Araçatuba (SP): bandidos assaltam banco e fazem moradores reféns

Criminosos estavam fortemente armados
-Publicidade-
Bandidos puseram refém em cima de veículo | Foto: Reprodução/Twitter
Bandidos puseram refém em cima de veículo | Foto: Reprodução/Twitter

Uma quadrilha fortemente armada atacou uma agência da Caixa Econômica Federal na madrugada desta segunda-feira, 30, em Araçatuba, no interior de São Paulo. Durante o assalto, os criminosos fizeram pedestres e motoristas de reféns. Vídeos que circulam na internet mostram vítimas como “escudo humano” em cima do carro dos bandidos. Por ora, não há registros de feridos. Conforme a TV Tem, o grupo também cercou bases da Polícia Militar, além de viaturas.

Com a finalidade de monitorar os passos dos agentes de segurança, os delinquentes usaram drones. Dessa forma, puderam bloquear vias estratégicas da cidade, impedindo a chegada de reforços da polícia. Moradores relataram que escutaram tiros em várias partes da cidade. A prefeitura do município pediu que as pessoas fiquem em casa, até que a situação se normalize. Foram identificados explosivos em várias ruas de Araçatuba.

Veja imagens

-Publicidade-

Leia também: “Um 7 de Setembro para chamar de seu”, artigo de Silvio Navarro publicado na Edição 75 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários

  1. Essas cenas já fazem parte do faroeste caboclo e estão se tornando cada vez mais frequentes. Se torna cada vez mais urgente a adoção de moeda virtual e acabar de vez com esses papeizinhos coloridos.

  2. Afinal qual banco foi assaltado o Banco do Brasil ou a CEF? No começo da matéria diz CEF , depois BB. E a PM e a civil fez o que na hora nada.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro