O material mais frio do universo

Elemento químico itérbio foi resfriado a uma temperatura muito próxima do zero absoluto
-Publicidade-
Átomos deixaram de se movimentar por causa do resfriamento
Átomos deixaram de se movimentar por causa do resfriamento | Foto: Reprodução/ Rice University

Cientistas da Universidade de Kyoto, no Japão, conseguiram criar a matéria mais fria do universo. O experimento reduziu o movimento de átomos do elemento químico itérbio, ao resfriá-los a uma temperatura muito próxima do zero absoluto, número hipotético que corresponde ao fim da deslocação da matéria.

A equipe utilizou lasers para resfriar os átomos. A ausência do movimento da matéria produz o frio, já que o calor é fruto do movimento das partículas. O resultado foi uma temperatura a 1 bilionésimo de grau do zero absoluto, o qual é 3 bilhões de vezes mais frio que o espaço cósmico.

O novo recorde atingido no laboratório da universidade japonesa fez o espaço parecer mais “quente”. Isso porque o lugar mais frio do universo, a Nebulosa do Bumerangue, chega a uma temperatura negativa de -272 ºC, menos de 1ºC acima do zero absoluto.

-Publicidade-

Apesar de soar contemporâneo, o experimento é derivado de um modelo proposto em 1963 pelo físico John Hubbard. Segundo o estudioso norte-americano, os átomos podem exibir propriedades quânticas anormais, como a supercondutividade, ou seja, a capacidade de conduzir eletricidade sem perda de energia. Esse comportamento, no entanto, só fica evidente quando a matéria está próxima do zero absoluto.

“A vantagem de atingir temperaturas tão frias é que a física realmente muda”, afirma Kaden Hazzard, pesquisadora da Universidade de Rice, no Texas, que fez parte do estudo. “Ela começa a adentrar mais a área da mecânica quântica, e aí você começa a ver novos fenômenos.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.