Arnaldo Jabor está internado no Hospital Sírio-Libanês

O diagnóstico é de "evento cerebral agudo isquêmico"
-Publicidade-
Foto: reprodução Rede Globo.
Foto: reprodução Rede Globo.

O cineasta e jornalista Arnaldo Jabor, 81 anos, está internado desde o dia 17 de dezembro no Hospital Sírio-Libanês. O diagnóstico, segundo a equipe do doutor Rogério Tuma, é de “evento cerebral agudo isquêmico. O paciente foi submetido a um procedimento vascular para desobstrução de coágulo e permanece em acompanhamento clínico ainda sob sedação”.

Jabor, que nasceu no Rio de Janeiro em 1940, iniciou sua carreira em 1967 com o documentário Opinião Pública.  Em 1970 dirigiu seu primeiro longa, Pindorama, ainda preso à estética intelectualizada do chamado Cinema Novo. Três anos depois se encontrou com o público, fazendo sucesso com a adaptação da peça de Nelson Rodrigues, Toda Nudez Será Castigada.

Arnaldo Jabor em 1972 (Reprodução Arquivo Nacional)
-Publicidade-

Em 1978 iniciou a chamada “trilogia do apartamento”, uma sequência de filmes intimistas que incluem Tudo Bem (com Paulo Gracindo e Fernanda Montenegro), Eu Te Amo (1980, com Paulo Cesar Pereio e Sônia Braga) e Eu Sei que Vou te Amar (1986, com Fernanda Torres e Thales Pan Chacon).

Em 1995 Arnaldo Jabor se reinventou como colunista do jornal O Globo. Mais tarde se tornou presença marcante no Jornal da Globo, com seu estilo assertivo, e sempre oposicionista. Jabor dirigiu nove longas e publicou oito livros até agora.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.