Câmara envia pedido de prisão de Danilo Gentili ao STF

Humorista é acusado de incitar violência contra deputados
-Publicidade-
Danilo Gentili pode ser preso
Danilo Gentili pode ser preso | Foto: Reprodução/Flickr

A Câmara dos Deputados, por meio da Procuradoria Parlamentar, entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) pela prisão do apresentador Danilo Gentili por postagens nas mídias sociais. No fim de fevereiro, em publicação no Twitter, ele sugeriu que a população “entrasse” no Congresso e “socasse” os deputados favoráveis ao Projeto de Emenda à Constituição 3/2021, a PEC da imunidade parlamentar. A ação foi movida pelo deputado e procurador da Casa Luis Tibé (Avante-MG), a partir de um pedido do deputado Celso Sabino (PSDB-PA). No entendimento dos parlamentares, a postagem de Gentili pode ser comparada com a do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), preso após ameaçar ministros do STF. A crítica de Gentili seria em virtude da celeridade dada pelo Congresso à tramitação da PEC da imunidade, que solicita mudanças no artigo da Constituição que trata da imunidade parlamentar, ampliando as prerrogativas do Poder Legislativo. Ontem, 1º de março, o apresentador disse que recebeu críticas “justas” de alguns deputados. “Quem me segue sabe que sempre defendi as instituições. Aliás, minha briga com bolsonaristas foi justamente pelo fato de eu ser contrário aos pedidos criminosos de fechamento do STF e do Congresso”, afirmou Gentili.

Leia também: “Deputado Daniel Silveira é preso por ordem de Alexandre de Moraes”

-Publicidade-

Com informações de O Globo

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

7 comentários

  1. A briga dele com bolsonaristas foi porque elee defendeu Rodrigo Maia dizendo que o governo estava fazendo docinho pra ser o pai da reforma da previdência sendo que Rodrigo Maia estava se amarrando pra botar pra andar e aindam estavam articulando a desidratação da reforma. Danilo foi chamado de P i c a S o n s a por se fazer de besta e em razão disso passou a ofender os seus seguidores que discordaram dele. Aí agora vem com essa conversinha que brigou com bolsonaristas por causa de meia dúzia de idiota que ficava pedindo fechamento de Congresso. Me poupe Gentili. E se vc bateu palma pra prisão do Silveira, então você não pode reclamar da Câmara usar o mesmo contra vc. Esse é o problema de não defender os valores e princípios porque não gosta do coleguinha que tá na bola da vez.

  2. O Brasil, tomado por medíocres de esquerda, infelizmente e cada vez mais terá esses tipos de movimentos em direção à destruição de nossa teia social; agora é cerceando o direito à livre expressão de outro cidadão para compensar a covardia pelo rabo preso de 364 deputados.
    Essa é a consequência do aparelhamento do Estado por pessoas amorais e fora do campo da produção de bens concretos e úteis à sociedade, contando naturalmente, também, com a nossa omissão em mais de 30 anos de socialismo/comunismo, qual seja: a fofoca, a intriga, o disse-me-disse e a extinção progressiva de nossos direitos fundamentais enquanto se mantêm soltos criminosos, corruptos, ladrões e traficantes!

  3. POR POUCO QUE SEI SOBRE DIREITO, ESSE CASO NÃO PERTENCE AO STF, E SIM DE PRIMEIRA INSTÂNCIA. ISSO MOSTRA A BURRICE DE ALGUNS DEPUTADOS.

  4. O STF e a esquerda em geral, respiram por aparelhos e se alimentam dessas manifestações estapafúrdias como as do Daniel Silveira, Danilo Gentili, Sara Winter, Carlos Bolsonaro, etc.

  5. Olha só o que o STF vem criando. Como vai proceder agora?. Fachin recentemente argumentou que a democracia esta sob ataque e que o “vírus do autoritarismo” ameaça o sistema eleitoral brasileiro.
    Significa dizer que é antidemocrático a urna eletrônica poder ser AUDITADA com o VOTO IMPRESSO?. Qual o crime notável jurista se o voto impresso é blindado, não é manuseado pelo eleitor que simplesmente confirma e segue automaticamente para urna lacrada? Que interferência foi essa do STF no Poder Legislativo tornando inconstitucional Lei aprovada em 2015 pelo Congresso Nacional, alegando “violação do sigilo e liberdade do voto”?

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.