Banco do Brasil e Brics fazem acordo para injetar R$ 1,5 bilhão no agro

Empréstimos serão destinados à construção de silos, armazéns e ligações de energia renovável
-Publicidade-
Foto: Reprodução/Mídias Sociais
Foto: Reprodução/Mídias Sociais

Nesta segunda-feira, 28, o Banco do Brasil firmou acordo com o Novo Banco de Desenvolvimento (na sigla em inglês, NDB), instituição financeira do Brics — bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. A parceria vai destinar R$ 1,5 bilhão em financiamentos para o agronegócio.

“São recursos de longo prazo que podem chegar a até R$ 1,5 bilhão para a construção de silos, armazéns e ligação de energia renovável com até 18 anos para pagamento”, afirmou o presidente do Banco do Brasil, Fausto Ribeiro, em cerimônia on-line do Plano Safra — programa do governo federal que, ao todo, deve liberar R$ 236,3 bilhões aos produtores do campo neste ano.

Da China, o brasileiro Marcos Troyjo, que preside o NDB, assinou um memorando de entendimento para viabilizar o montante. O ministro da Economia, Paulo Guedes, participou da cerimônia e disse que o projeto faz parte da missão de Troyjo de alavancar os investimentos da instituição no Brasil.

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site