Associação projeta aumento de mais de 2% na passagem de ônibus

Mais de 40 cidades brasileiras já anunciaram reajustes nas tarifas
-Publicidade-
Preço médio da passagem de ônibus no Brasil deve ter aumento em 2022
Preço médio da passagem de ônibus no Brasil deve ter aumento em 2022 | Foto: LeoMSantos/Wikimedia Commons

O preço médio da passagem de ônibus no Brasil deve registrar um aumento de pelo menos 2,2% neste ano. A projeção foi feita pela Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos, com base na elevação do preço do óleo diesel em 8% anunciada na terça-feira 11.

De acordo com a instituição, a alta das tarifas deve acontecer ainda no primeiro trimestre de 2022.

O combustível representa mais de 26% do custo das empresas operadoras de transporte público, segundo cálculos da associação do setor. Trata-se do segundo item com o maior peso sobre o valor da tarifa — atrás apenas da mão de obra.

-Publicidade-

Nos últimos 12 meses, por exemplo, o efeito do reajuste do diesel sobre o valor médio da passagem é ainda maior, alcançando quase 19%, de acordo com a associação.

“As empresas não sabem mais como lidar com esses aumentos recorrentes do óleo diesel, que inevitavelmente terão que ser repassados para o custo das tarifas”, afirmou o presidente da entidade, diz Otávio Cunha.

Mais de 40 cidades brasileiras já anunciaram reajustes nas tarifas de ônibus. Dezenas de outros municípios estudam a possibilidade de adotar novos valores.

Em São Paulo, maior cidade do país, o prefeito Ricardo Nunes (MDB), que chegou a sinalizar um aumento de R$ 4,40 para até R$ 5,10 no preço da passagem de ônibus, anunciou no fim do ano passado que aguardará mais um pouco para tomar uma decisão.

A ideia é esperar a definição do Senado sobre a votação do projeto de lei que prevê o custeio do governo federal para a gratuidade de idosos no transporte público.

De acordo com o prefeito da capital paulista, a gestão municipal paga cerca de R$ 450 milhões por ano por causa da gratuidade para esse público. Diversos prefeitos apresentaram, no mês passado, um pedido para que a União arcasse com esse custo.

O último reajuste no preço da passagem de ônibus em São Paulo ocorreu há dois anos, em janeiro de 2020, de R$ 4,30 para R$ 4,40.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Para surpresa de ninguém!!! Fecharam tudo por quase dois anos, acabaram com os empregos, agora, claro as empresas repassarão o valor represado por DOIS ANOS à população. Colocará mais ainda em situação difícil àqueles que estão à procura de emprego. Agora os PREFEITOS querem que a UNIÃO arque com os CUSTOS??, isso mesmo??? Todos teremos que pagar o prejuízo causado por eles e os GOVERNADORES???

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.