Covid-19: Anvisa aprova uso emergencial de medicamento com anticorpos monoclonais

Tratamento é de uso restrito a hospitais e indicado para pacientes com sintomas leves e moderados
-Publicidade-
De acordo com o estudo clínico apresentado à Anvisa, o tratamento reduz em até 70% o risco relativo da covid-19
De acordo com o estudo clínico apresentado à Anvisa, o tratamento reduz em até 70% o risco relativo da covid-19 | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta quinta-feira, 13, o uso emergencial da associação dos anticorpos monoclonais banlanivimabe e etesevimabe, para o tratamento de pacientes com sintomas leves e moderados da covid-19.

Produzido pela empresa Eli Lilly do Brasil Ltda., o medicamento usa a combinação de anticorpos fabricados em laboratório que, quando injetados no organismo, ajudam a combater a infecção.

Indicação e eficácia

-Publicidade-

O tratamento é indicado para adultos e pacientes pediátricos (com 12 anos ou mais que pesem no mínimo 40 kg) que não necessitam de suplementação de oxigênio. A medicação deve ser administrada por infusão intravenosa, não pode ser adquirida em farmácia e o uso é restrito a hospitais, sob prescrição médica.

Leia também: “Coquetel de anticorpos tem 81% de eficácia contra a covid-19”

De acordo com o estudo clínico apresentado à agência, o tratamento reduz em até 70% o risco relativo da covid-19. Segundo a Anvisa, ainda não há comprovação de segurança ou eficácia do tratamento contra a variante P1, identificada inicialmente em Manaus. O tratamento já foi autorizado em fevereiro pela Food and Drug Administration (FDA), a agência equivalente à Anvisa nos Estados Unidos, e em março pela Agência Europeia de Medicamentos.

Outros medicamentos

Este é o terceiro medicamento aprovado pela Anvisa para combater a covid-19. Em março, a agência brasileira anunciou o registro do antiviral remdesivir. Em abril, o órgão regulador aprovou o uso emergencial do Regn-CoV2, uma combinação de dois outros anticorpos monoclonais, casirivimabe e imdevimabe.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro