ANS vai votar hoje reajuste dos planos de saúde

A expectativa do setor é que o aumento fique em torno de 16%, maior valor desde 2000
-Publicidade-
Em 2021, o reajuste foi negativo em 8,1%, por conta da redução das despesas assistenciais
Em 2021, o reajuste foi negativo em 8,1%, por conta da redução das despesas assistenciais | Foto: Reprodução/Mídias sociais

A diretoria da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) vai se reunir nesta quinta-feira, 26, para votar o reajuste dos planos de saúde individuais e familiares.

A agência deve aprovar o índice máximo permitido para o período de maio de 2022 a abril de 2023.

A expectativa do setor é que o reajuste fique em torno de 16%. Isso por causa do aumento de despesas assistenciais e pela inflação. Esse seria o maior valor desde 2000, de acordo com a série histórica da ANS.

-Publicidade-

Em 2021, o reajuste foi negativo em 8,1%, por conta da redução das despesas assistenciais.

Já em 2020, a ANS suspendeu o reajuste anual devido à pandemia de covid-19. A medida foi adotada de setembro a dezembro, beneficiando cerca de 25 milhões de usuários de planos de saúde individuais ou familiares.

Diferentemente dos planos empresariais e coletivos, essa categoria é regulada pela ANS.

Gastos com saúde no Brasil atingem 10% do PIB

Os gastos com saúde no Brasil em 2019 totalizaram pouco mais de R$ 710 bilhões, o equivalente a quase 10% do Produto Interno Bruto (PIB) — soma de todos os bens e serviços produzidos pelo país no ano. Os dados foram divulgados em abril pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

A maior parcela desses gastos partiu das famílias, respondendo por quase R$ 430 bilhões do total (6% do PIB), enquanto R$ 280 bilhões (4% do PIB) foram despesas de consumo do governo.

A participação das famílias nos gastos com a saúde vem crescendo desde 2011. Em contrapartida, a do governo, que havia crescido entre 2013 e 2016, permaneceu estável depois de uma queda em 2017.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. Ans ,por favor pode me dar um aumento de 16% no meu salário? Aposentados e o trabalhador, não esses tipos de aumento,. Isso é inacreditável! Enquanto temos aumento na casa de 5% , como pode dar esse tipo de aumento?

  2. Resultado dos corruptos governadores e prefeitos que deixaram dois anos todos fechados. Agora, somos nós que pagaremos essa conta, ou não, se não tivermos dinheiro, teremos que cancelar o plano e morrer na fila dos hospitais públicos. Realmente, se o brasileiro votar nestas pessoas este ano, será porque o brasileiro merece…. E os congressistas que estão vendo que não se reelegerão, com certeza podem se vingar da população….

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.