Belém tem menos de 3% dos esgotos tratados

É o que informa o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento
-Publicidade-
Apenas 15% dos belenenses têm coleta de esgoto
Apenas 15% dos belenenses têm coleta de esgoto | Foto: Reprodução/Diário Online

Belém, capital do Pará, é uma das cidades que mais sofrem com a baixa cobertura de saneamento básico no Brasil. De acordo com dados disponibilizados pelo Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), apenas 15% dos belenenses têm coleta de esgoto, enquanto menos de 3% dos esgotos da região são tratados.

Esses índices fazem da capital paraense a quarta cidade brasileira mais distante da universalização do saneamento, conforme o Ranking do Saneamento Básico, lançado no ano passado pelo Instituto Trata Brasil. Apenas São João do Meriti (RJ), Ananindeua (PA), Porto Velho (RO) e Macapá (AP) apresentam situações mais precárias.

-Publicidade-

A Edição 83 da Revista Oeste traz uma reportagem específica sobre a questão do saneamento básico no Brasil. O leitor por acompanhar aqui.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.