Depois de cirurgia no coração, Dilma recebe alta de hospital

O procedimento teve três horas de duração e transcorreu sem complicações; ex-presidente passa bem
-Publicidade-
Dilma Rousseff foi submetida a uma cirurgia cardíaca no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo
Dilma Rousseff foi submetida a uma cirurgia cardíaca no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo | Foto: Arquivo/Palácio do Planalto

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) recebeu alta no início da tarde desta quinta-feira, 2, do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde estava internada. Ela foi submetida ontem a uma operação cardíaca e passa bem.

Como informou Oeste, a cirurgia feita por Dilma é chamada de “fechamento de FOP por cateterismo” e tinha como objetivo fechar um pequeno “buraco” no coração. Trata-se de um problema congênito que faz com que a parede interna do órgão, que separa o lado direito do lado esquerdo do coração, não fique completamente fechada. Uma das possíveis consequências ao longo da vida é o aumento da possibilidade de um derrame cerebral.

Como esperado, o procedimento teve três horas de duração. Em maio deste ano, Dilma foi internada no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, apresentando sintomas de uma isquemia cerebral transitória.

-Publicidade-

Leia também: “Apartamento de Dilma em Ipanema é arrombado, informa polícia”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro