Robô da Nasa pousa em Marte em busca de sinais de vida

O veículo exploratório foi criado com o objetivo de compreender a geologia do planeta vermelho
-Publicidade-
A primeira imagem de Marte feita pelo robô Perseverance
A primeira imagem de Marte feita pelo robô Perseverance | Foto: Divulgação/Nasa

Quase sete meses depois de decolar da Terra, a espaçonave Rover Perseverance pousou no final da tarde desta quinta-feira, 18, em Marte. A missão da Nasa visa à busca de sinais de vida no planeta vermelho — para isso, o robô vai recolher amostras de rochas e sedimentos marcianos e trará de volta para a Terra pela primeira vez na história. Todos os cronogramas foram cumpridos conforme o previsto pela agência espacial norte-americana. A espaçonave deixou a Terra em 30 de julho e pousou na cratera Jezero. No local escolhido, há cerca de 3 a 4 bilhões de anos, havia um imenso lago, em uma área de 500 quilômetros quadrados. Os sete minutos finais antes do pouso correram sob tensão. Em silêncio, cientistas em uma sala acompanhavam o minuto a minuto da aproximação da espaçonave ao planeta vermelho. Às 17h48, o Perseverance entrou na atmosfera de Marte sob aplausos. Vieram os minutos finais — eles são considerados os mais difíceis, porque é preciso que a espaçonave diminua a velocidade para fazer o pouso. O paraquedas foi aberto: mais apreensão e contagem regressiva na tela. Um monitor mostrava a projeção do Perseverance se aproximando do alvo, a cratera Jezero. Houve silêncio dos cientistas da Nasa até as palmas finais, pelo pouso histórico. O Perseverance irá perfurar as rochas, procurando material orgânico para ser coletado. Não há pretensão de encontrar vida como a nossa em Marte — mamíferos, por exemplo —, mas há a possibilidade de descobrir se já existiram colônias de bactérias (vida microbiana). A expectativa é de que o veículo permaneça durante pelo menos um ano em solo marciano — o que equivale a dois anos na Terra. Não há data de retorno para casa.

Leia também: “Bezos investe em companhia de viagens espaciais”

-Publicidade-

Com informações do Estadão Conteúdo

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site