Cadeia de carne bovina cresce 20% em 2020

O setor movimentou 10% do Produto Interno Brasileiro no ano passado
-Publicidade-
A criação e o abate de bovinos gerou a circulação de R$ 281,4 bilhões
A criação e o abate de bovinos gerou a circulação de R$ 281,4 bilhões | Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Com crescimento de 20% em valores sobre 2019, a pecuária bovina de corte brasileira movimentou R$ 747 bilhões em 2020. O montante representa 10% de todo o Produto Interno Bruto do ano passado (R$ 7,4 trilhões). O cálculo aparece no Beef Report 2021, divulgado na terça-feira 27 pelo Brazilian Beef, promovido pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec) e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil).

“Esse volume inclui todos os negócios e movimentações relacionados à cadeia, incluindo desde valores dos insumos utilizados na pecuária, passando por investimentos em genética, sanidade animal, nutrição, exportações e vendas no mercado interno”, informa a publicação.

Em relação ao mercado bovino, a criação e o abate de animais geraram a circulação de R$ 281,4 bilhões; a agroindústria, de R$ 239,5 bilhões; e o varejo, de 224,8 bilhões.

-Publicidade-

Leia também: “Marfrig aposta em blockchain para conectar fornecedores”

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro