Alemanha tem primeiros casos de peste suína africana em fazendas

Notificação aconteceu na região leste do país e os animais foram sacrificados para evitar aumento de casos
-Publicidade-
Peste suína africana avança pela Alemanha | Foto: Matthias Zomer/Pexels
Peste suína africana avança pela Alemanha | Foto: Matthias Zomer/Pexels

O Ministério da Agricultura da Alemanha confirmou os primeiros casos de peste suína africana (PSA) em fazendas do país nesta sexta-feira, 16, no estado de Brandemburgo, região leste. Uma das propriedades tinha 200 animais e a outra apenas dois, mas todos precisaram ser sacrificados.

Leia também: “Fortes chuvas deixam mais de 100 mortos na Alemanha”

A PSA não oferece risco à humanos, mas tem um alto potencial de disseminação entre os animais, causando perdas econômicas significativas, por isso, a notificação de casos à órgãos oficiais nacionais e internacionais é obrigatória.

-Publicidade-

No ano passado, o Governo da Alemanha tinha registrado a doença em javalis. Por medo, alguns países compradores da carne suína alemã proibiram as importações da proteína, suspensão que ainda continua.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site