Termoelétricas de biomassa podem fazer ofertas adicionais de energia

Geração do setor neste ano é capaz de abastecer 6,3 milhões de residências
-Publicidade-
Usina termoelétrica processadora de biomassa de cana-de-açúcar
Usina termoelétrica processadora de biomassa de cana-de-açúcar | Foto: Ivolines/Flickr

Desde a quarta-feira 4, atendendo a uma portaria do Ministério de Minas e Energia, as usinas termoelétricas podem fazer ofertas adicionais de energia ao Operador Nacional do Sistema Elétrico. O prazo para as propostas se estende até o fim de 2022. A informação foi divulgada pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), representante de empresas que atuam no setor.

Leia também: “Etanol de milho: usinas investem para aumentar produção”

“Mesmo a moagem canavieira acumulando queda de 7,36%, desde o início do ciclo 2021/2022 até a primeira metade de julho, a geração de energia pela biomassa à rede já foi de 12,2 mil GWh”, informa a Unica em nota. De acordo com a instituição, essa quantia é “equivalente a 16% de toda a geração de energia elétrica pela Usina Itaipu em 2020 ou a atender 6,3 milhões de residências”.

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro