Remédio da AstraZeneca mostra eficácia de 77% contra a covid-19

Empresa anunciou que vai pedir a autorização para uso emergencial do medicamento
-Publicidade-
Estudo teve a participação de 5,1 mil pessoas
Estudo teve a participação de 5,1 mil pessoas | Foto: Adriana Toffeti/Estadão Conteúdo

A farmacêutica AstraZeneca informou nesta sexta-feira, 20, que o remédio AZD7442 à base de anticorpos apresentou uma eficácia de 77% em reduzir casos sintomáticos da covid-19. O dado consta em teste clínico de fase três do laboratório, que teve a participação de 5,1 mil voluntários. A empresa anunciou que vai pedir a autorização para uso emergencial do medicamento.

Os participantes do estudo não haviam sido infectados pelo novo coronavírus, tampouco tinham comorbidades. Do grupo que tomou a droga, só 25 pessoas apresentaram doença sintomática, sem casos graves ou óbitos. “Precisamos de alternativas para indivíduos que não foram adequadamente protegidos pelas vacinas”, declarou Mene Pangalos, diretor de pesquisa da empresa.

Composição

-Publicidade-

O AZD7442 é uma combinação de dois tipos de anticorpos derivados de células brancas que foram doadas por pessoas infectadas pelo vírus chinês. A AstraZeneca modificou os anticorpos, aumentando sua meia vida e potencializando os receptores que agem contra as proteínas do patógeno.

Leia também: “A solução que venceu a ideologia”, reportagem publicada na Edição 3 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários

  1. Tanto a Pfizer como a AstraZeneca primeiro entraram com a tal vacina experimental apenas para dar um tempo para lançar um medicamento mais eficiente e confiável para combater esse vírus chinês. Quem tomou a vacina, já tomou e terá que tomar outras vezes quantas forem necessárias. Na Turquia por exemplo, já estão estudando aplicar a 4ª dose dessa CoronaVac chinesa, depois será a 5ª, a 6ª… um grande negócio ter um público cativo. Isso que chamamos um negócio da China!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro