Apenas três Estados registram concentração de caminhoneiros

Segundo o Ministério da Infraestrutura, 'não há pontos de interdição em rodovias federais'
-Publicidade-
Movimento dos caminhoneiros perdeu força nas últimas 48 horas
Movimento dos caminhoneiros perdeu força nas últimas 48 horas | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Um novo balanço divulgado nesta sexta-feira, 10, pelo Ministério da Infraestrutura informa que apenas três Estados do país seguem com pontos de concentração de caminhoneiros em rodovias federais: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Rondônia.

Ainda de acordo com a pasta, “não há pontos de interdição em rodovias federais” nesta manhã. Este é o terceiro dia de manifestações promovidas por caminhoneiros em todo o país, mas o movimento perdeu força nas últimas 48 horas.

Leia mais: “Polícia do DF aplica ao menos R$ 300 mil em multas a caminhoneiros”

-Publicidade-

Por volta das 7h30 desta sexta, de acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o número de ocorrências em rodovias federais havia caído 45% desde quinta-feira 9.

Neste momento, não há “qualquer ponto de retenção na malha federal” nos Estados de Mato Grosso do Sul, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santo e Paraná. Ainda segundo o governo, “há aglomerações sem prejuízo ao livre fluxo de veículos no Mato Grosso e no Pará”.

Leia também: “Sobe para 15 o número de Estados que registram manifestações de caminhoneiros”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro