Butantan retoma a produção da CoronaVac

Carga com os insumos para o envase da vacina chega ao Brasil hoje, afirma entidade
-Publicidade-
A vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac
A vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac | Foto: Divulgação/Instituto Butantan

Nesta terça-feira, 25, o Instituto Butantan anunciou que retomará o envase de doses da CoronaVac — a vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac. De acordo com postagem feita pela entidade paulista no Twitter, a nova remessa com 3 mil litros do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) partiu de Pequim, capital da China, no dia 24, ontem, e deve chegar hoje ao Brasil.

O Butantan afirma que a quantidade é suficiente para envasar 5 milhões de doses da CoronaVac. A produção havia sido interrompida no dia 14 de maio em razão da falta do insumo. Até o fechamento dessa matéria, o voo TAM9557 — que faz o transporte do produto para o Brasil — sobrevoava o Atlântico, próximo à costa do Marrocos, na África.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. “a vacina contra Covid-19 que mais salva vidas no Brasil”. O Dória transformou uma instituição centenária em uma barraca de feira vendendo bananas. Isso no dia que a USP calcula que para 70 anos a eficácia da coronga é 40%.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.