iFood promove demissões e reduz novas contratações

As mudanças ocorrem em algumas áreas em 'busca de maior eficiência', informou a empresa
-Publicidade-
A empresa conta com 5 mil funcionários considerando as operações no Brasil e na Colômbia
A empresa conta com 5 mil funcionários considerando as operações no Brasil e na Colômbia | Foto: Divulgação

O iFood — aplicativo de serviço de entrega de comida — está reestruturando os serviços da companhia no Brasil. Na semana passada, a plataforma promoveu demissões de funcionários e anunciou a redução do volume de novas contratações.

As mudanças ocorrem em algumas áreas, segundo um comunicado da empresa. “O iFood está em busca de maior eficiência e foco para o seu negócio. Infelizmente, o processo de priorização e de revisão levou ao desligamento de algumas pessoas e à desaceleração de novas contratações”, informou a companhia.

A previsão é que as contratações sejam reduzidas pela metade a partir de agora. “Se antes o nosso time de recrutamento trazia mais de 200 pessoas por mês para a empresa, hoje esse número caiu pela metade”, confirmou.

-Publicidade-

O iFood não informou oficialmente quantas pessoas foram demitidas. A empresa conta com 5 mil funcionários, considerando as operações no Brasil e na Colômbia.

Segundo o site LayOff Brasil, cerca de 80 pessoas foram dispensadas em virtude da queda na demanda por serviços de entrega, refletindo a retomada de atividades presenciais, após o auge da pandemia de covid-19.

Nas redes sociais, uma ex-colaboradora do iFood fez uma publicação nesta semana sobre a demissão. “Eu fui mais uma da lista de demitidos. A justificativa que recebi é que não foi performance, foi corte de custos”, escreveu. “Foi um susto para mim, confesso que não esperava”, contou.

Segundo dados da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, o iFood lidera o mercado de entrega de comidas preparadas com 80% de participação.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.