-Publicidade-

Prefeito de BH quer manter bares fechados

Alexandre Kalil contesta decisão judicial que libera reabertura de estabelecimentos
Alexandre Kalil é reeleito prefeito de Belo Horizonte | Foto: DIVULGAÇÃO
Alexandre Kalil é reeleito prefeito de Belo Horizonte | Foto: DIVULGAÇÃO | alexandre kalil - belo horizonte - bares - justiça

Alexandre Kalil contesta decisão judicial que libera reabertura de estabelecimentos

alexandre kalil - belo horizonte - bares - justiça
Alexandre Kalil é o prefeito de Belo Horizonte | Foto: DIVULGAÇÃO

Enquanto outros prefeitos espalhados pelo Brasil viram decretos em prol da reabertura econômica serem anulados pela Justiça, o mandatário de Belo Horizonte vai pelo caminho oposto. Com a decisão vinda do Poder Judiciário na tarde desta segunda-feira, 20, que permite bares, lanchonetes e restaurantes voltarem à ativa na capital mineira, Alexandre Kalil (PSD) se pronunciou: quer manter tudo fechado.

Leia mais: “Justiça libera reabertura de bares e restaurantes em Belo Horizonte

Kalil já acionou o Tribunal de Justiça de Minas Gerais contra a decisão de mais cedo, que atendeu ao pedido feito pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). O mandatário da capital mineira registrou, inclusive, sua confiança de que o setor será novamente fechado na cidade.

“Se o irresponsável quiser ir para o bar, vai”

“Justiça mandou, eu cumpro. O que eu vou fazer? Se mandar abrir, abre. Se o irresponsável quiser ir para o bar, vai. Mas já recorremos ao TJ e acho que cai rápido”, disse o prefeito de Belo Horizonte, de acordo com informações do site G1.

Tirania?

Alexandre Kalil, no entanto, foi além de recorrer. Ele questionou o teor da decisão que liberou a reabertura de bares e restaurantes. No parecer, o juiz afirmou que o prefeito estava promovendo uma “tirania” na capital de Minas Gerais. Dessa forma, ele relembrou o que foi ordenado há meses pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

“Quem mandou os prefeitos tomarem conta das cidades foi o Supremo Tribunal Federal,que nos entregou esta responsabilidade”, disse Kalil, relembrando assim que o presidente Jair Bolsonaro tem poder limitado em relação a ações contra a pandemia. “Estou simplesmente cumprindo uma decisão do STF. A justiça é que falou você tem que resolver sua cidade”, prosseguiu o prefeito que deseja manter bares, restaurantes e lanchonetes fechados.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês