Importação de fertilizantes para o Brasil cresce 6%

Volume do 1º quadrimestre superou o registrado no mesmo período de 2021
-Publicidade-
Armazém de fertilizantes | Foto: Divulgação/CNA
Armazém de fertilizantes | Foto: Divulgação/CNA

Entre janeiro e abril, a importação de fertilizantes para o Brasil somou 11 milhões de toneladas. Esse número supera em 6% a quantidade registrada no primeiro quadrimestre de 2021: pouco mais de 10 milhões de toneladas. Oeste fez o levantamento com dados da Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia.

De acordo com os resultados preliminares divulgados nesta quinta-feira, 5, o Brasil importou pouco mais de 3 milhões de toneladas de fertilizantes no mês de abril. Essa quantia se soma aos quase 8 milhões desembarcados no país entre janeiro e março.

Preço da importação de fertilizantes

-Publicidade-

O valor do insumo vital para a agricultura, entretanto, subiu. A média paga por tonelada no mês passado foi de aproximadamente US$ 650. Ou seja: mais que o dobro em comparação aos quase US$ 300 pagos pela mesma quantidade em abril de 2021. Além disso, a média mensal de preços é a maior de 2022.

Em janeiro deste ano, cada tonelada de fertilizante desembarcada no Brasil custou pouco menos de US$ 500. No mês seguinte, o preço médio subiu para cerca de US$ 550. Em março, esse montante ficou em praticamente US$ 600.

Comércio sob ameaça

A Rússia, um dos maiores fornecedores globais de fertilizantes, deu início à invasão da Ucrânia no fim de fevereiro de 2022. União Europeia e Estados Unidos aplicaram sanções aos russos em razão do ataque.

Dependência do Brasil

O suprimento de fertilizantes para o setor agrícola brasileiro ocorre, principalmente, por meio de importações. De acordo com o governo federal, a Rússia respondeu por cerca de 20% de todos os embarques do insumo para o Brasil no ano passado.

Conforme informações do Ministério da Agricultura, 80% de todo o fertilizante utilizado pelo agronegócio brasileiro vêm do mercado externo.

Leia também: “Potássio para dar e vender”, reportagem de Artur Piva para a Edição 102 da Revista Oeste

 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.