Vacina russa contra o coronavírus entra na fase final de testes

Governo pretende iniciar a produção em massa ainda em setembro
-Publicidade-
Vacina contra o coronavírus russa já está em estágio avançado, garante agência | Foto: DIVULGAÇÃO/BIGSTOCK
Vacina contra o coronavírus russa já está em estágio avançado, garante agência | Foto: DIVULGAÇÃO/BIGSTOCK | Vacina contra o coronavírus russa já está em estágio avançado, garante agência | Foto: DIVULGAÇÃO/BIGSTOCK

Governo pretende iniciar a produção em massa ainda em setembro

vacina
Vacina contra o coronavírus russa já está em estágio avançado, garante agência
Foto: DIVULGAÇÃO/BIGSTOCK

Na corrida pela cura da covid-19, o governo russo informou ontem que o país está perto de começar a distribuição de um imunizante capaz de neutralizar o coronavírus. A vacina foi desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, com a Universidade Sechenov, e apresentou resultados promissores nas primeiras fases dos testes. A informação é da agência de notícias Sputnik, que garante: até o mês que vem, o governo russo estima iniciar a chamada “circulação pública”. Em síntese, quantidades menores da vacina passam a entrar no mercado. Contudo, a produção em massa ocorre apenas em setembro.

-Publicidade-

Leia também: Acompanhe a evolução da covid-19 no Brasil e no mundo

A nova etapa anunciada pela Rússia funciona como uma fase 3 dos ensaios clínicos (em que se avalia a eficácia de uma vacina a partir de um número maior de voluntários). Os testes envolveram 38 voluntários saudáveis — mulheres e homens, com idade entre 18 e 65 anos. O primeiro grupo, composto por 18 pessoas, foi imunizado em 18 de junho. O segundo, com 20 pessoas, em 23 de junho. Além disso, outros países têm se dedicado a vencer a covid-19, como o Reino Unido, com a vacina da Universidade de Oxford, e os Estados Unidos, com a da farmacêutica Pfizer.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Boa tarde. Obrigado pelas ótimas notícias, pois hoje uma cientistas, falou que só em junho de 2021 seria licenciada a vacina de Oxford, então essa notícia nos renova a esperança desse ano sair a vacina Rússia. Vocês são muito BONS. Obrigado. Fiquem com Deus.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.