Carnaval é cancelado em 27 cidades de São Paulo

O motivo alegado pelos municípios é que a aglomeração provocada pela festa ajuda a propagar a covid-19
-Publicidade-
Até o momento, quase 900 blocos de rua fizeram a inscrição para o Carnaval na capital paulista
Até o momento, quase 900 blocos de rua fizeram a inscrição para o Carnaval na capital paulista | Foto: Reprodução/Flickr

O Carnaval em 2022 não será de folia, pelo menos em 27 cidades do Estado de São Paulo. Isso porque as prefeituras decidiram cancelar o evento.

O motivo alegado pelos municípios é que a festa ajuda a promover aglomeração, favorecendo a propagação da covid-19.

Entre as cidades que confirmaram o cancelamento da festa de rua estão: Suzano, Franca, Ubatuba, Taubaté e Mogi das Cruzes.

-Publicidade-

Em Franca, o prefeito Alexandre Ferreira (MDB) anunciou na segunda-feira 22, que não haverá eventos promovidos pela prefeitura no Carnaval. Ele alegou que o trânsito de pessoas de outros municípios para a cidade é uma preocupação.

Numa reunião conjunta em Guariba, no interior do Estado, 12 prefeituras decidiram não realizar o Carnaval do ano que vem, entre elas Jaboticabal, Taquaritinga e Monte Alto.

Em suas redes sociais, a Prefeitura de Lins comunicou que a pandemia ainda não acabou e, por isso, foi cancelado o investimento público. “O ano de 2022 será de apoio e reestruturação das escolas de samba, para que nos próximos anos tudo possa voltar à normalidade.”

Em São Paulo, a festa ainda não foi confirmada

Na capital paulista, o Carnaval de rua ainda depende das aprovações dos órgãos de saúde, que avaliam o cenário epidemiológico da pandemia. Apesar disso, até o momento, a prefeitura já recebeu quase 900 inscrições de desfiles de blocos de rua.

Segundo a equipe do prefeito Ricardo Nunes (MDB), a tendência é que a pandemia de covid-19 esteja controlada até o início do ano que vem, o que deve permitir o evento com aglomeração e sem restrições. A expectativa de público é de 15 milhões de pessoas, marca alcançada em 2020, no último Carnaval da cidade.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.