Anvisa reporta 2 casos da variante Ômicron no Brasil

Segundo a agência, as amostras 'serão enviadas para análise laboratorial confirmatória'
-Publicidade-
Fachada do edifício-sede da Anvisa, em Brasília | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Fachada do edifício-sede da Anvisa, em Brasília | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Anvisa informou nesta terça-feira, 30, que dois brasileiros foram diagnosticados “preliminarmente” com a variante Ômicron do coronavírus.

Segundo a agência, as amostras “serão enviadas para análise laboratorial confirmatória”. A primeira testagem foi feita pelo laboratório Albert Einstein.

-Publicidade-

De acordo com os protocolos nacionais, o material deve ser enviado ao Instituto Adolfo Lutz para fins de confirmação do sequenciamento genético.

Em nota, a Anvisa explicou que um passageiro vindo da África do Sul desembarcou em Guarulhos em 23 de novembro portando resultado negativo para covid.

Mas, com vistas a se preparar para a viagem de regresso ao país africano, procurou o laboratório localizado no aeroporto no dia 25, para, já na companhia de sua esposa, realizar o teste requerido para o retorno.

Naquele momento, reporta a vigilância sanitária, ambos testaram positivo para a covid-19, e o fato foi comunicado ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) de São Paulo.

“Diante dos resultados positivos, o laboratório Albert Einstein adotou a iniciativa de realizar o sequenciamento genético das amostras.”

O início dos procedimentos para sequenciamento genético começou no dia 29 e foi concluído hoje. Diante dos resultados positivos, o laboratório informou que, em análises prévias, foi identificada a variante Ômicron.

A agência ressaltou que a entrada do passageiro no Brasil ocorreu no dia 23, antes da notificação mundial sobre a identificação da nova variante, que foi relatada pela primeira vez à Organização Mundial de Saúde (OMS) pela África do Sul em 24 de novembro.

A entrada foi anterior à edição da portaria interministerial, de 27 de novembro, que proibiu, em caráter temporário, voos com destino ao Brasil que tenham origem ou passagem pela África do Sul e outros países da região.

A portaria também suspendeu a autorização de entrada de viajantes estrangeiros, procedentes daquele país ou com passagem, nos últimos 14 dias antes do embarque, por ele.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Os caras tiveram contato com várias pessoas durante o vôo e depois no Brasil, cadê o monitoramento de todos, vamos de novo entrar numa espiral de contágio, tem que fechar TODOS os vôos imediatamente ou pelo menos até vermos se as vacinas conseguem blindar de infecção!!! Esse país é uma piada.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.