, organismos internacionais, exércitos, agências espaciais, plataformas que nos censuram, nossos TSE e STJ e uma infinidade de opções NÃO estão a salvo da ação de hackers, inclusive com um desses tendo ficado meses ” hospedados ” no site do TSE por meses, sem ninguém da Corte perceber, Quando descobriram, o TSE contratou às pressas uma empresa que deletou os rastros da invasão, omitindo os danos e supressão de informações. Daí, Barroso quer nos fazer crer que o sistema eleitoral brasileiro, do ato do voto à totalização do pleito é seguro, é forçar uma narrativa que já nasce morta à luz dos fatos. A narrativa do advogado de Cesare Battisti é canhestra, descabida, infundada, sem base científica confiável, precursora de uma fraude anunciada.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.