Prefeitura de Aroeiras (PB) desvia recursos do combate ao coronavírus

Prefeitura na Paraíba desvia recursos do combate ao coronavírus.
-Publicidade-
Foto: Divulgação / Polícia Federal
Foto: Divulgação / Polícia Federal

Quase R$ 50 mil reais que deveriam ser usados para a produção de cartilhas educativas sobre a pandemia foram desviados

Foto: Divulgação / Polícia Federal
-Publicidade-

A Prefeitura do Município de Aroeiras (PB) vai responder por peculato e por licitar de forma fraudulenta a compra de livros e cartilhas sobre a covid-19 com verba do Fundo Nacional de Saúde.

Uma operação da Polícia Federal denominada Alquimia descobriu que o material a ser comprado já existia de forma gratuita na página do Ministério da Saúde na internet.

E a Controladoria-Geral da União (CGU) apontou que uma das obras compradas pelo município tinha valor 330% mais caro que o normal, o que rendeu um superfaturamento de mais de R$ 48 mil no valor final da licitação aberta.

Três mandados de busca e apreensão foram cumpridos em endereços ligados aos investigados e na prefeitura.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site