WhatsApp anuncia ferramenta para denunciar ‘disparos em massa’

Iniciativa tem as digitais do Tribunal Superior Eleitoral
-Publicidade-
Caso o TSE conclua haver relação direta com alguma campanha, a candidatura pode sofrer sanções que vão de multa até a cassação
Caso o TSE conclua haver relação direta com alguma campanha, a candidatura pode sofrer sanções que vão de multa até a cassação | Foto: Divulgação/Flickr

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o WhatsApp estão aprimorando uma ferramenta no aplicativo para denúncias de “disparos em massa” nas eleições deste ano. É o que informou nesta quinta-feira, 27, o jornal O Estado de S. Paulo.

Durante a disputa municipal, em 2020, o TSE e o app utilizaram o mecanismo, que agora passa por revisão. Agora, quem receber “mensagens suspeitas” poderá preencher um formulário hospedado no site da Justiça Eleitoral.

Caso a mensagem seja considerada como “disparo ilegal de campanha”, o TSE vai requisitar ao WhatsApp que exclua a conta. Nesse caso, os responsáveis podem ter o usuário banido do aplicativo para sempre.

-Publicidade-

Além disso, caso o TSE conclua haver relação direta com alguma campanha e os disparos em massa, a candidatura denunciada pelos usuários corre o risco de sofrer sanções que vão de multa até a cassação.

“Qualquer usuário pode denunciar ao TSE. Isso fortalece uma mensagem que eu tenho passado: não contrate disparo em massa, não faça marketing político no WhatsApp”, disse Dario Durigan, um dos representantes do app no Brasil.

“Isso faz mal para a democracia e pode prejudicar as campanhas eleitorais, levando a prejuízo da chapa”, acrescentou Durigan.

Leia também: “Legisladores sem voto”, artigo de Gabriel de Arruda Castro publicado na Edição 96 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.