Revista Oeste - Eleições 2022

A zerésima das urnas

O algarismo zero foi "inventado" no século 13 e agora oficializado pelo Tribunal Superior Eleitoral
-Publicidade-
Foto: reprodução PxHere
Foto: reprodução PxHere

A palavra zerésima não está nos dicionários referenciais. Nem no Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (VOLP), a Constituição do Português Escrito.

Zerésima nasceu nas eleições e deriva dos usos da urna eletrônica. Foi formada e entrou para o português por ter designado a urna zerada. Temos carro zero, moto zero, interesse zero, mas para urna veio um substantivo transformado em adjetivo levado ao grau absoluto. Isto é, nada é mais zero do que a urna zerésima. E zerésima veio da palavra zero. O feminino se explica por elipse de checagem final antes do uso.

O zero já era conhecido dos hindus no Século VII a.C., mas chegou ao Ocidente depois que os árabes o incluíram em seus algarismos. Os números romanos ainda estão presentes hoje na indicação de épocas, capítulos etc., inclusive em divisões de artigos da Constituição, rodeados de incisos e alíneas.

-Publicidade-

No Século 13, o matemático italiano Leonardo Fibonacci deu de cara com a novidade antiga. Ele, então, querendo simplificar, influenciado pelo dialeto do italiano falado em Veneza, traduziu o árabe sifr, cifra, por zero, já uma redução de zefiro, palavra vinda do grego zephiros, que tinha ido para o latim zephirus, até então designando o vento oeste, que trazia tempestade e chuva.

No Glossário do Tribunal Superior Eleitoral lemos: “Zerésima: Documento emitido em cada seção eleitoral indicando que não existe voto registrado. Este documento é emitido após o procedimento de inicialização da urna eletrônica, servindo para atestar que não há registro de voto para nenhum dos candidatos”.

O zero ficou oculto para o Ocidente por muitos séculos. Que nenhum hacker – do inglês hack, brecha – possa ocultar o que incluiu antes da zerésima ou que incluirá ou excluirá depois. Um zero à direita de qualquer número não terá a insignificância de um zero à esquerda: ele poderá decidir a eleição. De todo modo, zerésima é nome esdrúxulo, palavra que veio do italiano sdrucciolo, com o significado de resvaladiço, fora de rota, fora do normal.

A zerésima  das urnas traria benefícios a outras instituições também, caso pudesse ser aplicada. (fim)

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.