Número de cervejarias registradas foi 14% maior em 2020

Tendência de crescimento se manteve em 2020 mesmo com dificuldades impostas pela pandemia

-Publicidade-
Cervejarias: pela primeira vez, presentes em todos os Estados do Brasil
Cervejarias: pela primeira vez, presentes em todos os Estados do Brasil | Foto: Divulgação/Pixabay

O número de cervejarias registradas no Ministério da Agricultura cresceu 14,4% no ano passado, chegando a 1.383 empreendimentos. Houve o registro de 204 novas empresas e 30 cancelamentos, totalizando um aumento de 174 cervejarias em relação a 2019. “O mercado cervejeiro no Brasil vem crescendo nos últimos dez anos, e essa tendência se manteve em 2020 mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia”, afirma, em nota, o coordenador-geral de Vinhos e Bebidas do ministério, Carlos Vitor Müller. Pela primeira vez, elas estão presentes em todos os Estados do país. O ministério também contabilizou um total de 33.963 registros de produtos para cerveja no país, em seu Anuário da Cerveja 2020 divulgado nesta sexta-feira, 30.

As Regiões Sul e Sudeste concentram 85,6% das cervejarias, sendo que o Estado de São Paulo é o campeão do ranking, com 285 estabelecimentos, alta de 18,2% em relação a 2019. Já Santa Catarina possui a maior densidade cervejeira do país, com uma empresa registrada para cada 41.443 habitantes.

-Publicidade-

O número de municípios que possuem produção de cerveja chegou a 609, um crescimento de 5% em 2020. Também foi constatado o aumento de abertura em cidades menores. Ribeirão Preto e São Paulo, ambos no Estado de São Paulo, foram os municípios que mais abriram cervejarias.

Pela primeira vez, desde 2008, ocorre uma diminuição no número de novos registros de produtos para cerveja. Em 2020, foram 8.459, 15% a menos do que no ano anterior, o que pode ser explicado pelo menor volume de lançamentos pelas empresas. “Sabemos que muitos desses lançamentos de novos produtos foram impactados pela pandemia, pelas restrições de consumo e restrições econômicas de forma geral. Com um menor número de lançamentos, se faz um menor número de registros de produtos também”, afirma Müller.

Leia também: “Ambev faz parceria para testar entrega com drones”

Com informações do jornal Valor Econômico

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site