-Publicidade-

Governo do Amazonas vira piada ao comprar ‘rede de descanso’ contra a covid-19

Compra feita pelo poder público rende memes nas redes sociais
Máscara de proteção facial? Para internautas, governo do AM comprou rede de descanso | Foto: REPRODUÇÃO/TWITTER
Máscara de proteção facial? Para internautas, governo do AM comprou rede de descanso | Foto: REPRODUÇÃO/TWITTER | rede de descanso - máscara - governo do amazonas - covid-19 - memes - piada

Compra feita pelo poder público rende memes nas redes sociais

rede de descanso - máscara - governo do amazonas - covid-19 - memes - piada
Máscara de proteção facial? Para internautas, governo do AM comprou “rede de descanso” | Foto: REPRODUÇÃO/TWITTER

Depois de se ver enrolado com o “Covidão” ao comprar respiradores diretamente de uma adega, o governo do Amazonas inovou mais uma vez no combate à pandemia. A notícia da vez é que o Executivo estadual adquiriu unidades de certo tipo de “rede de descanso” que promete proteger do vírus chinês.

Leia mais: “Os aliados que ninguém quer nas eleições 2020”

Como assim, “rede de descanso” para ser utilizada na luta contra a covid-19? Estaria o governo amazonense apto a entrar para a lista de invenções criativas contra o novo coronavírus surgidas diretamente do Brasil?

A resposta a essas questões é “não”. Trata-se, infelizmente, de ação desastrosa vinda do poder público. Pois a “rede” comprada pela Secretaria Estadual de Educação e Desporto (Seduc) é, na verdade, o tipo de máscara de proteção facial entregue aos estudantes da rede pública. Pelo tamanho “gigante”, o material foi adaptado até para funcionar como sutiã.

Ou seja: a máscara do governo do Amazonas virou motivo de piada. Por meio das redes sociais, os alunos que ganharam a máscara mostraram como ela pode ser útil contra a covid-19… só que não.

Outra piada

Pior do que render memes, é a piada produzida pela própria secretaria. Isso porque foram compradas 920 mil unidades da máscara de tamanho único pelo valor de R$ 2,3 milhões. De acordo com o site G1, o secretário Luís Fabian Barbosa se limitou a dizer que algumas peças vieram em “desconformidade” e que o governo não pagará por elas.

“Novas máscaras substituirão os modelos com problemas”

“Novas máscaras produzidas nos tamanhos P, M e G, conforme especificados em licitação, estarão disponíveis nas unidades de ensino a partir da próxima semana e substituirão os modelos com problemas. Lembramos a importância de utilizar adequadamente essas máscaras no ambiente escolar”, disse o secretário.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês