O Pentágono apresenta sua nova arma: o cão-robô de guerra

Exposição revela um novo conceito de defesa de bases militares
-Publicidade-
Foto: divulgação Association of the US Army
Foto: divulgação Association of the US Army

As Forças Armadas dos EUA apresentaram numa exposição de novos conceitos bélicos em Washington seu cão-robô de guerra armado. Na verdade, o Q-UGV (ou “veículo automático terrestre quadrúpede”) já existia, mas agora foi armado com um rifle de assalto.

Leia mais:Arsenal nuclear dos EUA é oito vezes menor que em 1967

A arma não é automática, mas manejada à distância por um ser humano. Segundo o jornal The Times, o “cão” é fabricado pela empresa americana Ghost Robotics. A nova arma foi planejada para defender a periferia de bases militares em caso de guerra urbana. O “cão”, equipado com câmeras e sensores, deverá custar US$ 130 mil (ou R$ 710 mil) a unidade.

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.