Que tal hospedar-se em um hotel no espaço?

Startup de ex-funcionários da Nasa prevê que o empreendimento esteja em operação em 2027
-Publicidade-
Estação Espacial Voyager: hotel de luxo será a maior construção fora da Terra
Estação Espacial Voyager: hotel de luxo será a maior construção fora da Terra | Foto: Divulgação/Orbital Assembly Corporation

A startup Orbital Assembly Corporation, empresa de construção espacial dirigida por ex-funcionários da Nasa, divulgou novidades sobre o hotel de luxo com gravidade simulada que pretende construir no espaço. Batizado de Estação Espacial Voyager (VSS), o negócio tem previsão de entrar em operação em 2027. E já é possível efetuar reservas.

Em comunicado à imprensa, a Orbital informou que está evoluindo no desenvolvimento da tecnologia necessária para a construção do empreendimento e realizou uma demonstração no sábado 21, em sua sede, na Califórnia. A startup está desenvolvendo robôs semiautônomos, que montarão no espaço a estrutura do hotel.

“Hoje alcançamos nosso marco na validação da Demonstração Robô de Montagem de Treliças Estruturais (DSTAR)”, afirmou, em nota, o diretor de operações e vice-presidente de habitação da Orbital Assembly, Tim Alatorre. “Assistir ao DSTAR montar a estrutura de treliça de 6 toneladas e se expandir para o comprimento de um campo de futebol, como será no espaço, foi uma emoção para todos.”

-Publicidade-

A startup prevê o lançamento de sua primeira missão em 2023. Nela, o PSTAR (Protótipo do Robô de Demonstração de Montagem de Treliças Estruturais) montará uma treliça de 52 metros em círculo para formar um protótipo, em forma de anel, para o hotel espacial. Dentro do círculo, quatro módulos de propulsão a bordo usarão o empuxo para girar o anel, noticia o site Olhar Digital.

A companhia planeja que o hotel, com capacidade para acomodar até 400 hóspedes, esteja operacional até 2027. O local terá suítes, vilas luxuosas com cozinha, spa, academias, restaurantes, bares e até um local para shows. O empreendimento também vai receber agências espaciais que estejam realizando experiências de baixa gravidade.

Leia também: “E tem início a colonização do espaço”, artigo de Dagomir Marquezi publicado na edição 66 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. Elysium! Acho que esse sempre foi o real objetivo da exploração espacial: criar uma rota de fuga para quem puder pagar. Isso aqui, em menos de 50 anos, vai estar insuportável.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site